Política ambiental de Bolsonaro é denunciada em Haia

A iniciativa é liderada pelo grupo All Rise e tem como lema "O planeta contra Bolsonaro". Esta é a sexta denúncia contra Bolsonaro no TPI

Foto: Marcos Corrêa/PR

Jornal GGN – Entidades da luta pelo meio ambiente, cientistas e ex-juízes apresentam nesta terça-feira, 12, à procuradoria do Tribunal Penal Internacional (TPI), com sede em Haia, mais uma denúncia contra Jair Bolsonaro (sem partido) por crimes contra a humanidade. Esta, no entanto, é a primeira queixa sobre a política ambiental de sua gestão. 

A iniciativa é liderada pelo grupo All Rise e tem como lema “O planeta contra Bolsonaro”. O documento conta 300 páginas, sendo 200 delas compostas por argumentos legais e cem outras com dados científicos, sobre os danos causados ao meio ambiente desde o início do governo Bolsonaro, informou o colunista Jamil Chade, no Uol. 

Com apenas R$ 10 você pode ajudar o jornalismo independente do GGN. Clique aqui e saiba mais

“No caso histórico ‘Planeta vs. Bolsonaro’, a entidade alega que as ações de Bolsonaro e seu governo são um ataque amplo e sistemático à Amazônia, suas dependências e seus defensores, e que resultam não só na perseguição, assassinato e sofrimento desumano de milhões de pessoas na região, mas também no mundo inteiro”, apontam os autores. 

Essa é a sexta denúncia contra Bolsonaro no TPI. Agora, caberá à procuradoria avaliar se a denúncia é válida e posteriormente abrir um processo preliminar de investigação.

Redação

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. “Bozó” assassino sabotador descumpridor da CF/88 inconsequente irresponsável deixou de comprar Vacinas matando milhares de brasileiros fora e cadeia já ao criminoso “Bozó”.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador