Aécio, Serra, Moreira Franco e Padilha estão na segunda lista de Janot

Foto-montagem: Brasil247
 
Jornal GGN – A segunda lista de Janot, como foi chamado os pedidos de inquéritos do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, com base nas delações da Odebrecht chegou ao Supremo Tribunal Federal (STF), nesta terça-feira (14). Segundo informações da Folha de S. Paulo, pelo menos cinco ministros de Temer estão na lista: Aloysio Nunes (Relações Exteriores), Eliseu Padilha (Casa Civil), Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência), Bruno Araújo (Cidades), Gilberto Kassab (Ciência e Tecnologia e Comunicações).
 
Segundo informações do JOTA, o presidente Michel Temer não aparece como investigado e tem seu nome arrolado apenas no pedido de abertura de inquérito contra Padilha. A decisão é com base na Constituição, que determina que presidente da República não pode ser investigado por fatos alheios ao mandato.
 
Em sigilo, os nomes dos alvos dos 83 pedidos de inquéritos não foram divulgados oficialmente, mas já se sabe que as apurações incluem ministros e parlamentares citados nos depoimentos dos 78 executivos e ex-funcionários da empreiteira, dos quais parte significante integra a cúpula do governo, entre o PMDB e o PSDB.
 
Ainda, segundo reportagem da Folha, também estão nos pedidos de investigação os parlamentares Aécio Neves (PSDB-MG), José Serra (PSDB-SP), Renan Calheiros (PMDB-AL), Romero Jucá (PMDB-RR), Edison Lobão (PMDB-MA), além dos presidentes do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), e da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).
 
Apuração do JOTA também levanta como nomes de investigados os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Slva, Dilma Rousseff  e os ex-ministros Antonio Palocci e Guido Mantega. O jornal destaca que cada pedido de inquérito entregue pela PGR é sobre os fatos apurados e não o número de investigados, o que inclui documentos, planilhas, emails e vídeos de depoimentos.
 
Mas além dos políticos, que por foro privilegiado são julgados pela última instância, Janot também pediu outras 211 investigações a instâncias inferiores, significando pessoas que não detêm a prerrogativa. Também na segunda lista de Janot estão 7 arquivamentos e 19 pedidos de outras providências.
 
Entre as delações que foram consideradas para os novos pedidos da PGR estão a do patriarca do grupo, Emílio, e seu filho e herdeiro Marcelo Odebrecht. Ambos detalharam como foram feitos os repasses em esquema de caixa dois para partidos políticos.
 
Nos depoimentos, foi citado, por exemplo, um encontro no Palácio do Jaburu, em 2014, organizado pelo agora presidente da República Michel Temer, e então candidato a vice-presidente, em que em nome do PMDB, Eliseu Padilha, o agora ministro da Casa Civil, solicitava os repasses para financiar as campanhas peemedebistas.
 
Ainda não se sabe quais destes inquéritos serão aceitos e quais políticos serão investigados. O ministro relator da Lava Jato no Supremo, Edson Fachin, deve decidir nos próximos dias quais apurações serão encaminhadas. Ainda assim, não há prazo para o ministro tomar essas decisões.
 
Também caberá a Fachin a palavra sobre manter o sigilo ou não dos casos. E, em seguida, após as determinações do ministro do STF, procuradores da República e delegados da Polícia Federal devem dar sequência às investigações, com realização de diligências, entre elas buscas e apreensões, quebras de sigilos, depoimentos e eventualmente prisões preventivas.
 
Todas as medidas judiciais devem passar pelo crivo do ministro do Supremo. Os investigadores deverão levantar os indícios que consideram necessários para os pedidos de denúncias pela Procuradoria-Geral da República.
 
O ministro analisará, ainda, a possibilidade de redistribuir todos os pedidos de inquéritos a outros ministros, de acordo com a relação que as apurações têm com a Petrobras. A postura foi adotada anteriormente pelo ex-relator, ministro falecido Teori Zavascki.
 
Em nota oficial, a PGR enfatizou a necessidade do sigilo: “Não é possível divulgar detalhes sobre os termos de depoimentos, inquéritos e demais peças enviadas ao STF por estarem em segredo de Justiça. Rodrigo Janot pediu ao relator do caso no STF, ministro Edson Fachin, a retirada do sigilo desse material considerando a necessidade de promover transparência e garantir o interesse público”, publicou.
 
 
Assine

39 comentários

  1. O inocente Lula é
    O inocente Lula é publicamente humilhado.
    Os verdadeiros bandidos são protegidos pelo sigilo.
    Há algo de podre no reino do Brasil.

  2. Esta dupla Janot Fachin

    Esta dupla vai dar  o que falar. O mesmo Janot que já até condenou seus desafetos, que já anunciou a condenação de outros,  que sequer foram julgados. O mesmo Janot que em seus autos fala do maior esquema criminoso. O mesmo Janot que se esconde atrás das palavras de Dallagnol, agora finge que vai pedir quebra de sigilo  mesmo depois de jamais pedir um inquérito contra Aécio .  Agora pode ser que o peça no meio outros  83 inquéritos. Aécio deve ser o último da fila.  E tudo isto ele faz para promover a “transparência e garantir  o interesse publico” Fachin deve se debruçar longamente sobre este pedido, consultará o oráculo da Gávea e terá como resposta o como divulgar.

  3. O que sei sobre Janot

    Eugênio Aragão afirmou que Janot sabia que Genoíno era inocente e mesmo assim articulou sua condenação.

    O mundo todo sabe que Janot tem as provas da corrupção de Aécio Neves. Mas protege o playboy golpista.

    Todos os brasileiros sabem que Janot teve ativa participação no golpe contra a Democracia.

    Os EUA são gratos a Janot pela colaboração em favor dos interesses norte-americanos e contra o Brasil.

     

    • O JANOT, finda sua ‘gestão’
      O JANOT, finda sua ‘gestão’ no MPF, vai ser vizinho do ‘quizinho’ barbosa em Miami! Lembra do Quinzinho, o menino pobre que ‘mudou’ o Brasil?! Mudou o Brasil’ com ‘s’ para Brazil com ‘z’!

  4. A lista com o mineirinho fica para 2057

    Ainda não vazou? Que esculhambação é esta?

    Ainda bem que os 54 milhões de eleitores do pt ainda não foram sitados, ufa!

    O stf vai levar dois anos, 2019, para decidir se aceita e mais 17 anos para providenciar o julgamento. Os do pt, se alí houver, desmerecem processo e serão condenados a partir de amanhã, pena retroativa a hoje. O psdb não está na lista; pra que? Sigilo ou tarja preta (escolha) resolverão.  Se por engano o copeiro do psdb, por exemplo, for denunciado, será inocentado por falta de verba específica na constituição de 88.

    Os ministros do temer serão excluidos pela estabildade do governo, reforma trabalhista e da previdência (que passará de 65 para 79 anos e meio),  e fortalecimento das “instituições”.

  5. Grande porcaria. A gente já

    Grande porcaria. A gente já sabe como estas coisas caminham e terminam em pizza, já sabe que há perseguidos e há protegidos. Também sabemos que há um projeto de poder adotado pela nobreza e ela não o colocará em risco. No máximo vai entregar uma ou outra cabeça para simular imparcialidade. E, como lembrou outro comentarista, é preciso se preocupar com a estabilidade política do país… O fato é que se os franceses fossem esperar que a justiça e a monarquia abrissem mão do poder, a gente nunca teria ouvido falar em queda da bastilha.

  6. a partir desse mes o sergio moro passa ser invetigado pela onu

    No ano passado a ONU DISSE QUE SÓ IRIA INVESTIGAR AS DENUNCIAS FEITAS PELO LULA E O PT, de que A JUSTIÇA BRASILEIRA ESTAVA PERSEGUINDO O LULA E O PT; “NO MES DE MARÇO DE 2017”. -E isso foi motivo DE FESTA PARA OS GOLPISTAS, pois achavam que O SERGIO MORO GANHARIA MAIS TEMPO PARA DESGASTAR O LULA E PROTEGER O PSDB. No entanto, MARÇO DE 2017 CHEGOU, “””E O SERGIO MORO: SEQUER CONSEGUIU PROVAS CONTRA O LULA””, que LIDERA AS PESQUISAS PARA A PRESIDENCIA DA REPUBLICA com mais de 30%, o que MOSTRA QUE O PT CONTINUA COM OS SEUS TRADICIONAIS 30% DE VOTOS; os candidatos do PSDB: Alckmin, Aecio e Serra, partido que o pai do Sergio Moro ajudou a fundar, estão apenas com 11%; e a população, mesmo aquela  mais ignorante, que saiu nas ruas pedindo o impeachment da Dilma e o fim do PT, ja começa a pressionar o Moro para autorizar investigações também contra o PSDB. -O inferno astral do Sergio Moro e do PSDB pode estar começando agora em março.

  7. Seletividade, é o que há.

    Eu aposto que os únicos que serão autorizados a serem investigados serão Lula e Dilma e talvez mais alguns do PT e ainda terão seus nomes vazados “acidentalmente”.
    O Sr, Tarja Preta e os vampirinhos capachos do Vampiro-mor, só em 2078.

  8. Pra quê tanta lista???

    Afinal, qual o motivo de tanta lista? Pra quê todo esse circo? Quem ganha com isso? Libera tudo e para de esculhambar,  Janota!!!!!

  9. “Timing” perfeito, como esperado…

    Isso é que é “timing”, não é mesmo? O Janot divulga sua listinha no dia do depoimento do Lula. Tudo para a mídia abafar a repercussão da lista usando o depoimento do Lula como contraponto. É tudo tão escancaradamente parcial que dá nojo

  10. Mais uma jogadinha do janota

    Mais uma jogadinha do janota pra jogar Lula e Dilma na mesma vala dos outros. Esse janotinha é muito previsível. 

  11. O timing de Janot….ele quer

    O timing de Janot….ele quer tirar o foco…das Paralisações de amanhã….esse babaca  pensa que o povo já não se ligou o quanto ele protege tucanos.

    • Impressionante a forma como

      Impressionante a forma como Janot protegeu os tucanos dessa vez …

      De cara 4 tucanos de alta plumagem indiciados e noticiados por vazamento de informação sigilosa….   Foi pouco ainda, não é mesmo? 

  12. Faltou……………………………………………

    No título da reportacem esqueseram de mencionar os mais famosos: LULA e DILMA. 

  13. Agora a grande questão é
    Agora a grande questão é saber quem vai comer o cu de quem na Papuda. Com a palavra o delicado Aloysio Nunes…

  14. Esse bocó sabe que não dará

    Esse bocó sabe que não dará em nada por falta de provas. Ele faz política com cargo público. O objetivo é se pintar de isento e justificar a perseguição a Lula.

  15. Afoitos, se reúnem no
    Afoitos, se reúnem no Planalto MT, Botafogo e Indio. Reunião dos golpistas pelaanutençao do acórdão. Também presente, claro, o baluarte jurídico do golpe: GM.
    De prontidão, para participar a qualquer momento da reunião, Caju, Primo e Angorá.

  16. Conta outra…

    O janot entrando em campo aos 45 minutos do segundo tempo?

    Prá que?

    Defender o quê?

    A Justiça?

    Esse câncer já esta dando metástase!

    Esta espalhando para tudo, sem pudores!

    Neste ritmo não chegaremos a lugar nenhum…

    Infelizmente, não creio mais em mudança sem dor!

    Ou doerá no povo, ou doerá nos golpistas!

    Não acredito mais em soluções com as palavras.

    O Janot defende a si mesmo, atirando aos 45 do segundo tempo!

    É o seu legado!

    Destruição e confusão!

    Basta aos golpistas, se fingirem de mortos que 2017 passa assim – o PIG não cobrará nada de ninguem, será como não tivesse acontecido…

    Ou quem sabe tudo ficará esquecido numa gaveta de um ministro que vai pedir vistas…

    Antes, para pedir este tipo de “vistas” era só o gilmar, agora voce pode escolher entre carecas e cabeludos e incluir as meninas…

    Rito sumário – com garantias explicitas e transmitidas ao vivo, com jornalistas cobrando explicações da justiça diariamente – é só para Dilma, para o PT!

    Quem nasceu para trouxa nunca chega a pato da fiesp…

    Quantos escândalos aconteceram no governo FHC?

    Quantos bilhões dos desvarios tucanos ainda estão sendo pagos! 

    Eles pensam em nós?

    Eles pensam no povo?

    Dane-se o povo!

    Dane-se os sonhos da pátria!

    Dane-se a esperança de pais e filhos!

    Dane-se a festa e a alegria!

    Dane-se o nosso amor!

  17. Credibilidade

    Seria bom descobrir quem citou Lula e Dilma e o teor da citação. Isto porque, com relação aos dois, sobretudo a Lula e, em sentido inverso, a Aécio, a credibilidade do PGR não é indiscutível.

  18. É interessante a parcialidade de tantos comentários. Inclinam-se a acreditar nas citações dos personagens que não são petistas e acreditam na inocência destes.

     

    Qualquer que seja a pessoa, se cometeu crime que assuma as consequências. 

     

     

    • E de quem é a culpa desta “parcialidade”

      Pelo seu comentario ou critica parece que “apareceu no mundo hoje”.Tantos anos de parcialidade da midia e agora de forma escancarada delegados,promotores e juizes acusam principalmente Lula baseado apenas em convicções.Temos o supra sumo de o Moro ouvir  64 testemunhas e todas atestarem a inocencia de Lula.Isto sem falar na perseguição a petistas como Dirceu,ou o Vacari tesoureiro que foi preso e solto em segunda instancia por absoluta falta de provas!!!!Estamos padecendo de outro  mal,e não é esquizofrenia.

    • A “imparcialidade” que você

      A “imparcialidade” que você procura está nos colunistas, nas “reporcagens” e nos editoriais do jornais oficiais do golpe.

      Leia e assista globo, estadinho, pholha e outros menos votados e poderá encontrar “imparcialidade” para encher o oceano pacífico.

  19. 4×1 Dilma e Temer.
    Então na

    4×1 Dilma e Temer.

    Então na lista: Antonio Palocci; Guido Mantega; Jaques Wagner; Erenice Guerra; Fernando Pimentel; Edinho Silva; Aloizio Mercadante; Gleisi Hoffmann; Paulo Bernardo; Mario Negromonte; Fernando Bezerra; Carlos Gabas; Gilberto Carvalho; Arthur Chioro; Edison Lobão; Celso Pansera; Henrique Alves; Eliseu Padilha; Moreira Franco; Gilberto Kassab e Silas Rondeau.

     

  20. Em uma próxima eleição, caso

    Em uma próxima eleição, caso deixem, será em 2018, devemos ter atenção a nosso voto parlamentar.

    Não podemos votar em governante de um partido e parlamentares de outro. Este voto é o quê leva aos acordos posteriores para formação de base no congresso.

    E já vimos que ter qualquer base parlamentar não significa apoio real. É só ver a nossa História recente.

  21. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome