Delcídio para nós, por Jânio Freitas

“Investigadores suíços confirmaram, lá por seu lado, que Nestor Cerveró tinha dinheiro na Suíça. Procedente de suborno feito pela francesa Alstom, na compra de turbinas quando ele trabalhava com Delcídio, então diretor Gás e Energia da Petrobras em 1999-2001, governo Fernando Henrique”

Folha de S.Paulo

Delcídio para nós, por Jânio Freitas

 As dúvidas sobre a propriedade da prisão de Delcídio do Amaral, decretada por cinco ministros do Supremo Tribunal Federal, vão perdurar por muito tempo. Assim como a convicção, bastante difundida, de que a decisão se impôs menos por fundamento jurídico e equilíbrio do que por indignação e ressentimento com a crença exposta pelo senador, citando nomes, na flexibilidade decisória de alguns ministros daquele tribunal, se bem conversados por políticos.

Às dúvidas suscitadas desde os primeiros momentos, estando o ato do parlamentar fora dos casos de prisão permitida pela Constituição, continuam tendo acréscimos. O mais recente: Delcídio planejou a obstrução judicial que fundamentou a prisão, mas não a consumou. E entre a pretensão ou tentativa do crime e o crime consumado, a Justiça reconhece a diferença, com diferente tratamento.

A sonhadora reunião de Delcídio até apressou a delação premiada de Nestor Cerveró, buscada sem êxito pela Lava Jato há mais de ano. Ali ficou evidente que seu advogado Edgar Ribeiro estava contra a delação premiada. Isso decidiu o ex-diretor da Petrobras, temeroso, a encerrar aceitá-la, enfim.

Em contraposição às dúvidas sem solução, Delcídio suscitou também temas e expectativas que tocam a preocupação ou a curiosidade de grande parte da população. Sabe-se, por exemplo, que Fernando Soares, o Baiano, ao fim de um ano depositado em uma prisão da Lava Jato, cedeu à delação premiada. O mais esperado, desde de sua prisão, era o que diria sobre Eduardo Cunha e negócios com ele, havendo já informações sobre a divisão, entre os dois, de milhões de dólares provenientes de negócios impostos à Petrobras.

Informado dos depoimentos de Baiano, eis um dos comentários que o senador faz a respeito: ele “segurou para o Eduardo”. Há menções feitas por Baiano que não foram levadas adiante pela escassa curiosidade dos interrogadores. Caso, por exemplo, de um outro intermediário de negociatas citado por Baiano só como Jorge, sem que fossem cobradas mais informações sobre o personagem e seus feitos. Mas saber tudo o que há de verdade ou de fantasia em torno do presidente da Câmara é, neste momento, uma necessidade institucional e um direito de todo cidadão.

Leia também:  Dodge pede aos procuradores da Lava Jato avaliação do impacto dos vazamentos

Se Fernando Baiano “segurou para Eduardo Cunha”, a delação e os respectivos prêmios -a liberdade e a preservação de bens- não coincidem com o que interessa às instituições democráticas e à opinião pública. E não se entende que seja assim.

Entre outras delações castigadas de Delcídio, um caso esquisito. Investigadores suíços confirmaram, lá por seu lado, que Nestor Cerveró tinha dinheiro na Suíça. Procedente de suborno feito pela francesa Alstom, na compra de turbinas quando ele trabalhava com Delcídio, então diretor Gás e Energia da Petrobras em 1999-2001, governo Fernando Henrique. A delação do multipremiado Paulo Roberto Costa incluiu o relato desse suborno. Mas a Lava Jato não se dedicou a investigá-lo e o procurador-geral da República o arquivou, há oito meses. Os promotores suíços foram em frente.

Na reunião da fuga, Delcídio soube com surpresa, por Bernardo, que Cerveró entregara o dinheiro do suborno ao governo suíço, em troca de não ser processado lá. É claro que a Lava Jato e o procurador-geral da República estiveram informados da transação. E contribuíram pela passividade. Mas o dinheiro era brasileiro. Era da Petrobras. Foi dela que saiu sob a forma de sobrepreço ou de gasto forçado. Não podia ser doado, fazer parte de acordo algum. Tinha que ser repatriado e devolvido ao cofre legítimo.

A Procuradoria Geral da República deve o esclarecimento à opinião pública, se fez repatriar o dinheiro do suborno ou por que não o fez. E, em qualquer caso, por que não investigou para valer esse caso. Foi ato criminoso e os envolvidos estão impunes. Com a suspeita de que o próprio Delcídio seja um deles, como já dito à Lava Jato sem consequência até hoje.

Mas não tenhamos esperanças. Estamos no Brasil e, pior, porque a ministra Cármen Lúcia, no seu discurso de magistrada ferida, terminou com este brado cívico: “Criminosos não passarão!” [toc-toc-toc, esconjuro] Foi o brado eterno de La Passionaria em Madri, que não tardou a ser pisoteada pelos fascistas de Franco. De lá para cá, em matéria de ziquizira, só se lhe compara aquele [ai, valei-me, Senhor] “o povo unido jamais será vencido”, campeão universal de derrotas.

38 comentários

  1. “Nos barracos da cidade

    “Nos barracos da cidade ninguém mais tem ilusão”

    Está claro para o povo, mesmo para os que aceitam e torcem por isso, que o STF é um palanque; a Justica é um palanque, o Ministério Público é um palanque, quando se trata de assuntos pertinentes ao PT.

    NINGUÉM MAIS DUVIDA. 

    Pergunte a dez pessoas do povão que esteja antenado com o clima golpista desenvolvido nos últimos dez anos e, talvez dois ou três ache que é justiçã; o resto, conrodante ou discordando frontalmente vai dizer aquilo que é extremamente previsível: quando se trata do PT, A Justiça e o Ministério Público são palanques de oposição. O resto são firulas. Tecnicalidades pra encher olhos dos abestalhados de folhas.

    • O caso vai cair aos pedacos…

      Pera la, Jose, que eu quero ver a pericia naquela gravacao.  Nao vai ser em palavra de delegado que eu vou acreditar ainda nao, e pra mim nao foi gravado com um iPhone.

  2. Bem percebida pelo

    Bem percebida pelo comentarista o manejo político do PGR, rigor com alguns e facilidades para outros mas neste caso em se tratanto de dinheiro público dado à Suiça em troca de um acordo o caso é de prevaricação.

     

  3. As instituições estão ai nuas

    As instituições estão ai nuas e estamos OLHANDO OLHO NO OLHO e se elas não agirem com outra atitude que NÃO SEJA O DE FAZER JUSTIÇA E IGUAL PARA TODOS…

    Podemos botar fogo neste pais e jogar no lixo, por que aqui o CRIME VENCEU A JUSTIÇA!

  4. Delcídio

    Dúvida cruel: Considerando o estabelecido na Constituição Federal, o Supremo mandou prender Delcídio com medo de que ele influenciasse os Ministros e, assim, atrapalhasse as investigações?

  5. vejo que  muitos  juristas

    vejo que  muitos  juristas  do direito   se colocaram  contra a  prisao  decretada  por  Zavascki  e  confirmada  por  5  ministros  o que  deixou de  ser  uma  açao MONOCRATICA.  e que com certeza  tem mais força.  Mais  eu fico  me perguntando  muitos  se levantam contra  a medida.  Será  que  nao é muito pior  as  prisoes  que foram  feitas  e  que  mantem  os  presos  ja  como condenados? sem ter direito  ao ind dubio. pro  reu.  Onde  esta  alicerçada  essas prisoes? na constituiçao  nao  é. Entao  as prisoes  sao  arbitrarias, feitas por um  juiz  de  primeira  instancia  que  resolveu  jogar a  constituiçao no lixo. Ora  gente  entao porque  condenar  o  supremo  por  ter  tomado  tais  medidas, ja que  se  faziam necessarias  porque  Delcidio nao poderia  ficar  solto  ele  era uma  ameaça  as investigaçoes, e tem mais  procurou  envolver  juizes  do supremo. ta  certo que ele  envolvesse  Gilmar  Mendes  porque  sua  vasta açao  para libertar  bandido  poderia  ser  util ao Delcidio e ao banqueiro mais  ao usar o  nome de  Zavascki  e  Toffoli  Delcidio quis  fazer parecer que  tinha  o  respaldo  dos dois  mais  é  balela  so para  impressionar  Cerveró. 

    Cerveró fez  a coisa  certa com o filho gravou  e  com isso deu um golpe  no golpe  dos  golpistas, porque  com certeza se  ele  foge  teria  levado a culpa  ate  do que nao fez. e com certeza abriria  o caminho  para  um  monte  de calunias  contra a pa´residente  Lula  e o governo. assim como a  Petrobras, porque  certamente  Delcidio  e o banqueiro  que tem  muito dinheiro  contratariam  pistoleiros  para dá conta de  Cerveró  e  ele seria  mais o  PC  FARIAS  que nao  pode  contar nada. 

    Dizem que  existe uma gravaçao  de  Delcidio conversando com um ministro do supremo . Eu duvido  dela, porque mesmo que  exista e o ministro fosse  GILMAR  MENDES por  exemplo  ele  nao aceitaria  ter uma conversa  com testemunjhas. Se  a tal  gravaçao foi feita pela PF,  entao que se mostre o audio da conversa.  mais  ate agora so vejo  fumaça.

    A principio  eu  fiz  ver que a  constituiçao  garantia  o direito de Delcidio nao ser preso. porem  depois ao  ver os fatos  vi  que  era necesario para se garantir  a operaçao LAVA JATO. Delcidio e  Esteves  queriam  que a lava  jato  la do  SERGIO MORO nao fosse  afetada  continuasse  com  suas prisoes ilegais, afronta  descaradamente  a  constituiçao  e  que  ninguem  fizesse  nada.  mais  a LAVA JATO, que  esta  sob  os cuidados de  ZAVASCKI  essa sim eles  queriam  dá um freio  desmoralizando a operaçao  destruindo  provas  e testemunhas, e o supremo impediu  que  isso  acontecesse.

    SE A CONSTITUIÇAO TEM QUE  SER RESPEITADA  TEM QUE  SER  EM TODAS AS ESFERAS, TEM QUE  SER RESPEITADA  DESDE A PRIMEIRA  INSTANCIA  ATE  A ULTIMA  – 

    • “Mais  eu fico  me

      “Mais  eu fico  me perguntando  muitos  se levantam contra  a medida.  Será  que  nao é muito pior  as  prisoes  que foram  feitas  e  que  mantem  os  presos  ja  como condenados? sem ter direito  ao ind dubio. pro  reu.  Onde  esta  alicerçada  essas prisoes? na constituiçao  nao  é”:

      Eh, so que a montanha de erros foi no caso especifico de alguem que pode delatar o tucanato praticamente inteiro.

      Nao foram “erros”.  Foi intencional.  Se o que eu estou pensando foi confirmado em pericia tecnica, o caso contra Delcidio vai cair aos pedacos MUITO antes de ser julgado.  Nos EUA, de fato, ja estaria “dismissed with predjudice” por causa de tantos “erros” intencionais.

  6. Plateia

    A Ministra Carmen Lúcia foi totalmente passional ao proferir o seu voto ! Me pergunto até que ponto a transmissão pela TV Justiça e outros meios de comunicação tem influenciado no tom que alguns ministros têm usado. Mais parecem discursos da tribuna do Congresso, ou sejam, estão “jogando para a plateia”. E se posionando politicamente de forma nunca antes vista nos julgamentos do Judiciário.

  7. Lá em casa era diferente

    Esse negócio de Delação Premiada tá parecendo aqueles casos quando nós, meninos (e meninas) éramos pegos em “flagrante delito” pela mãe. 

    – Ah, mas o Joazinho também fez!

    Uma mãe zelosa, não deixava passar batido, punha os dois de castigo.

    Mas na Lava Jato, o primeiro é premiado.

    E do jeito que vai, quando o segundo é capaz de apontar um terceiro, e tabém é premiado, acho que este pessoal vai acabar premiando toda a humanidade e colocando o Caim na cadeia.

    Não entendo nada de Direito, mas entendo um pouco de gente. E se alguém acha que o Direito pode ser operado nesta lógica subjetiva, que mistura alcaguetagem com vendeta, é porque tem alguns tem alguns parafusos soltos, para dizer o mínimo.

    Lá em casa, quando íamos todos para o castigo, entregando um ao outro e confessando, a gente aprendia distinguir o certo do errado.

    • O exótico Direito brasileiro,
      O exótico Direito brasileiro, fosse usado nos primeiros tempos descritos na narrativa bíblica, teríamos que o assassino Caim, após o sumiço do irmão, e por ter desconversado quando perguntado sobre seu paradeiro, teria sido preso e lhe seria oferecido o benefício da delação premiada. Ou delatasse alguém e ganharia o direito de viver no Paraíso, ou ficaria preso perpetuamente. Então, diante dessas alternativas, Caim admitiria o assassinato do irmão e acusaria seu pai ou sua mãe, conforme a conveniência da delação a la carte combinada.===============”Lá em casa, quando íamos todos para o castigo, entregando um ao outro e confessando, a gente aprendia distinguir o certo do errado”. ====== Imagine se os pais passassem a usar esse negócio de delação (brasileira), que premia em vez de punir, na educação dos filhos: quanta injustiça, quanta malandragem, quanta calúnia e armação não se instigaria. Em vez de educá-los, os pais estariam deformando-os e formando bandidos profissionais. Aliás, a Lava Jato já utiliza serviços de delator profissional, com experiência comprovada em delação e referências no currículo. A delação premiada e seletiva não pune culpados, pune quem não delata, independentemente se culpado ou inocente, e premia delatores culpados confessos.

  8. Como é que é?

    “Investigadores suíços confirmaram, lá por seu lado, que Nestor Cerveró tinha dinheiro na Suíça. Procedente de suborno feito pela francesa Alstom, na compra de turbinas quando ele trabalhava com Delcídio, então diretor Gás e Energia da Petrobras em 1999-2001, governo Fernando Henrique. A delação do multipremiado Paulo Roberto Costa incluiu o relato desse suborno. Mas a Lava Jato não se dedicou a investigá-lo e o procurador-geral da República o arquivou, há oito meses. Os promotores suíços foram em frente”.

    Se isto não for PREVARICAÇÃO e formação de quadrilha jurídica, posso dizer que voltei aos meus 5 anos de idade e ainda não conheço nada.

  9. Nassif;
    Pelo meu conhecimento

    Nassif;

    Pelo meu conhecimento o Jânio de Freitas não tem formação jurídica, mas do alto de sua condição de o melhor jornalista do Brasil por sua coragem, equilibrio, didática em se fazer entender por leigos como eu, apresentou aspectos de suma importância que eu não havia lido antes. E nos últimos dias estou lendo por compulsão muito mais do que o normal.

    Jânio pinçou aspectos que ninguém nenhum agente do direito havia levantado, como isto pode acontecer no país dos bachareis em direito?? 

    Em meu entender se 10% de todos os juristas se debruçassem de forma patriótica e isenta sobre o que está ocorrendo, mesmo sem os jorlações darem espaços estariam alicerçando uma consciência democrática que muito está nos faltando.

    Tendo a ousadia de acrescentar mais outros pontos que não caberiam na matéria do Jânio coloco:

    a) O gilmar mendes admitiu que recebe normalmente terceiros para interceder por réus. Isto tem cabimento?? Deduzo que quando é conveniente $$$$$ ele ouve estes terceiros, vide os HCs cangurus do dantas.

    b) o tofolli admitiu que conversou com o delcidio, mas somente sobre reforma política, este incapaz teria provas do que foi tratado nas referidas conversas?

    c) o zavaski (a grande decepção) rasgou a constituição unica e exclusivamente por espirito de corpo. Esta mácula jamais será esquecida na história.

    d) a carmem ( de duvidoso saber jurídico) embasa suas declarações em frases de parachoque de caminhões, e julga estar ministrando uma aula magna.

    e) o marco aurélio (o primo) vive dando pitacos pela “imprensa” com declarações ambiguas e subliminares.

    f) um juiz de primeira instância deita e rola, manipula, induz, investiga, julga e todas as demais instâncias o reverenciam.

    Eu pergunto em que mãos está o judiciário do Brasil??? 

    Dos três poderes o “poder”  judiciário do Brasil (único que não emana do povo) sem dúvidas é o mais corrupto, hipócrita, seletivo, estupidamente lento quando interessa, corporativo e perdulário. Todos os males do Brasil são oriundos da secular inoperância deste “poder”.

    O povo brasileiro paga caríssimo para ser injustiçado. este é meu mantra.

    Genaro

     

    • “Eu pergunto em que mãos está

      “Eu pergunto em que mãos está o judiciário do Brasil???”:

      De ninguem:  eles SAO a puta babilonica.

    • Obrigado, eh isso que eu tava

      Obrigado, eh isso que eu tava procurando agora!

      NAO soa como um iPhone no bolso logo dos primeiros segundos:  o barulho de “pente” eh um tecido rossando em um iPhone?  Isso te parece razoavel?  Que uma maquina que nao tem esquinas, que eh totalmente lisa, faca o mesmo som “de pente” que voce escuta quando raspa uma unha numa calca Lee?  Te parece provavel que alguem bate em uma mesa aos 1:38 e 1:49 e voce escuta a reverberacao da madeira?  iPhone faz isso?  Alguns dos clicks atravez da gravacao tambem parecem ser feitos por contatos eletricos e nao apareceriam em um iPhone.  Wuase todos os barulhos “de plastico” dao a nitida impressao de um objeto estacionario sendo arranhado por panos e nao de um telefone solto no bolso.  Voce escuta as pessoas respirando na gravacao.  Isso nao faz sentido nenhum.

      Ainda esperando pericia tecnica no envelope sonoro…  Mas pra mim o caso ta literalmente acabado.

      • Ué, mas o Delcidio já depôs e

        Ué, mas o Delcidio já depôs e disse que a voz é dele e que a conversa existiu. Tem alguma diferença se foi gravada com iPhone, Galaxy ou fita cassete?

        • Se a policia desconfia que

          Se a policia desconfia que voce roubou as mangas do vizinho eles NAO PODEM pedir pra alguem ir roubar as mangas da sua casa e levar pra eles.  O nome disso eh “prova suja”.  A conversa de “iPhone” eh pra esconder o fato que o autor intelectual da gravacao eh a policia (provavelmente autor de facto, alias, o equipamento de gravacao eh um body wire), que estava dando a volta no requerimento de ter permissao judicial para gravar um senador.  Em outras palavras:  prova suja.

          Espetacular prova. Mas suja.  Nos EUA a policia terminaria processada e uma carrada de gente seria despedida especialmente porque foi juizes supremos tomaram decisao baseados nela:  o caso estaria acabado, acabadissimo.

          Essa eh a importancia da analise do envelope sonoro da gravacao.

        • E tambem isso:

          “Delcidio já depôs e disse que a voz é dele e que a conversa existiu”:

          Nenhum advogado do mundo teria aconselhado Delcidio a dizer isso.  Chama se “depor contra si mesmo”.

      • ANtonio, sabe o que eh aquele

        ANtonio, sabe o que eh aquele barulho “de plastico”?  Eh pano arranhando o durex que segurava o body wire.

        Nunca ouviram falar de tape cirurgico, aparentemente!

        (So outra coisa que eu esqueci de dizer antes:  tem verissimilitude que alguem vai fazer uma gravacao ilicita com um iPhone e a deixar no bolso com outras coisas que se esfregam e rossam contra o telefone?)

  10. É duro!

    Estou muito indignado com isso…

    Parece que todos na justiça ficam olhando isso tudo que está acontecendo e falam para si: Nooooooooooooooooossaa!

    E fica nisso?

    Quando Delcídio nomeou ministros, a ação foi quase imediata!

    E no caso do MPF quem vai assumir?

    Vai tudo ser empurrado com a barriga?

    Deixa que o outro resolve?

    O povo esquece com o tempo?

    Daqui a pouco um outro escândalo aparece e faz esquecer esse?

    OAB, CNBB, Sindicatos e politosco – vamos TODOS FICAR OLHANDO?

    Justiça acontece?

    quando?

  11. Parem tudo: Delcidio e

    Parem tudo: Delcidio e Cervero já roubavam no governo FHC! Estes 12 anos de roubalheira nos governos do PT estão automaticamente justificados e absolvidos…

    • Claro que roubaram

      Agora por que aquele palhaço transfigurado de juiz só pune o PT? Por que sua quadrilha ignora criminosamente as roubalheira do período FHC / PSDB. Por que na realidade ele é apenas um capitão do mato, bem pago claro, 80 mil / mês, e PSDBista até a alma. Estamos vendo um crime eleitoral, um golpe do judiciário sendo praticado no Brasil, escandalosamente sendo ignorado por todos. Os piores ladrões, estes de quebrar e vender seu pais,  vão retornar numa armação policial jurídico midiático. E um STF que se não é reacionário também e partidario borra as calças de medo da rede Globo covardemente omisso.

    • Delcídio e Cerveró no governo FHC

      Sr. Paulo Souza, poucas vezes vi tão pouca seriedade na análise de um fato da maior importancia, ou talvez o senhor faça parte do enorme contingente de brasileiros e brasileiras que, convencidos pela mídia hegemônica, acredita piamente que a corrupção se instalou neste país apenas em 01/01/2003 e até parece desconhecer que só dirigentes petistas estão presos. Ao que pode-se deduzir o senhor nunca ouviu falar, ou leu, nada sobre Mensalão Tucano-mineiro, Roubanel e Trensalão de SP, Privataria Tucana, Lista de Furnas e agora, algo que a mídia minimiza quando não tem como esconder: Delcídio, como Barusco já tinha delatado, fala nas gravações em propinas pagas ao tempo de governo tucano, durante o qual ele mesmo foi guindado (afinal era filiado ao PSDB) ao posto de Diretor de Óleo e Gás da Petrobrás, tendo Cerveró como subordinado e amigo…..falta algo para o senhor entender que, sendo realmente um juiz que assim pudesse ser qualificado, o Juiz Moro não poderia desconhecer as palavras gravadas de Delcídio e muito menos o que tentou lhe dizer o Sr. Alexandrino de Alencar, ex-executivo da Odebrecht, que ao ser inquirido pelo grupo de Curitiba, propôs-se a contar o que sabia dos “mais de 20 anos de trabalho na Odebrecht” referente aos relacionamentos da empresa com os diversos governos, certamente incluídos aí os estaduais e os municipais, além dos federais, onde pontificam as grandes obras da engenharia nacional.

      Transparece de sua manifestação que os milhões de reais entregues aos falecidos Sérgio Guerra (PSDB) e Eduardo Campos (PSB), desviados respectivamente da Petrobrás e da Refinaria Abreu e Lima, segundo delação sobejamente conhecida de Paulo Roberto Costa, não deviam ter justificado, no mínimo, a busca de explicações dos tesoureiros do dois partidos, mesmo decorrido tanto tempo….mas só o Vaccari tá preso….e isto lhe basta, Senhor Paulo souza!

      Diz o Alexandrino, segundo pag. 65 da edição especial 2399, de 25/11/2015, de ISTO É que os que o interrogavam só se interessavam pelos fatos ocorridos nos últimos 12 anos e, ao que parece, só na Petrobrás.

      Sua manifestação soa como inocente ou ingênua, se é que não revela um reles coxinha paulistano….lamento!

    • Delcídio e Cerveró no governo FHC

      Sr. Paulo Souza, poucas vezes vi tão pouca seriedade na análise de um fato da maior importancia, ou talvez o senhor faça parte do enorme contingente de brasileiros e brasileiras que, convencidos pela mídia hegemônica, acredita piamente que a corrupção se instalou neste país apenas em 01/01/2003 e até parece desconhecer que só dirigentes petistas estão presos. Ao que pode-se deduzir o senhor nunca ouviu falar, ou leu, nada sobre Mensalão Tucano-mineiro, Roubanel e Trensalão de SP, Privataria Tucana, Lista de Furnas e agora, algo que a mídia minimiza quando não tem como esconder: Delcídio, como Barusco já tinha delatado, fala nas gravações em propinas pagas ao tempo de governo tucano, durante o qual ele mesmo foi guindado (afinal era filiado ao PSDB) ao posto de Diretor de Óleo e Gás da Petrobrás, tendo Cerveró como subordinado e amigo…..falta algo para o senhor entender que, sendo realmente um juiz que assim pudesse ser qualificado, o Juiz Moro não poderia desconhecer as palavras gravadas de Delcídio e muito menos o que tentou lhe dizer o Sr. Alexandrino de Alencar, ex-executivo da Odebrecht, que ao ser inquirido pelo grupo de Curitiba, propôs-se a contar o que sabia dos “mais de 20 anos de trabalho na Odebrecht” referente aos relacionamentos da empresa com os diversos governos, certamente incluídos aí os estaduais e os municipais, além dos federais, onde pontificam as grandes obras da engenharia nacional.

      Transparece de sua manifestação que os milhões de reais entregues aos falecidos Sérgio Guerra (PSDB) e Eduardo Campos (PSB), desviados respectivamente da Petrobrás e da Refinaria Abreu e Lima, segundo delação sobejamente conhecida de Paulo Roberto Costa, não deviam ter justificado, no mínimo, a busca de explicações dos tesoureiros do dois partidos, mesmo decorrido tanto tempo….mas só o Vaccari tá preso….e isto lhe basta, Senhor Paulo souza!

      Diz o Alexandrino, segundo pag. 65 da edição especial 2399, de 25/11/2015, de ISTO É que os que o interrogavam só se interessavam pelos fatos ocorridos nos últimos 12 anos e, ao que parece, só na Petrobrás.

      Sua manifestação soa como inocente ou ingênua, se é que não revela um reles coxinha paulistano….lamento!

  12. Ivan de Union parece estar certo

    digo “parece” porque não tenho smartphone e tais detalhes. Mas deu na mídia que o filho de Cerveró tinha armado vários equipamentos. Só que (provavelmente tenso, talvez sem dormir) cochilou e não teve tempo de checar os equipamentos. Por segurança, caso algum falhasse, e pra que o som ficasse mais claro. Como tempo atrás disse acerca de Pizzolato, a Direção Nacional falha tanto no marketing e mais ainda na segurança interna. A DN já sabia de Delcídio. Só divulgou (ou “soltou”, “release”, essas papagaiadas até no vocabulário já consagrado, como” empoderamento”) por não haver saída.Nem tudo o que diz um Renan é de jogar fora: A Nota do PT foi oportunista e covarde. Foi, mas antes tarde do que nunca: agiu certo.

    • A prisão e a nota do PT

      Não acredito que a D.N. seja mal assessorada por advogados disso e daquilo, nem tão babaca. Repisar sobre seletividade do STF, questionar (sempre interpretar) a Constituição, etc etc ) é fugir do caso.

      Digo: Que se assuma, ao mesmo tempo que se questione.

  13. Mais uma ilogica espetacular que me escapou antes.

    OPA!!!!!!!!

    “A sonhadora reunião de Delcídio até apressou a delação premiada de Nestor Cerveró, buscada sem êxito pela Lava Jato há mais de ano”:

    Janio, isso nao faz a menor gota de sentido!  O que voce quer dizer, que Cervero concordou em usar um body wire pra gravar um senador e DEPOIS decidiu pela delacao premiada?  Nao eh mais verossimil que Delcidio ja era alvo previo e que Cervero aceitou a DP somente DEPOIS que foi oferecido essa oportunidade especifica de gravar o senador?

    Hei, eu tambem sei re-escrever historia.  Viu como eh facil quando os motivos alheios sao turvos?  Voce notou que o boato original envolvia O FILHO DE CERVERO na gravacao, por exemplo?  Nao eh mais provavel que a policia tinha sujeira sobre O FILHO DE CERVERO CAUSADA POR ELE e a usou pra o chantagear?

    Nao eh que essa sujeira sumiu do mapa mais rapido que as sujeiras da filha de Serra?

  14. “… um caso esquisito.
    “… um caso esquisito. Investigadores suíços confirmaram, lá por seu lado, que Nestor Cerveró tinha dinheiro na Suíça. Procedente de suborno feito pela francesa Alstom, na compra de turbinas … (no) governo Fernando Henrique. A delação do multipremiado (!) Paulo Roberto Costa incluiu o relato desse suborno. Mas a Lava Jato não se dedicou a investigá-lo e o procurador-geral da República o arquivou, há oito meses. Os promotores suíços foram em frente. … Cerveró entregara o dinheiro do suborno ao governo suíço, em troca de não ser processado lá. É claro que a Lava Jato e o procurador-geral da República estiveram informados da transação. E contribuíram pela passividade. Mas o dinheiro era brasileiro. Era da Petrobras. Foi dela que saiu sob a forma de sobrepreço ou de gasto forçado. Não podia ser doado, fazer parte de acordo algum. Tinha que ser repatriado e devolvido ao cofre legítimo… A Procuradoria Geral da República deve o esclarecimento à opinião pública, se fez repatriar o dinheiro do suborno ou por que não o fez. E, em qualquer caso, por que não investigou para valer esse caso. Foi ato criminoso e os envolvidos estão impunes”.============== Isso é muito grave: as autoridades brasileiras não teriam feito nada para fazer repatriar o dinheiro do suborno. Seria porque o crime ocorreu durante o governo FHC?Parece que a Lava Jato está mesmo sendo dirigida e utilizada politicamente, e de forma golpista, para prejudicar o PT e o País, e por isso, tudo o que envolve membros da oposição e do governo tucano não é investigado. Servidores públicos que deixam de praticar ato de ofício por interesses pessoais, pelo que diz o código penal, cometem prevaricação.

    • “Cerveró entregara o dinheiro

      “Cerveró entregara o dinheiro do suborno ao governo suíço, em troca de não ser processado lá. É claro que a Lava Jato e o procurador-geral da República estiveram informados da transação”:

      Perguntas:

      1-o dinheiro estava ou nao estava no nome DE CERVERO?

      2-ja que essa historia me parece desinformacao vou ter que perguntar especificamente:  o dinheiro estava em nome DE CERVERO OU DO FILHO DELE?

      3-PORQUE as primeiras reportagens envolveram especificamente O FILHO DE Cervero no grampo?  Nao sei sequer se a voz dele estava neles, eu nao sei nem o nome dele ainda.  POREM…  isso me parece muito improvavel.  Mais improvavel ainda que O MINISTERIO PUBLICO “doaria” dinheiro assim sem mais nem menos ao governo da Suissa, ou ficaria calado.

      4-isso eh disinformacao ou nao eh?  Ta com uma cara de “informacao” plantada mesmo.  Ta.  Ta sim.  E TA MESMO.  O dinheiro esta sao e salvo aas maos de um futuro Cervero, gente:  nao se iludam a respeito disso.

      So me resta saber se o MP esta realmente envolvido no impensavel.

    • SUBORNO E SUIÇA

      Parece que a Suiça, tida e havida como nação seriíssima, é receptadora dos produto$ desviados. Pra mim não é diferente do comerciante que recepta mercadoria roubada.

  15. Assisti um program na globo

    Assisti um program na globo news onde os “analistas(?)” falavam em governo INOPERANTE, um congresso sem representatividade….

    Bela leitura(?) destes analistas(?)…

    É um governo sem ação…

    Enfim, para eles temos todos os elementos para uma intervenção….

    Não tenho mais dúvidas – o Delcídio é o ELO PERDIDO para alcançar a oposição…

    O Jogo deve acabar agora, ANTES QUE CHEGUE aos corruptos da oposição…

  16. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome