Lava Jato propõe a delator trocar o pescoço do filho pelo de Lula

Na sexta matéria da série sobre a indústria da delação premiada da Lava Jato, feita em conjunto pelo Jornal GGN e o DCM, um passeio pela delação de Glaucos Costamarques e os deslizes da Lava Jato no tocante à Receita Federal e reais implicados. As outras matérias da série podem ser vistas aqui.

A Lava Jato propõe a delator trocar o pescoço do filho pelo de Lula

por Luis Nassif e Cíntia Alves

O poder absoluto conferido à Lava Jato, acabou por definir um modo de atuação arbitrário, especialmente quando envolve delação premiada.

No capítulo de hoje vai se mostrar um dos expedientes mais utilizados pela Lava Jato, com ampla parceria dos procuradores com o juiz de instruçque consiste dos seguintes passos:

  1. Ameaças de envolvimento de familiares dos réus nas investigações.

  2. Negociações para a inclusão nas delações de declarações que corroborem a narrativa e os interesses políticos da Lava Jato, mesmo sem acompanhamento de provas.

  3. Benefícios, tais como fechar os olhos a contas no exterior e a lavagem de dinheiro já identificado.

Vamos à análise do primeiro caso, a compra do apartamento vizinho ao de Lula.

Lance 0 – Apresentando o jogo e os jogadores

Quando Lula ainda presidente, o governo alugava o apartamento vizinho ao seu, em São Bernardo do Campo. Em parte, para garantir a privacidade do presidente. Em parte, para abrigar o esquema de segurança.

Deixando a presidência, constatou-se que o apartamento estava à venda. Para preservar a privacidade de Lula, Paulo Okamoto, presidente do Instituto Lula, solicitou ao amigo José Carlos Bumlai que encontrasse algum conhecido com interesse em adquirir o apartamento e alugá-lo para Lula.

Bumlai conversou com o primo Glaucos da Costa Marques, um pecuarista que investia em imóveis, que topou a compra por perceber uma boa oportunidade de negócio.

A notícia veio à tona no dia 7 de setembro de 2016 e foi divulgada pela mídia no dia 08/07/2016 (clique aqui). Okamoto explicou que Lula passou a pagar o aluguel a Glaucos.

Lance 1 – A criação da narrativa pela Lava Jato

13/12/2016 – A PF lança sua narrativa

Segundo a narrativa da PF, (clique aqui)

o apartamento teria sido comprado por Glaucos da Costa Marques e alugado ao ex-presidente Lula, em um contrato celebrado no nome da ex-primeira-dama, Marisa Letícia. No entanto, de acordo com a investigação, nunca houve qualquer pagamento por parte do ex-presidente, que utiliza o imóvel, pelo menos, desde 2003.

A polícia diz que a operação foi realizada para ocultar o verdadeiro dono do imóvel. Para o delegado, o ex-presidente Lula é quem é dono do local, que também teria sido adquirido por meio de propina obtida junto à Odebrecht, com a intermediação de Palocci.

27/12/2016 – Lava Jato vaza depoimento para atingir advogado de Lula

Glaucos sustentou que adquiriu o apartamento por ser bom negócio e por estar habituado a investir em imóveis.

Para a Lava Jato, a unidade, na verdade, foi adquirida com valores pagos pela Odebrecht como uma forma velada de beneficiar Lula. Glaucos teria recebido dinheiro da DGA Construtora que, por sua vez, teria sido repassado pela Odebrecht.

A acusação ficava no ar, sem nenhuma comprovação.

26/01/2017 – PF divulga inquérito em prazo recorde

Nesse dia, fica-se sabendo que há 8 meses a Polícia Federal investigava sigilosamente a compra do apartamento vizinho ao de Lula. Quatro dias depois de a denúncia ser aceita pelo juiz Sérgio Moro, a PF divulgou seu inquérito, sem jamais ter informado à defesa (clique aqui) sobre sua existência.

Lance 2 –Lava Jato consegue que Glaucos mude seu depoimento

Em 06/09/2017, a Lava Jato dá um lance ousado, induzindo Glaucos a mudar a versão inicial.

Na nova versão, reiterou que a compra do apartamento foi para garantir a privacidade de Lula. Disse que o imóvel custou R$ 504 mil e que assinou um contrato para locação diretamente com a ex-primeira-dama Marisa Letícia.

A partir daí, entra na narrativa acertada com a Lava Jato.

  • Sustentou que entre 1o de fevereiro de 2011 e novembro de 2015 não recebeu nenhum pagamento.

  • Transação concluída, Roberto Teixeira, advogado de Lula, teria pedido que Marques devolvesse o lucro que obteve com a compra de um imóvel para o Instituto Lula, que ele revendeu para a DAG, lucrando R$ 800 mil. E Glaucos se recusou.

  • Por fim, teria topado devolver R$ 650 mil – descontando R$ 120 mil de impostos mais despesas.

Glaucos sustenta que se recusou a pagar o lucro relacionado à compra de imóvel para o Instituto Lula, porque ele correu o risco. Mas aceitou devolver o que recebeu.

Mesmo no depoimento a Sergio Moro, Glaucos explica que também ficou sabendo do imóvel para o IL porque Bumlai disse que Roberto Teixeira tinha um “bom negócio” em vista, que serviria a uma manobra chamada de “flip” (quando se compra barato para revender barato, tirando uma pequena margem de lucro). 

Glaucos diz que, no final, não precisou desembolsar o montante envolvido na compra (cerca de R$ 6,5 milhões) porque assinou uma autorização (cessão de direitos) para que os primeiros proprietários vendessem o imóvel diretamente à DAG – empresa usada pela Odebrecht na triangulação. 

O primo de Bumlai admite ter lucrado R$ 800 mil nesse “flip” e relata que Teixeira ganhou cerca de R$ 234 mil em honorários. 

Moro até ironizou: “O senhor não acha que recebeu 800 mil reais sem fazer nada? Quero um advogado desses pra mim.”  

O problema para a Lava Jato é que a mudança no depoimento de Glaucos não é trunfo absoluto. A força-tarefa ainda não consegue esclarecer como o primo pode ter usado os R$ 800 mil que recebeu da DAG em dezembro de 2010 para custear a compra do apartamento por R$ 504 mil, realizada quatro meses antes.

Esse dado consta em relatório da Polícia Federal sobre o caso e na “fórmula matemática” que a equipe de Deltan Dallagnol desenhou e tratou de propagandear na grande mídia como se fosse o mapa da propina a Lula. Passou longe de ser, conforme o GGN já expôs. (Clique aqui)

Leia também:  TJ absolve ex-presidente do Metrô condenado na primeira instância por improbidade nas obras da linha Lilás

Glaucos, portanto, não conseguiu apresentar provas das duas acusações mais graves:

  • Não conseguiu comprovar o não recebimento dos aluguéis, pois declarou todos os valores à Receita e ainda assinou recibos e trocou e-mails sobre os que são relativos ao ano de 2013, tudo exposto pela defesa de Lula

  • Não conseguiu comprovar a devolução do dinheiro, porque, segundo ele, teria sido feito em dinheiro vivo através de um carro blindado.

10/10/2017 – Glaucos muda depoimento para implicar filho de Lula

Glaucos também mudou depoimento para implicar filho mais novo de Lula (clique aqui).

A grande incógnita é o que teria levado Glaucos a mudar o depoimento? Novas provas da Lava Jato, desqualificando a versão anterior, ou chantagem?

Lance 3 – Defesa de Lula entrega recibos do aluguel

Em 25/09/2017, a defesa de Lula dá o primeiro xeque na Lava Jato, apresentando cópias dos recibos de aluguel – em lugar dos originais.

Os advogados de Lula sustentam que pesquisaram nos guardados de dona Marisa e encontraram os recibos. Dois deles tinham datas inexistentes: 31 de junho e 31 de dezembro (clique aqui).

Lance 4 – O contra-ataque da Lava Jato

Há uma dupla reação das peças brancas, da Lava Jato:

06/10/2017 MPF garante que recibos são falsos

Procuradores da Lava Jato garantem que os recibos apresentados pela defesa de Lula são falsos “sem margem à dúvida” (clique aqui). E a perícia técnica é “imperativa”. Os advogados de Glauco sustentaram que os aluguéis só passaram a ser pagos “após visita do doutor Roberto Teixeira ao defendente”, quando este estava internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde Glaucos se submeteria a intervenção cardiovascular.

Leia também:  O abuso de controle empresarial e sua punição, por Fábio Konder Comparato

28/09/2017 – Defesa de Glaucos apresenta como prova visitas em hospital

No documento apresentado pela defesa de Costa Marques a Moro (clique aqui) se admite:

  • A existência de um contrato de locação, razão pela qual os recibos foram exigidos.

  • A declaração dos valores dos alugueres na Receita. Mas tudo seria sido por influência de Roberto Teixeira, advogado de Lula.

E termina com um pedido:

Diante do exposto, requer-se a expedição de ofício ao Hospital Sírio-Libanês, na cidade de São Paulo, para que informe os dados relativos ao registro de JOÃO MESTIERI ADVOGADOS ASSOCIADOS 4 visitas ao hospital, referentes ao período de 22/11/2015, data da internação de GLAUCOS naquele hospital e 29/12/2015, data da alta hospitalar, com ênfase nos visitantes Dr. ROBERTO TEIXEIRA e Sr. JOÃO M. LEITE.

Naquele dia, comentaristas da GloboNews sustentam que “tem que haver mais que recibos”. Lula teria que comprovar sua inocência mostrando o “caminho do dinheiro”, comprovando a pouca familiaridade da imprensa com o Código Penal, que diz claramente que o ônus da prova cabe ao acusador.

Têm-se dois desafios postos, então: a discussão em torno da validade dos recibos; e as provas das visitas de Roberto Teixeira a Glaucos, quando hospitalizado.

02/10/2017 – Moro ordena que hospital entregue registro de visitas a Glauco

A determinação era para o Sírio Libanês informar se o advogado Roberto Teixeira e o contador João Muniz Leite estiveram no hospital (clique aqui)

O hospital não encontrou registro de visita específica de Teixeira a Glaucos. Em depoimento a Moro, o advogado já havia explicado que deu entrada no Sírio porque também enfrentava tratamento médico e o encontro que teve com o primo de Bumlai acontecera rapidamente, sem que o assunto do aluguel viesse à tona.

Lance 5 – Entra no jogo o cavalo da Receita Federal

Segundo dados da Receita, Glaucos da Costa Marques não teria renda para comprar o apartamento. E mostra que sua conta recebeu depósitos de seus próprios filhos.

“Há razoável suspeita de que em alguns anos (especialmente 2010, 2011 e 2013), além da possibilidade de sonegação de receitas, as contas bancárias de Glaucos da Costa Marques podem ter sido utilizadas apenas como interposição para passagem de expressivos valores de terceiros”, diz o texto da Receita. Faltou explicar: laranja de quem?

Como apontou o GGN, o fio da meada era outro:

(…) quem se prestou a ler as 32 páginas do relatório descobriu que parte das movimentações financeiras estranhas de Glaucos está relacionada a empréstimos milionários que ele recebeu de seus filhos, ano a ano.

Em 2010, foram R$ 480 mil de Gustavo da Costa Marques e mais R$ 1,189 milhão de Fernando. Em 2011, o pai recebeu mais um total de R$ 3,1 milhões dos dois filhos. Em 2012, mais R$ 3,6 milhões. [O total passa dos R$ 8,3 millhões]

(…) em nenhum momento o relatório diz quem são os agentes implicados nessas movimentações.

(…) A análise da Receita sobre o comprador, o vendedor e a corretora imobiliária que intermediou a venda do apartamento 121, em São Bernardo, mostra que tudo ocorreu sem nenhum tipo de ressalva.

Lance 6 – Sírio desmonta movimento com visitas

Hospital confirma apenas a visita de contador do caso dos recibos de aluguel de Lula (clique aqui). Mas contador explica que recebeu pagamentos de Costa Marques por ter prestado serviços a ele de 2010 a 2015. Sustenta ter recebido periodicamente recibos relativos aos pagamentos de alugueis a partir de 2011. E informa ter colhido assinaturas de apenas alguns recibos. “Em apenas alguns meses, que embora tivéssemos os recibos, os mesmos não estavam assinados.”

Lance 6 – Mate: Lula confirma ter recibos originais

O MPF estava questionando as cópias dos recibos. Lula informa, então, ter encontrado os recibos originais (clique aqui) e mais um conjunto de provas robustas

Leia também:  Presidente do STJ amplia portaria para que magistrados viajem na classe executiva

25/10/2017 – Defesa de Lula mostra e-mail que comprova pagamento

Conforme constatou o GGN, já havia vários elementos contradizendo Glaucos (clique aqui):

  • A defesa de Lula encaminhou à imprensa um e-mail em que Glaucos informa ao contador João Muniz Leite os valores do aluguel que recebeu ao longo de 2013, totalizando R$ 46,8 mil.

  • A pedido de Moro, a defesa de Lula apresentou comprovantes de pagamento de aluguel que abrangem os 4 anos de contrato.

  • Na audiência com Moro, Glaucos não disse em nenhum momento que os recibos em posse de Lula, referentes a 2015, foram assinados de uma vez só. No depoimento, ele só se preocupou em desqualificar a declaração do imposto de renda, que já estava em posse dos procuradores.

  • Em resposta a Moro e aos procuradores de Curitiba, o Sírio Libanês confirmou o depoimento de Roberto Teixeira, que negou em juízo ter ido ao hospital em 2015 para visitar Glaucos e tratar do aluguel. 

  • Além do e-mail trocado por Glaucos e o contador, há ainda um relatório feito a partir de dados da Receita Federal que mostram que não há nenhuma irregularidade na história da locação do apartamento em São Bernardo do Campo.

O que esse relatório revela, e foi completamente ignorado pela grande mídia, é o possível motivo para que Glaucos tenha resolvido mudar suas versões e colaborar com os investigadores.

O documento aponta que há movimentações suspeitas em anos em que ele recebeu empréstimos milionários de seus filhos. Em 2010, foram R$ 480 mil de Gustavo da Costa Marques e mais R$ 1,189 milhão de Fernando. Em 2011, o pai recebeu mais um total de R$ 3,1 milhões dos dois filhos. Em 2012, mais R$ 3,6 milhões.  

  • (…) Paulo Roberto Costa é um exemplo de delator que fez acordo e conseguiu imunidade processual para a família. Resta saber quais benefícios Glaucos – que vem mantendo um silêncio ensurdecedor a respeito dos recibos do aluguel – pretende obter nesta ação penal.

Lance 7 – Moro vira o tabuleiro

Quando percebeu que havia levado xeque mate na questão dos recibos, Moro acolheu pedido do Ministério Público e decidiu reabrir a fase de instrução, para interrogar de novo Glaucos da Costa Marques.

Ora, se houvesse dúvidas sobre a veracidade dos recibos, o papel do juiz seria ordenar uma perícia.

01/07/2016 – Depoimento de Gustavo da Costa Marques

E aqui se mostra o jogo de pressões e vantagens que tem sido a marca da Lava Jato.

Há indícios fortes de que Glaucos da Costa Marques era laranja, de fato. Mas de seu filho Gustavo da Costa Marques, Diretor de Relações Institucionais da Camargo Correia.

O cargo, lotado em Brasilia, é para contatos diretos com autoridades.

Gustavo depôs em 1o de julho de 2016 para Sergio Moro:

[vídeo:https://www.youtube.com/watch?v=e3M3jhH-BJ4]

Conclusão – O jogo pesado da Lava Jato

A provável pressão colocada para Glaucos da Costa Marques foi simples. Se não ajudar a imputar a Lula a movimentação dinheiro em sua conta, a penalidade recairá sobre seu filho, podendo anular o acordo de delação premiada fechado com a Lava Jato.

Afinal, ou ele seria “laranja” de Lula ou seria do filho.

Com esse jogo, além de forçar uma acusação falsa contra Lula, a Lava Jato poderá estar livrando a cara não apenas do dono da conta laranja, mas também de todas as autoridades que foram subornadas com ele, através do laranjal montado pela diretoria de Relações Institucionais da Camargo Corrêa.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

43 comentários

  1. …o delenda Lula è uma
    …o delenda Lula è uma exigencia dos planos de colonizaçao levado a cabo pelos EUA…

    .este entreguismo começou com o pau brasil como alvo de cobiça internacional…o alvo hoje é tudo que ainda nos resta: petroleo…agua…energia…base de alcantara…fogueres…saude…educacao….

    chamam de “desnacionalizaçao” o entreguismo do que ainda nos restava

    uma coisa que merece ser destacada e muita gente não sabe: esse crime de lesa patria teve como um dos seus arquitetos o juuz tucano Sergio Moro

    no longiquo 2004 Moro ja sonhava com a desnacionalizaçao da nossa econimia, o que seria feito com a ajuda da midia ajudando na condenaçao de inimigos apontados por ele Moro e CIA
    …ah sim, para que o regime entreguista continue, neste momento o postiço se enco tra reunido com o lixo Gilmar Mendes para que a eleiçao de 2018 seja suspensa atraves da segunda fase do golpe: a implantaçao do parlamentarismo, que sera chamado de semipresidencialismo

    Como a Lava Jato foi pensada como uma operação de guerra, por Luis Nassif

    https://www.cartacapital.com.br/politica/como-a-lava-jato-foi-pensada-como-uma-operacao-de-guerra-5219.html

  2. Como foi feito os pagamentos?

    Eu gostaria de saber como foram feitos os respectivos pagamentos mensais 

     

    TED 

    Cheque 

    Depósito 

    Dinheiro 

     

    Com os recibos e as respectivas movimentações a coisa se fecha para o lado que estiver com a verdade 

    • Eu gostaria de saber o MOTIVO

      Eu gostaria de saber o MOTIVO que o leva a querer saber. Mas tenho uma forte suspeita de que sei, ah! se tenho !

      • Parte

        Não sei se já ouviu falar de uma coisa chamada no judiciario…

         

        Interesse Publico

        Comoção Publica

        Parte Interessada

         

        Pode escolher uma delas acima, tenho certeza que pensará que sou TUCANO, mas sou liberal demais para ser TUCANO, votarei no NOVO.

         

        Meu interesse neste caso é pela Justiça, embora sei que voce não deva se interessar pela resposta

        • Quem tem a resposta é o moro

          Mas tem um problema. Descobriu um laranjal na conta. E para tentar aliciar o malandro, esconde a conta para o laranja dizer que não recebeu o tal aluguel. Coisa bem de mafioso com o Nassif explicou direitinho. Ou tu não entendeu a mensagem?

           

        • A farsa do partido Novo

          João Carlos:     Se você vai votar no Partido Novo, então existem duas possibilidades. Ou você ignora fatos relevantes de pessoas e interesses vinculados a esse partido de direita, ou você não se interessa pela Justiça, principalmente a Justiça Social.

          Se ainda não sabe, procure conhecer como Armínio Fraga, com base em informação privilegiada, planejou e executou o ataque especulativo contra da moeda da Tailândia que gerou a crise asiática, deixando milhares de cidadãos desempregados, empresas quebradas e arruinou as finanças públicas de diversos países. 

           

          • Liberal Republicano

            Eu sou liberal republicano, logo não entro neste tema de esquerda e direita.

             

            Como disse sou liberal demais para ser chamado de tucano…

            Desculpe te desapontar, mas tambem sou fã do Arminio Fraga, não me ocorre que ele cometeu algum ilicito ou ilegalidade, o texto que voce descreveu, não é uma ilegalidade em si, o pais que foi atacado, não possui instrumentos para brincar no mercado internacional, não deveria ter brincado, deveria ter ficado fechado a movimentação cambial internacional.

            Não só ele, mas todos, na hora de negociar seus ativos, esta tudo bem….  E nem imaginam as consequencias do amadorismo

    • Realmente…..

      O “esquema de corrupção” mais importante do planeta é o ap vizinho que o Lula alugou…….

      Lembrei de um que foi “esquecido”…entre dezenas/centenas de outros

      SÃO PAULO — Decretado em junho, o bloqueio de R$ 220 milhões das contas de Eduardo Cunha e outros acusados em ação de improbidade administrativa na Justiça Federal do Paraná não encontrou nenhum valor nas contas que o deputado cassado mantém no Brasil. O bloqueio foi lembrado pelo Ministério Público Federal no pedido de prisão de Cunha.

      Nunca mais se falou no assunto….

      Num pais em que um vereador de cidade pequena/media(100.000 hab) começa “andado de onibus” e dois mandatos mais tarde tarde, sai com uma coleção de carros antigos avaliada em alguns milhões(fato veridico, conheço o fulano pessoalmente….), o mais importante e se Lula pagou o aluguel em vale refeição, moeda de 10 centavos ou em pacotes de kinder ovo…..Realmente o senso de proporção não é o ponto forte do brazuca “medio”…….. 

      • Feliz o Seu Texto

        Jackson, 

         

        Muito feliz o seu texto e irei copiar a sintese interna dele para outros textos que publicarei.

         

        Pelas leis que somos obrigados a cumprir, gostando ou não, não existe tamanho de crime, somente crime.

        Todos devem pagar pelos seus crimes sem favorecimentos ou esquecimentos

        Em alguns paises, eles estipulam limites financeiros para acionar o judiciario, não é o caso do Brasil

        Logo, vamos tratar de julgar e exigir o julgamento de todos os indiciados.

        Não faço eco com quem critica o judiciario, é o que temos….

         

        Parabens.

        • Um judiciário extremamente

          Um judiciário extremamente oneroso e parcial, e você quer que simplesmente aceitemos isso?

          • Minha opinião

            É o vertice mais importante da República 

             

            Precisamos melhorar 

             

            Destruir jamais 

  3. “O primo de Bumlai admite ter

    “O primo de Bumlai admite ter lucrado R$ 800 mil nesse “flip” e relata que Teixeira ganhou cerca de R$ 234 mil em honorários. 

    Moro até ironizou: “O senhor não acha que recebeu 800 mil reais sem fazer nada? Quero um advogado desses pra mim.”  

    O problema para a Lava Jato é que a mudança no depoimento de Glaucos não é trunfo absoluto. A força-tarefa ainda não consegue esclarecer como o primo pode ter usado os R$ 800 mil que recebeu da DAG em dezembro de 2010 para custear a compra do apartamento por R$ 504 mil, realizada quatro meses antes.

    Esse dado consta em relatório da Polícia Federal sobre o caso e na “fórmula matemática” que a equipe de Deltan Dallagnol desenhou e tratou de propagandear na grande mídia como se fosse o mapa da propina a Lula”:

    Nao foi esse evangelico filho da puta que lucrou milhares de reais aas custas do MCMV de DILMA ROUSSEFF?

    No mais, se o judiciario filho da puta desse puto pais ja ilegalizou “flips” mas “flips” continuam legais somente pra evangelicos filhos da puta, porque eh que essa putarada judicialha canalha do Brasil nao o diz em publico?

  4. “O primo de Bumlai admite ter

    “O primo de Bumlai admite ter lucrado R$ 800 mil nesse “flip” e relata que Teixeira ganhou cerca de R$ 234 mil em honorários. 

    Moro até ironizou: “O senhor não acha que recebeu 800 mil reais sem fazer nada? Quero um advogado desses pra mim.”  

    O problema para a Lava Jato é que a mudança no depoimento de Glaucos não é trunfo absoluto. A força-tarefa ainda não consegue esclarecer como o primo pode ter usado os R$ 800 mil que recebeu da DAG em dezembro de 2010 para custear a compra do apartamento por R$ 504 mil, realizada quatro meses antes.

    Esse dado consta em relatório da Polícia Federal sobre o caso e na “fórmula matemática” que a equipe de Deltan Dallagnol desenhou e tratou de propagandear na grande mídia como se fosse o mapa da propina a Lula”:

    Nao foi esse evangelico filho da puta que lucrou milhares de reais aas custas do MCMV de DILMA ROUSSEFF?

    No mais, se o judiciario filho da puta desse puto pais ja ilegalizou “flips” mas “flips” continuam legais somente pra evangelicos filhos da puta, porque eh que essa putarada judicialha canalha do Brasil nao o diz em publico?

  5. #

    Daqui a uns 30 ou 40 anos os alunos do Ensino Médio aprenderão sobre o Golpe de 2016.

    Moro, Dallagnol e congêneres figurarão no rol de personalidade infames da nação.

    Dilma será reverenciada como uma heroína duas vezes sacrificada pelos algozes da democracia.

    Lula será lembrado como o grande presidente que o Brasil erroneamente não soube reconduzir ao poder.

  6. Quem é esse Moro
    Quem é esse Moro? A qual interesse ele está servindo? E o MPF e PF? Qual é o verdadeiro papel deles? Agora eu gostaria que a “grande” merda digo mídia se explicasse, pois, como é de praxe condena sem provas e sem criterios, na base do oba-oba. Tudo isso é muito nojento.

  7. ERRO DE DATAS NA MATÉRIA

    Matéria excelente! Mas há uma confusão de datas nesse trecho:

    A notícia veio à tona no dia 7 de setembro de 2016 e foi divulgada pela mídia no dia 08/07/2016 (clique aqui). Okamoto explicou que Lula passou a pagar o aluguel a Glaucos.

    Como a notícia veio à tona em setembro e foi divulgada antes, em julho? E o link é pra uma matéria ainda anterior, de março.

  8. O jornalismo independente exumando e autopsiando a ORCRIM

    Esta série de reportagens demolidoras produzidas pelo GGN e DCM tem mostrado, agoara com farturas de provas jornalísticas, aquilo que milhões de brasileiros já ahavíamos percebido e exposto em comentários: a Fraude a Jato é uma ORCRIM institucional. O sistema judiciário brasileiro foi cooptado pelo alto comando interncional do golpe de Estado e está eivado de ORCRIMs institucinais, sendo a Fraude a Jato a mais acintosa, descarada, abusada e desavergonhada. O uso do monopólio da violência estatal para cometer crimes levou muitos acusados e seus advogados a capitularem ou a aderirem ao jogo criminoso da Fruade Jato, para minimizarem as penas; a senha para impunidade ou redução das penas (por crimes cometidos ou não) é simples: envolver, acusar, levantar suspeitas ou incriminar o PT, a Esquerda, líderes petistas, sobretudo o Ex-Presidente Lula, a Presidenta Dilma Rousseff e Ex-ministros de Estado que serviram aos governos petistas.

    Esse caso envolvendo Glaucos Dacostamarques é escandaloso, pois está evidente e provado que a Fraude a Jato levou um xeque-mate da defesa do Ex-Presidente Lula. Já no dia 13 de setembro isso ficou claro, pois nehuma pergunta sobre o que de fato constava na denúncia – a suposta vantagem indevida que o Ex-Presidente Lula obtivera a partir de contratos da Odebrecht com a Petrobrás – foi feita. O processo original morreu ali e oarquivamento seria o caminho natural. Mas os lavajateiros não admitem perder e cometem abusos, ilegalidades e crimes de forma continuada e contumaz, a fim de comprovar a falsa tese, baseada em falsas premissas. Vaidosos e arrogantes, incapazes de admitir a derrota e o vexame, os lavajateiros desfocaram o processo, apelando para uma relação privada, a de locação de um partamento vzinho áquele em que Lula reside há 19 anos. As ORCRIMs lavajateira e midiática levantaram suspeitas sobre o contrato de aluguel e sobre recibos desses aluguéis. A defesa de Lula deixou as traíras engolirem a isca e deu-lhes corda. No momento adequado esticaram a linha e fisgaram os lavjateiros; na linguagem do xadrez, palicaram xeque-mate. Glaucos Dacostamarques e os lavajateiros que o coagem chantageiam, ameaçam e torturam pscologicamente obrigaram-no a mentir, negando que disseram em depoimentos anteriores. Mas o novo depoimento de Glaucos já foi desmentido cabalmente, por meio de provas apresentadas pela defesa de Lula. Desesperados, os criminosos lavajateiros das aarucárias querem retomar a instrução do processo, coagindo Glucos Dacostamarques a ventrilloquar outro depoimento eleboradopela ORCRIM lavajateiram, para ver se uma versão desses crimnosos de Etado emplaca. 

  9. Da perda de vergonha dos agentes públicos brasileiros
    Nós que somos de uma geração mais antiga damos muito valor a algumas palavras que formaram nosso léxico e nossa semântica. São palavras que nos MOLDARAM, tornaram-se símbolos tanto conscientes como inconscientes em nossa formação. Como todos cometemos erros, uma coisa que nos acostumamos foi sentirmos culpa, ou “vergonha” dos erros mais graves, porque essa era uma das palavras mais usadas por nossos pais, tios, avós….. “Você devia se “ENVERGONHAR” de fazer isso” – nos diziam, ou “Como é que fulano não sente “VERGONHA” por ter feito isso?” – exclamavam, enquanto nos passavam preciosas lições, sobre honra, justiça, verdade, ética…..

    Por mais que a modernidade traga a relativização de certos conceitos, por mais que termos como “ética”, “moral”, “certo”, “errado” tornem-se “aguados” e confusos, não podemos fugir de um fato: princípios civilizatórios, o respeito pelo outro, tudo enfim que permite que uma sociedade, um país sobreviva sem o caos, a barbárie, a lei do mais forte, a lei da selva, essas coisas nos remetem a esses “antigos valores”, uma coisa esquecida, chamada RETIDÃO!

    Uma das heranças PODRES, fétidas, perversas, desconstrutoras do Brasil enquanto nação civilizada, é essa falta de VERGONHA dos agentes públicos do nosso Judiciário e Ministério Público Federal, além da Polícia Federal e Mídia, em todo esse processo, a Lava Jato e todas as ações desses poderes que envolvam Lula, Dilma, e hoje em dia, até “gente comum”, como foi o caso do reitor Cancellier em SC.

    Mentir, eventualmente todos mentimos…. é um dos paradoxos da vida. Tudo desabaria se no meio de nossas verdades, não houvessem as mentiras que nos poupam e aos outros, de constrangimentos, mágoas, sofrimentos. Isso é TOTALMENTE DIFERENTE da construção de uma narrativa FALSA, TODA ELA BASEADA EM MENTIRAS, forçando goela abaixo de uma sociedade enferma, doente de preconceitos, fanatismo e ódios, a distorção consciente da verdade, como se verdade fosse. E esse é o método comum da Lava Jato, que se espraia como uma praga hedionda.

    Não somos “preparados” para isso. A verdade – enquanto sinônimo de representatividade do que é, de fato, REAL…. – é, literalmente, o CHÃO PSÍQUICO que estamos preparados para caminhar, nossa mente se FRAGMENTA se esse chão é substituído sistematicamente, pela ficção, pela farsa, pela pantomima, pelo caricato…..

    É a quebra de paradigmas elementares, tanto de cada indivíduo, quanto da coletividade que formamos, a soma de todos, ou a soma de cada um de nós. O ambiente criado pelo “mundo-matrix” gera uma espécie de “esquizofrenia social”, onde a representação farsesca da realidade, passa a se impor como realidade. A mente humana não resiste a tal violência….

    Por isso, são criminosos, tornam-se ordinários, desprovidos daquela antiga VERGONHA, que falavam nossos avós, esses agentes públicos. Tornam-se o CÂNCER MALIGNO destruidor do corpo social que formamos.

    A farsa do triplex, a farsa do sítio, a farsa do cachorro “assassinado por Dilma”, e agora, a farsa do apartamento que “pertence a Lula”, mesmo diante de provas irrefutáveis, de que nada mais é que uma transação pequena, mequetrefe, de um mero aluguel, com os recibos apresentados. Como, transformas essa banalidade, esse NADA, em crime??? Só num país que perdeu a VERGONHA, a sanidade, a civilidade mais primária, perdeu sua capacidade mínima de funcionalidade normal, é um país mergulhado no ridículo, no nonsense, a ponto de nossa mentes não poderem mais suportar esse nível de imbecilidade, de imoralidade, de absurdo!

    Todo aquele que, ocupando um cargo com autoridade para barrar esse tipo de ação continuada, não o faz, enlameia-se junto, por omissão cúmplice.

    E a sociedade que assiste a tanto horror fingindo que nada vê, vai além de covarde, está enferma, moral, intelectual e existencialmente enferma.

    Moro, Dallagnol, Janot, demais procuradores da Lava Jato, ministros do Supremo, omissos, covardes, toda essa gente, humilham o Brasil, com sua inacreditável perda de VERGONHA. São indignos como pessoas, indignos da responsabilidade inerente aos cargos que ocupam. Merecem a execração que a História lhes reserva.

  10. Será que na Itália uma

    Será que na Itália uma parcela dos bandidos recebeu proteção como está acontecendo com a lava jato ? Pois nao lógica a justiça deixar de investigar ou fazer vista grossa para qualquer espécie de crime só porque seu objetivo é alvo específico (Lula). Será que a turma da operação engana jato não leu o Ateneu? Leu, doutor Moro? 

  11. O judiciário foi auxiliar do

    O judiciário foi auxiliar do golpe de estado, agora, trabalha para tirar Lula das eleições 2018.

     

  12. Fascistas amarelos traidores do Brasil

    O Almirante Othon e o Presidente Lula são vítimas de um sistema judiciário a serviço dos EUA.

    O Hino da Independência é uma farsa ?

    ” Brava gente brasileira!
    Longe vá… temor servil:
    Ou ficar a pátria livre
    Ou morrer pelo Brasil “

     

  13. A Lava Jato propõe a delator trocar o pescoço do filho pelo de L

    GGN, DCM e O Cafezinho estão procedendo a demolição controlada da Lava Jato & Associados. não restará pedra sobre pedra. em todos os níveis tudo virá abaixo, até que se atingir o Deep State que formulou, financia e comanda a Batalha do Brasil, travada no epicentro de uma Guerra Híbrida Mundial.

    de tudo aquilo que o PGR até o momento se esquivou de fazer, grande parte está sendo conduzida pela força tarefa da blogosfera da resistência contra o Golpe de 2016.

    as informações já divulgadas são mais do que suficientes para um imediato afastamento e prisão preventiva da Republiqueta de Curitiba.

    isto e mais as acusações sobre o governo usurpador, rejeitado por exatos 99% dos brasileiros, configuram um quadro no qual se impõe:

    – a nulidade do impeachment;

    – a revogação de todos os atos e contratos do governo golpista;

    – a punição de todos os responsáveis pelo golpe.

    então cabe indagar? por que ainda não aconteceu?  afinal, quem deu este golpe?

    quem deu o golpe não foi a manada de patos amarelos, estes apenas a massa de manobra para legitimar o “clamor das ruas”;

    tampouco foi o PSDB e o PMDB, estes apenas seus operadores políticos;

    nem mesmo a Republiqueta de Curitiba, estes seus operadores jurídicos;

    também não foi a Globo, esta sua principal agência de psi-op, encarregada de conquistar corações e mentes.

    o golpe foi dados pelos grandes empresários brasileiros, associados aos mega interesses transnacionais.

    Guinle, Simonsen, Klabin, Lafer, Gerdau, Bouças, Marinhos, Camargo Corrêa, Andrade Gutierrez, Mendes Júnior, Odebrecht, Moreira Salles, Setúbal, Villela, Sarney, Lemann, Armínio Fraga, Goldfajn, Safra, Steinbruch, Henrique Meirelles…

    exatamente o 1% que ainda apoia Temer.

    qual entidade empresarial, ou mesmo um único grande empresário brasileiro, que já se manifestou contra o desmonte do Brasil?

    exatamente o 1% que enriqueceu e mantém sua fortuna mamando nas tetas dos recursos públicos, enquanto pregam o Estado mínimo para os demais.

    são os legítimos herdeiros dos primeiros “empresários” que aqui aportaram para pilhar e saquear. desde a madeira e o ouro e diamantes. escravizando os povos originários e sem qualquer intenção em desenvolver a sociedade.

    o desGoverno Temer é o governo que mais representa os Donos do Dinheiro no Brasil: uma lumpenburguesia que vê o Povo sob a ótica da escravidão e a Nação da perspectiva de colônia.

    vida longa à blogosfera unida. que a força esteja entre todos nós. 

    .

    • Caro Arkx,
      Em uma terra
      Caro Arkx,
      Em uma terra distante de Pindorama, era mais do óbvia a necessidade de detetar e punir os abusos/estupro daquilo que os falsos moralistas hoje clamam de Estado de Direito. Essa vergonha na cara não existe, ppis há uma manada ungida pelo Direito divino comandado a partir dos porões de Washington, o que by the way, é chique (ou cool). Portanto, força à blogosfera consciente. A história irá reservar um lugar para ambos, embora desejo que o presente seja mais justo e reparativo.

      • A Lava Jato propõe a delator trocar o pescoço do filho pelo de L

        -> ppis há uma manada ungida pelo Direito divino comandado a partir dos porões de Washington, o que by the way, é chique (ou cool).

        sem compreender quem é nosso inimigo principal, jamais o Golpe de 2016 será derrotado.

        é preciso nomear com definição e determinação. para que todos saibam, de uma vez por todas.

        nosso inimigo principal não é a Globo, a “classe média”, os patos amarelos, o PSDB e o PMDB, etc…

        nosso inimigo principal é a lumpenburguesia brasileira. o inimigo interno sempre sabotando e traindo o Brasil e sua população.

        .

  14. Eu não vejo essa perseguição
    Eu não vejo essa perseguição contra a política brasileira, ou contra o PT, que tanta gente fala.

    Lula, foi condenado mas tá livre

    Maluf, foi condenado pelo STF e continua solto, inclusive ainda é deputado haha

    Dirceu, condenado e solto

    Temer e seus ministros, continuam lá e as denúncias contra eles já foram para o brejo

    Rocha Loures, da mala de dinheiro está em casa

    Dilma, apesar de todo o envolvimento com a Petrobras, não foi denunciada pela lava jato e ainda saiu com fama de vítima

    Aécio, continua senador e a denúncia contra ele parece ser mais uma que vai mofar

    Deicídio, fez delação e tá curtindo a vida

    Renan, é o campeão dos inquéritos e denúncias, mas continua senador

    Collor, idem

    Lobão, idem

    Etc

    • Ave Maria!

      Nem vou comentar, só posso dizer uma coisa sobre os escritos desse tucano que usa o apelido de “rofer”. “Mano, tu és mais imbecil do que um jumento dando coices no vento!”

  15. Para que Sérgio Moro e os

    Para que Sérgio Moro e os membros do MPF de Curitiba – que tanto amam o sistema norte americno de justiça – não se esaueçam:

    https://www.conjur.com.br/2017-nov-13/justica-york-notificara-promotores-dever-profissional

    Justiça de Nova York notificará promotores sobre deveres profissionais

    13/11/2017

    A partir de 1º de janeiro, todos os juízes do sistema criminal do estado de Nova York terão de entregar uma notificação aos promotores e advogados, antes de cada julgamento, lembrando-os de suas responsabilidades profissionais. A principal delas é dirigida aos PROMOTORES: eles devem levar ao conhecimento da defesa todas as informações e provas em seu poder que possam favorecer o réu no julgamento.

    Não é que os promotores (e os advogados) não conheçam suas obrigações profissionais. É que eles, digamos, se “esquecem” delas, quando é conveniente. Isto é, quando ganhar uma causa se torna mais importante para eles do que certas regras processuais.

    Há mais de 50 anos, a Suprema Corte decidiu, no caso BRADY versus MARYLAND, que promotores devem entregar à defesa todas as provas e informações favoráveis à defesa do réu. Isso inclui [1] informações que contraditam a credibilidade de testemunhas da acusação, [2] absolvem o réu ou [3] reduzem a dificuldade da defesa ou [4] ainda atenuam o grau de culpa do réu ou a sua punição.

    As violações a essa regra, chamadas de “BRADY VIOLATIONS”, se encaixam no processo de discovery, em que a defesa e a acusação se encontram, antes do julgamento, e apresentam tudo o que sabem e o que têm sobre o caso – provas, fatos, testemunhos, perícias, etc.

    É um processo do sistema criminal americano que aparentemente funciona, porque 95% DOS CASOS CRIMINAIS SEQUER VÃO A JULGAMENTO. Em vista das provas e tudo o mais, ou o promotor desiste de processar o réu ou a defesa reconhece que a acusação está bem fundamentada para ganhar o caso e aceita um acordo proposto pela promotoria: uma pena menor em troca de uma confissão e da extinção do processo, antes que vá julgamento. Mas o acordo tem de ser aprovado pelo juiz.

    Alguns estudos indicam que apenas 5% dos casos criminais vão a julgamento nos EUA. Outros, apenas 2%. O restante termina em acordos entre a acusação e a defesa.

    Embora pareça óbvio que os promotores devem cumprir a regra que se baseia em preceitos constitucionais e em decisão da Suprema Corte, o problema não é assim tão simples. Uma das razões para isso é a de que o promotor deve ser eleito pelo povo de seu condado. Em uma sociedade punitivista, como é a americana, o promotor que condena muito é um sucesso, o que condena pouco é um fracasso.

    Além disso, o cargo de promotor nos EUA é uma ponte eficaz para promotores que querem se eleger para cargos políticos no Legislativo e no Executivo. Só é preciso ser bem-sucedido na missão de retirar as ovelhas negras do convívio social e ganhar certa publicidade – nada que contrarie a natureza humana – para um promotor ser um bom candidato.

    Os ADVOGADOS, por sua vez, serão notificados de que devem fazer uma defesa competente de seu cliente, em oposição a uma defesa irresponsável. Ele deve manter o cliente informado sobre o caso, aconselhar o cliente sobre as ofertas de acordo do promotor e recomendar a melhor decisão, investigar os fatos, as provas e a legislação pertinente ao caso, etc. Uma cópia de tal notificação é entregue ao réu.

    Justificativa
As novas regras foram emitidas pelo Sistema Unificado das Cortes do Estado de Nova York. Parecem, à primeira vista, que “atacam” os promotores. Mas as regras tentam conter inúmeros casos de erro judicial, que custam ao estado milhões de dólares em indenizações, quando a inocência de um encarcerado é provada mais tarde e se descobre que promotores esconderam provas, testemunhos ou fatos que poderiam ter absolvido o réu.

    O estudo que originou a ordem judicial foi feito por um força-tarefa composta por membros da Associação de Promotores Distritais e advogados de organizações e assistência judiciária. A missão da força-tarefa foi a de propor medidas para reduzir os custosos erros judiciais. Como efeito colateral, também resulta na redução dos custos de manutenção de prisioneiros do estado.

    Para evitar maus entendimentos, a ordem judicial esclarece que as novas regras, que não mudam a legislação existente, têm o objetivo de disponibilizar um mecanismo para educar promotores e advogados de defesa inexperientes e de não deixar os experientes se esquecerem de seus deveres constitucionais e éticos.

    Revista Consultor Jurídico, 13 de novembro de 2017, 7p1

     

  16. Até onde irão

    O que sera que impede ao STF de desmembrar a Lava Jato e retirar o processo de Lula das mãos de seu algoz? Sera que é o medo da velha imprensa? Das ruas? Ou sera que eles sabem que por tras de Sergio Moro e procuradores, tem os interesses do Departamento de Justiça dos Estados Unidos? 

    Se fosse o caso de uma pericia na operação Lava Jato e, mais especificamente, os processos contra Vaccari, Dirceu e Lula, não sobra nada. São construções vazias em cima, principalmente, de delações forjadas. A Lava Jato representa o fim dos Direitos e das Garantias fundamentais.

  17. Já disse isto há um bom

    Já disse isto há um bom tempo: estamos sofrendo uma guerra assimétrica, que visa recolonizar o país ao novo império de plantão. O dólar está sob severo ataque no mundo e se cair o último bastião de sustentação do petro-dólar, a moeda despencará em valor e a inflação nos EUA vai explodir. Não tendo mais suas manufaturas, sua mão de obra emburrecida pelo hedonismo e vagabundagem e sem recursos para importar mercadorias e serviços, o que restará à sociedade norte- americana?

    Observem, com atenção, o que está ocorrendo na Arábia Saudita!

  18. Eu, eu, eu…

    Sérgio Moro se fu… deu de tudo para ser membro do “clube”, virou até maçon de honra. Mas o “clube” está certo de que nunca admitirá o juiz para algo além do que, digamos, atleta militante. Sabe aquele que tem direito a um misto-quente e uma coca-cola depois do treino? E não pode ir na piscina?

    Bem, o moço já tinha estragado sua carreira lá atrás, no Banestado. Mas agora até a família dele está comprometida pelos imbróglios do PSDB do Paraná, APAEs, advocacias para lá de estranhas… Ele não poderia, caso quisesse continuar no Brasil, ter posto a bunda na janela desse jeito. Certamente seus descententes – se os tiver – vão encontrar muita dificuldade em frequentar rodas mais, digamos, arejadas. Miami e o resto daquele estrangeiro pode ser alternativa. Mas mesmo os EUA já não são os mesmos…

    Deveria ter pratica do Direito direito, mas desde o início. Como diria o Lobo Solitário, o juiz trilha o caminho do Meifumado…

  19. Nassif, por que meu

    Nassif, por que meu comentário não foi publicado? Minha linha de raciocínio não está correta?

  20. Conclusão da conclusão:

    Conclusão da conclusão: estamos lidando com bandidos travestidos de juiz, promotores, policiais federais e outros agentes da alta burocracia estatal golpista. Prevaricaram em relação aos dados que o GGN e o DCM apuraram, estão dispostos a salvar uma quadrilha de lavagem de dinheiro, desde que ela colabore para a narrativa principal que leva à condenação do ex-presidente Lula, mesm sem prova alguma contra ele. Claramente para interferir na vida política do país, comprometendo de morte a democracia – ou o que resta dela- e servindo aos piores interesses, sempre contra o povo brasileiro.

    Até quando vamos tolerar isso? O resultado da novela CIA-Globo-Lava-jato e afins foi a destruição dos setores estratégicos da economia, a derrubada de uma presidenta honesta e a instalação de um governo fantoche de bandidos, prontos para servir aos donos do PIB do Brasil e do mundo, anulando as conquistas sociais, trabalhistas e previdenciárias, entregando o pré-sal, a Amazônia, as hidrelétricas, a Petrobras; anulando as garantias constitucionais e impedindo que a esquerda volte ao poder. São muitos os crimes cometidos por essa gangue blindada e protegida pela mídia golpista.

  21. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome