Petrobras fecha acordo de R$ 3,4 bi para encerrar investigações nos EUA

Mesmo reconhecendo situação de vítima da companhia, DOJ e SEC multam Petrobras e 80% do valor será do MPF 
 
Foto: Agência Brasil
 
Jornal GGN – A Petrobras divulgou nesta quinta-feira (27) que aceitou acordos com as autoridades norte-americanas Departamento de Justiça (DOJ) e Securities & Exchange Commission (SEC) para encerrar as investigações contra a companhia naquele país, fruto da Operação Lava Jato, de crimes de corrupção levantados entre 2003 a 2012. 
 
Apesar dos acordos reconhecerem a situação de vítima da Petrobras, estabelecem multas que totalizam US$ 853 milhões (R$ 3,4 bilhões). Deste total, US$ 85,3 milhões serão pagos à DOJ e US$ 85,3 à SEC. Os 80% restantes, equivalentes a US$ 682,6 milhões, serão depositados em uma conta do Ministério Público Federal, voltados “à promoção da transparência, cidadania e conformidade no setor público”, disse a Petrobras em nota em relação aos valores pagos a autoridade brasileira.
 
O acordo anunciado hoje também revela que a SEC, equivalente à Comissão de Valores Mobiliários, só que dos Estados Unidos, multou a Petrobras em mais US$ 933 milhões (R$ 3,8 bilhões). A defesa da companhia brasileira conseguiu que esse valor seja descontado dos US$ 2,9 bilhões (cerca de R$ 10 bilhões) em multas que aceitou para fechar uma ação coletiva dos Estados Unidos (“class action”), em junho deste ano. 
 
Para fazer frente ao impacto que o acordo causará no caixa da companhia, a empresa completou no comunicado que já recuperou R$ 2,5 bilhões a título de ressarcimento no Brasil. Ainda assim, bem distantes dos quase R$ 14 bilhões de prejuízos com multas contabilizados até agora, lembrando que a empresa enfrenta mais um processo movido por ação coletiva de investidores brasileiros na Holanda, aberta há uma semana.
 
A Petrobras explica que a negociação com a DOJ foi possível porque a companhia se responsabiliza pelos atos cometidos por ex-executivos e diretores. A resolução com a SEC, seguiu os mesmos moldes e limita o reconhecimento da companhia quanto aos fatos constantes do acordo com o DOJ.
 
“Os acordos com o DOJ e a SEC reconhecem as evoluções no programa de conformidade, controles internos e procedimentos anticorrupção da Petrobras. A companhia concordou em continuar avaliando e aprimorando essas medidas”, completa a companhia. 
 

13 comentários

  1. “Apesar dos acordos

    “Apesar dos acordos reconhecerem a situação de vítima da Petrobras, estabelecem multas que totalizam US$ 853 milhões (R$ 3,4 bilhões). Deste total, US$ 85,3 milhões serão pagos à DOJ e US$ 85,3 à SEC. Os 80% restantes, equivalentes a US$ 682,6 milhões, serão depositados em uma conta do Ministério Público Federal, voltados “à promoção da transparência, cidadania e conformidade no setor público”, disse a Petrobras em nota em relação aos valores pagos a autoridade brasileira.”

    Agora vocês sabem quanto os “promotores” ganharam para traírem o próprio país. Bela jogada dos cabeças-brancas, subornar o judiciário brasileiro sem precisar gastar um único centavo do próprio bolso.

  2. 15 bilhões de Reais

    A grosso modo é o que a Petrobras aceitou pagar só nos EUA. (falta a Zoropa e o resto do mundo!).

    Perguntinhas: Terá valido a pena para o Brasil a efêmera euforia de fegacê de vender ações da estatal estratégica na bolsa de Nova Yorque? O que explica a valorização de 4, 90 % até aqui, só no dia que é divulgada mais esta tungada no caixa da empresa? Quanto terá sido obtido para o pais com a alienação dos ativos da Petrobras? Quem deu origem à esta sangria em multas e acordos foi sejumoro, a conta do dinheiro por ele recuperado é positiva? Vão cobrar do juiz caso dê negativo? Já prenderam o ÇERRA45? Na tenebrosa dupla Parente/Temer não vai nada? O Mico, caso eleito, vai mandar prender e torturar? O que dirá o assessor para assuntos militares? O pessoal da lojinha concorda?  

  3.  Estes sim. Além de

     Estes sim. Além de golpistas, são ladrões, intreguistas e traidores do Brasil. Espero para estes canalhas, terminarem seus dias vitimados por um severo cancer num Hospital de Miami USA.

    Orlando

  4. Imaginação do Imaginável Possível e Provável

    Nassif: voce sabe que dou uma de “mineiro” no caso das minhas fontes. Os passarinhos cantam e eu sõ escuto. Um deles bateu pra mim que essa de “acordo” com os gringos foi mais uma do bando PSBD/DEM/PPS/(P)MDB+Detritos. A Sinfonia está orquestrada por HaluisimOdebrecht, com solo daquele Pedro (parente do Capeta). Na contraregra, o Príncipe de Paris e o Carcamano da Moóca, atraves das Mônicas. E na Plateia, o Mordomo de Filme de Terreor e o restro da catrefa. Dvem seguir o mesmo trajeto da Telefonia, com graninha em algum outro ParaísoFiscal, que Cahimã ficou manjado. Se que o valor será de 20%, pois desta vez o botim vai ser repartido por mais facínoras. Imagine o montante sobre US 3,4 bi. Fica em torno de US 680 mi para repartir. Tá certo que serão em maior número, mas vai dar prumas 3 eleições.

  5. A realidade e o Pândego Drummond

    A MÃO SUJA

     

    Minha mão está suja.
    Preciso cortá-la.
    Não adianta lavar.
    A água está podre.
    Nem ensaboar.
    O sabão é ruim.
    A mão está suja,
    suja há muitos anos.

    A princípio oculta
    no bolso da calça,
    quem o saberia?
    Gente me chamava
    na ponta do gesto.
    Eu seguia, duro.
    A mão escondida
    no corpo espalhava
    seu escuro rastro.

    E vi que era igual
    usá-la ou guardá-la.
    O nojo era um só.

    Ai, quantas noites
    no fundo de casa
    lavei essa mão,
    poli-a, escovei-a.
    Cristal ou diamante,
    por maior contraste,
    quisera torná-la,
    ou mesmo, por fim,
    uma simples mão branca,
    não limpa de homem,
    que se pode pegar
    e levar à boca
    ou prender à nossa
    num desses momentos
    em que dois se confessam
    sem dizer palavra…
    A mão incurável
    abre dedos sujos.

    Eu era um sujo vil,
    não sujo de terra,
    sujo de carvão,
    casca de ferida,
    suor na camisa
    de quem trabalhou.
    Era um triste sujo
    feito de doença
    e de mortal desgosto
    na pele enfarada.
    Não era sujo preto
    – o preto tão puro
    numa coisa branca.
    Era sujo pardo,
    pardo, tardo, cardo.

    Inútil reter
    a ignóbil mão suja
    posta sobre a mesa.
    Depressa, cortá-la,
    fazê-la em pedaços
    e jogá-la ao mar!
    Com o tempo, a esperança
    e seus maquinismos,
    outra mão virá
    pura – transparente –
    colar-se a meu braço.

  6. ENTÃO SOBROU 36% da PETROBRÁS SENDO ESSENCIALMENTE BRASILEIRA

    E os Abutres e Carcaras roendo o que é possível do restante da carcaça que restou. Principalmente Abutres e Carcaras do Estado Brasileiro, justamente a força que deveria proteger tamanho Patrimônio Nacional. Mas lembremos dos nosso erros. Tudo gente escolhida por Nós em Eleições e Governos Redemocrátcos. Juravam a total luta pela Defesa da Soberania e Povo Brasileiro. Nunca mais a exploração aceita e submissão a Interesses Estrangeiros por Governos Militares, diziam. Interessante que os mesmo Governos Militares que entregaram esta fantástica, fenomenal Petrobrás sendo 100% NACIONAL, até a chegada de Governos dito Progressistas, Socializantes, Democráticos dos anos de 1990. Conheceis a Verdade. E a Verdade Vos Libertará. (P.S. E corram em conhecer a Verdade, a Petrobrás, A Vale do Rio Doce, a Embraer, a Eletrobrás, a Amazônia,…porque daqui uns dias não estarão mais nas nossas mãos)  

  7. Isso significa que a dotação

    Isso significa que a dotação do estado brasileiro para o MPF pode ser diminuída em R$ 2,7 bilhões, mais ou menos a metade do que essa repartição pública nos custaria num ano.

    Bah! E ainda há brasileiro que tem dúvida sobre serem os EUA um país inimigo do nosso país… Vai ver, tem até brasileiro que fica contente quando vê os EUA nos prejudicarem.

    “Tem que nos fuder mesmo!”

  8. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome