MPF denuncia Graça Foster e Mantega pelo não aumento do preço dos combustíveis

Foto: Agência Brasil
 
 
 
Jornal GGN – O Ministério Público Federal denunciou a ex-presidente da Petrobras, Graça Foster, e o ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega, por improbidade administrativa. Segundo o MPF, os dois devem ser responsabilizados por terem conduzido a política de preços da gasolina e do diesel com o fim de controlar a inflação, entre 2013 e 2014, o que teria supostamente causada prejuízo à Petrobras. 
 
De acordo com reportagem do portal Infomoney desta quinta (7), os procuradores ainda afirmaram que o objetivo da medida adotada pela Petrobras era favorecer Dilma Rousseff (PT) na eleição de 2014 evitando uma alta no preço dos combustíveis. A reportagem não informa o valor do suposto prejuízo.
 
“Como se demonstrará na presente demanda, o desvio de finalidade verificado, de forma intencional, na política de preços de combustíveis da Petrobras, mediante a orientação da Companhia de maneira contrária ao próprio interesse desta, configura ato de improbidade administrativa por parte de seus administradores, hábil a autorizar a aplicação das sanções previstas na Lei nº 8.429/1992 em desfavor dos responsáveis , bem como abuso do poder controlador, que legitima o ressarcimento dos prejuízos causados à empresa”, afirmam os procuradores.
 
Além de Graça Foster e Mantega, o MPF denunciou na mesma ação a ex-ministra Miriam Belchior do Planejamento, o ex-presidente do BNDES, Luciano Coutinho, José Maria Rangel e Marcio Pereira Zimmermann. Todos teriam feito parte do Conselho de Administração da Petrobras a época dos fatos.
 
Na visão do MPF, os conselheiros, principalmente os que foram indicados pelo governo, não apresentaram nenhum ponto positivo para a Petrobras com a decisão de não aumentar os preços dos combustíveis.
 
Os procuradores disseram que o Conselho, na verdade, atuava de acordo com os interesses do governo Dilma, que tentava segurar o preço dos combustíveis “tendo em vista as eleições presidenciais de 2014.”

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  TRF-1 derruba afastamento de diretores da ANEEL e da ONS

27 comentários

  1. Mais nem pensar em denunciar

    Mais nem pensar em denunciar FHC por ter mantido o cambio fixo para sua releição (comprada)…..foi uma barbaridade sem tamanho….pergunto, quanto que isto custou ao Brasil? Beneficiou a maioria da população? 

  2. Cuidado!

    Cuidado, você pode ser denunciado pelo MPF a qualquer momento, pouco importa se tem razões de natureza jurídica ou não, fica a gosto do MPF, se ele for com sua cara muito que bem, se não pau em cima.

    A porteira está aberta e por ela está passando de tudo, lobisomem, currupira, zumbis, de tudo. O MPF se acha o baluarte da moralidade anticorrupção, são os purificados expurgando os “demônios” do povo brasileiro.

  3. Bravos procuradores! Chego a

    Bravos procuradores! Chego a ficar emocionada.  Pena que não tenha o nome deles na matéria para que eu possa informa-los da venda das reservas do pré sal a um centavo o litro de petróleo. Depois de todo investimento no pré sal essa venda também vai gerar prejuizo para a Petrobrás, procuradores do meu Brasil varonil que esta indo para a puta que pariu com esses fascistas brincanco de fazer política.

  4. Salvador Dalí

    Estivesse vivo, Salvador Dalí viria ao Brasil aprender o que realmente é surrealismo, amador que era no assunto comparado ao MPF brasileiro.

  5. E estao mentindo

    E estao mentindo descaradamente: A Petrobras NUNCA teve tanto dinheiro e leverage nacional e internacional quanto teve nos governos de Lula e Dilma.

    NUNCA.

  6. Golpismo galopante

    Querem prender Cristina, na Argentina; Lula, no Brasil; Querem derrubar Maduro, na Venezuela. Certamente atacarao os governos de Evo morales e de todos os políticos progressistas da Amértica Latina. As prostitutas instituições dos países latino-americanos, tais como polícia federal, ministério público, supremos tribunais e o judiciário em todas as instãncias, estão claramente atuando de forma subordinada ao poder judiciário norte americano, para transformar a América Latina num reles quintal do EUA. Esses funcionários públicos elitistas e estúpidos, pagos pelo povo, estão agindo contra os interesses nacionais de seus países e contra seus povos. Se acham seres predestinados, feitos de uma matéria diferente daquela de que são feritos todos os mortais. Não percebem, do alto de sua colossal estupidez, que estão atirando nos próprios pés, pois uma nação empobrecida, colonizada, terá certamente que cortar drasticamente os salários desses tolos que se julgam tão espertos. São desprezíveis traidores da pátria que jogam no lixo da história o futuro de seus próprios filhos!

    • Au au

      Pouquíssimos merecem o nosso respeito, o resto é resto e lixo podre. Esses vira latas e anti patriotas  imbecis com diploma de terçeiro grau,  que sabe-se lá como conseguiram passar em um concurso público e ser  “nomeado”, envergonham toda uma nação perante o mundo. Babacas deslumbrados com a matriz deles, fingem não ter conhecimento que  se atuassem lá, a corda ruiria bem mais embaixo.

  7. Não! Me recuso, a acreditar

    Não! Me recuso, a acreditar que estes fdp do mpf de merda, cometeram mais essa estultícia.

    Não é possível que paguemos uma furtuna para manter um bando de verdadeiros celerados, cometer tantas barbaridades, uma após outra e, continuarem impunes. PqP! Onde estão as autoridades com espírito público e  responsabilidades para nos responder por essa bandalheira?

    Esse pessoal tá é debochando da gente. Isso vai terminar dando merda….olhe só!

    Orlando

  8. denunciada por investir em refinarias

    denunciada por não ter feito o preço disparar, como acontece hoje, principalmente com o gás de cozinha

    denunciada por trabalhar bem e para o Brasil

    denunciada por não querer prejudicar o consumidor brasileiro

     

    e ainda há os que acreditam que quem denuncia não trabalha pra fora

  9. o mpf

    não se cansa de passar vergonha.

    aguardando ansioso qual será a proxima estupidez 

    Quem sabe investigar e provar que a terra é plana. Seria um sucesso mundial

  10. Gestao estratégica com responsabilidade social

    A sanha punitivista em criminalizar atos de governo tornou procuradores da republica num cancer para a Petrobras e nao darao treguas ate reduzirem a pó uma das maiores empresas de petroleo do mundo junto com o futuro de uma nação.

    Tamanha tolice nao pode ser explicada a nao ser pelo apoio cego ao atual presidente da empresa e sua nova politica de mercado com aumentos diarios de preços dos combustiveis e gas de cozinha. 

    A cegueira dos procuradores é tamanha que nao se importam se a população usara lenha para cozinhar pois nao consideram energia um setor estrategico numa economia continental que depende do petroleo para movimentar a sua produção.

    Completos ignorantes em economia nao levam em consideração que aumentar preços agora ira produzir impactos nefastos no pais inteiro com estagnação economica e aumento generalizado de preços para repassar os custos em alta de combustiveis e querem atuar para criminalizar atos de gestao estrategica para o pais. Na cabeça de um procurador se o preço internacional do Petroleo for a U$150,00 o barril como foi no periodo Dilma  deveriamos triplicar o preço dos combustiveis na bomba  para nao dar prejuizo aos acionistas e ao mercado? Como é que conseguem ser tao mediocres?

    Atacam violentamente a cadeia de Oleo e Gas, produzem desempregos diretos como resultado das suas açoes na desefa da utopia que as petroleiras estrangeiras virao aqui retirar petroleo bruto, refinar lá fora e trazer de volta combustvel mais barato que a Petrobras que tem custo de produção em aguas profundas um terço das demais concorrentes e usa tecnologia propria. Nessa linha de raciocinio a decisao de comprar componentes nacionais para promover o mercado interno e criar milhares de empregos ainda que por um preço maior tambem sera considerado crime como por esses ineptos?

    Quando a democracia retornar serão todos condenados por traição a patria por promoverem a destruição de setor estrategico e de segurança nacional.

  11. O pior ou mais grave nem é a

    O pior ou mais grave nem é a iniciativa dos procuradores-patetas-fanáticos-exibicionistas, é sabermos que encontrarão guarida de algum juiz semelhante a eles, e o apoio da mídia, nesse país dos absurdos que viramos.

    Cabe nesse post a mesma pergunta que o Nassif fez no outro: “Raquel, porque te calas?”

    Pobre Brasil…….

  12. Se intervir na economia é crime, o Plano Real é terrorismo!

    Isso é ótimo gente! Abre precedente para processar o Estado pelos juros estratorsféricos.

    Se intervir na economia é crime… o Banco Central será o primeiro a cair!!! 

    O que dizer do Plano Real, enquanto ainda estava vivo… com sua dolarização maquiada… o câmbio fixo… 

    Se estabilizar o preço da gasolina para combater a inflação é crime… imagina subir os juros?!?! 

    NÃO HÁ MAIS DEGRAIS A SEREM DESCIDOS!!!

    SOMOS UM BANDO DE IDIOTAS!!! ESSE PAÍS É LIDERADO POR RETARDADOS MENTAIS QUE NÃO SABEM ABSOLUTAMENTE NADA SOBRE ECONOMIA!!!

     

  13. Isso mostra o quanto

    os golpistas estão a vontade e o Lulinha paz e amor ainda acredita que vai voltar ao poder. O Lulinha paz e amor será preso e será torturado e não vai acontecer nada porque os golpistas estão a vontade.  

  14. politica de preços da Petrobras
    A Petrobras estabelecia uma média de preço por período de ano a 2 anos, em momentos o preço estava acima do preço de mercado, vezes estava abaixo do preço de mercado, no final os preços de se equiparavam. Mas o mp nunca abriu ação quando os preços estavam acima é um desrespeito com a sociedade esse tal ministério público.

  15. Supostamente causou prejuízo à Petrobras.

    Abdicar da arrecadação de 40 bilhões de reais  por ano, por isenção, não é prejuízo suposto. e sim de fato, à nação.Tá na MP aprovada.

  16. MMF

    Depois dessa palhaçada dos analfabetos funcionais concurseiros, só resta mudar o  P de Público do MPF para  M de Mercado. A quem interessaria o aumento desenfreado dos preços dos produtos da Petrobrás? Claro, aos acionistas minoritários, reunidos no mercado. O governo, representando o acionista majoritário, a União, tinha mesmo era que controlar os preços, em benefício da economia do país e de seu povo. Justamente o contrário do que faz o atual e a direção  da empresa, que colocam os interesses do mercado acima dos do país, como defendem os concurseiros. Haja leviandade. E certamente encontrarão “juiz” para aceitar a  absurda denúncia, já que a “justiça” virou partido político. Sem voto.

  17. Criminalização do preço administrado?

    Essa não tenho certeza. Durante a ditadura, houve uma dentre tantas encenações de Édipo Rei. Só que, numa delas, é famosa a presença de um censor querendo prender o autor…

    O Judiciário está indo além. Sabedores que são de política energética, acharam um ovo cúbico.

  18. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome