Juiz aceita ação de MP de São Paulo contra Haddad

Ação é baseada na delação premiada de Ricardo Pessoa, a mesma afastada pelo Supremo, em julho, por falta de provas 
 
Foto: Wilson Dias/Agencia Brasil
 
Jornal GGN – O juiz Leonardo Barreiros, da 5ª Vara Criminal da Barra Funda, aceitou uma denúncia do Ministério Público de São Paulo contra o ex-ministro e ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro em um caso de suposto pedido de R$ 3 milhões para a UTC quitar dívidas de campanha, em 2013.
 
O processo foi baseado na delação premiada do empreiteiro Ricardo Pessoa, considerada com informações insuficientes pelo Supremo Tribunal Federal e o Próprio Ministério Público Federal, em meados deste ano, que pediu o arquivamento da investigação baseada nos depoimentos de Ricardo Pessoa. 
 
Em nota, a defesa de Haddad relembra o fato e analisa aceitação da denúncia por parte do tribunal paulista como “abuso”. 
 
“Com o mesmo depoimento, sobre os mesmos fatos, de um delator cuja narrativa já foi afastada pelo STF (Supremo Tribunal Federal), o Ministério Público fez uma denúncia de caixa dois, uma denúncia de corrupção e uma de improbidade. Todas sem provas, fincadas apenas na desgastada palavra de Ricardo Pessoa, que teve seus interesses contrariados pelo então prefeito Fernando Haddad. Trata-se de abuso que será levado aos tribunais”, comunicou a assessoria do ex-prefeito. 
 
Já o Partido dos Trabalhadores, caracterizou manifestação contra juiz da 5a. Vara Criminal da Barra Funda como “partidarização do sistema judicial do estado de São Paulo”.
 
“Com base apenas na palavra de um réu confesso, Ricardo Pessoa, que foi descartada pelo Supremo Tribunal Federal por ausência de provas e de credibilidade, o MP-SP fez uma denúncia infundada que não poderia ter sido aceita por um juízo imparcial. Este episódio caracteriza a partidarização do sistema judicial do estado de São Paulo, controlado por notórios adversários do Partido dos Trabalhadores. Tem cheiro de vingança e retaliação pelo grande desempenho de Haddad e do PT nas eleições presidenciais”. 
 
A denúncia
 
Segundo Ricardo Pessoa, o então tesoureiro do PT, João Vaccari, teria se reunido com o ex-executivo da UTC, em abril ou maio de 2013, pedindo R$ 3 milhões em nome de Haddad para pagar as dívidas de campanha, mas a UTC negociou R$ 2,6 milhões. O dinheiro teria sido entregue por meio de lavagem de dinheiro à uma gráfica do ex-deputado estadual Francisco Carlos de Souza, conhecido como Chicão. 
 

8 comentários

  1. Muito cuidado Fernando

    Muito cuidado Fernando Haddad, pois toda e qualquer arbitrariedade que puderem fazer para te calar e te colocarem fora da oposição, farão. Os tempos são esses. 

  2.  
     
      Houve um tempo em que,

     

     

      Houve um tempo em que, para mim, era de suma importância  contar com a possibilidade de haver, por traz desse tipo de denúncia, algum crime concreto. Agora isso acabou. Depois de toda a arbitrariedade possível e imaginável ter se tornado a regra, já tomo a coisa como FARSA, apenas passando o olho na manchete. Descrédito total.   

  3. É assim que a Dinastia
    É assim que a Dinastia BozoNazi quer se eternizar no poder: perseguindo, torturando, prendendo e matando opositores, – Lula não será a última vítima dessa tática, –
    .
    … estamos na última fase de um golpe que, desde o seu início, usou estratégias de guerra híbrida preconizadas por Eugene Sharp
    …..
    .. segundo a cartilha de Sharp, se o governo nacionalista cai de forma pacifica, fica dispensada a fase seguinte, ou seja, o uso de mísseis balísticos para a derrubada do mesmo, sendo suficiente o uso do cooptado sistema midiático penal e Instituições para a rapinagem e destruição do país alvo de sabotagem….

  4. Absurdo

    Aonde estamos e para onde iremos com esse judiciário politizado? E se a politização do judiciário não fosse o suficiente para provocar indignação, vemos não somente a mídia, apesar de principalmente a mídia, mas boa parcela da população insensível a essa panaceia, que pode levar a nossa tão frágil democracia para um buraco de trevas, aonde deveremos a duras penas escalar centimetro a centimetro, para buscar novamente a luz.

    A mídia …essa nossa mídia é um capítulo à parte, já que sabe perfeitamente avaliar o que é do seu interesse particular independente do que o país como nação precisa, e não exita em tomar o rumo errado, para tentar sobreviver às benesses.

    O Brasil está num momento difícil aonde uma corja se auto intitulou dona da verdade, mas pelas mentiras, e à medida que as semanas pós eleição correm vão deixando cairem as máscaras pelo caminho, colocando as garras em prontidão para cometerem o que julgarem ser necessário para estirpar uma esquerda, que sempre foi titubiante em relação ao processo de comunicação com o país.

    Vamos ter cenas de enrubescer o demo nos telejornais e diários sob a complacência de um STF inerte e subjugado (isso precisa ser muito bem esclarecido..e a fundo) e de uma esquerda dividida por interesses regionais.

    Agora é tentar retirar forças lá do fundo da alma, pra poder enfrentar essa avalanche governo/mídia/stf e judiciário politizado.

    Vai ser uma luta dura e, tomara a Deus, que o povo saia dessa letargia, para não deixar que o rentismo consolide mais a desigualdade social e também a agora desigualdade jurídica.

    PS: o stf subjugado é um dos maiores mistérios dessa período pré/pós golpe de 2016. É simplesmente inconcebível as mudanças de posturas de Fachin, Barroso e em muitos casos Tofoli e levandowisk (lembram da faca no pescoço?)…essas mudanças em senhores de longa data no mundo jurídico é uma aberração somente justificada por chantagens pesadas. E isso deve ser verificado a fundo e exposto a toda nação. Bem como essa estória de youssef dando início ao caso petrobrás e lava jato desviando foco da NSA e suas maucheirosas escutas.

  5. Esse elemento da fotografia tem aspecto lombrosiano

    Ele se parece com um açougueiro, que abate um bovino com a mesma naturalidade com que inspira ou defeca.

    Mas não acredito nas teorias lombrosianas.

  6. Haddah será preso. Com que

    Haddah será preso. Com que provas? Isso não importa para um judiciário corrupto.

    Pensei que a esquerda e o PT (é necessária a diferenciação) fosse acordar depois da prisão ilegal do Lula… Eu estava errado.

    Serão pelo menos 50 anos tenebrosos.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome