“Sem coloração política”, diz Gilmar sobre seminário com FHC, Aécio e Dória

Foto: Elza Fiúza/ Agência Brasil
 
Jornal GGN – O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, convidou para o seu seminário jurídico em Portugal, dos dias 18 a 20 de abril, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), o prefeito de São Paulo, João Dória (PSDB), o senador e ex-governador mineiro Antonio Anastasia (PSDB) e o senador Aécio Neves (PSDB). Aécio não poderá comparecer.
 
“É um evento plural, sem coloração política dos participantes brasileiros e portugueses”, disse Gilmar.
 
O evento é organizado pelo Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP), do ministro do STF Gilmar Mendes e será realizado em Portugal com o tema “Constituição e Governança”. A abertura do seminário, que no último ano foi feita pelo atual mandatário Michel Temer, este ano ficará a cargo de FHC.
 
No ano passado, no ápice das discussões do impeachment contra Dilma Rousseff, Temer usou a abertura do evento para elogiar o Poder Judiciário e as privatizações da década de 1990, realizadas durante o governo de Fernan Henrique Cardoso.
 
Este ano, o seminário ocorre em meio ao julgamento de cassação da chapa presidencial de 2014, contra Dilma Rousseff e Michel Temer. Gilmar chegou a confirmar que não deixaria de participar do julgamento da chapa se não tivesse sido adiada e ocorresse simultaneamente ao seu preparado seminário.
 
Como o julgamento foi adiado pelo relator Herman Benjamin e os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar manterá a agenda de debates em Portugal. Além dos políticos do PSDB, também foram convidados o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PSB), e o deputado Arlindo Chinaglia (PT), por ser presidente do Parlamento do Mercosul.
 
Ainda, entre o meio jurídico, estarão presentes os ministros do STJ João Otávio de Noronha, Mauro Campbell, Luís Felipe Salomão e Paulo Tarso Sanseverino. Marca presença, também, o juiz responsável por julgar os recursos contra Sérgio Moro no TRF-4, o desembargador Gebran Neto.
 

18 comentários

  1. É boca livre?

    Quando o Dallari praguejou contra a nomeação de Gilmar ao STF, ninguém ligou. Ai, que saudades do imortal Gilmar dos Santos Neves, provavelmente, o único goleiro bicampeão do mundo (Estocolmo, Suécia, 1958 e Santiago do Chile, 1962)

    Portanto, há gilmares e gilmares. O do PSDB-MT tem uma qualidade importante: não esconde de ninguém que é um leal militante do PSDB. Os outros ministros disfarçam por covardia.

  2. Evento sem coloração política mas não sem coloração partidária

    O evento não tem coloração política, mas tem coloração partidária.

    Esse Gilmar Dantas é um bosta. Esse empregador de jagunços deveria estar preso, de preferência numa cela hiperlotada, comendo arroz, feijão e uma banda de ovo.

  3. Nunca roubei bolacha no
    Nunca roubei bolacha no supermercado !
    Obs:Já escrevi isto,mas vejo estes moleques irresponsáveis mentir q me empolgo tb!
    Obs2:Estão vendo como uma laranja podre estraga todas as outras q não são tão boas assim!?

  4. Dizem que não há grana, então

    Dizem que não há grana, então como a cupula do golpe volta e meia se reune nos states, Portugal e cia

  5. A figura é patética. O caso

    A figura é patética. O caso dele deveria ser analisado por um psiquiátra, pois é difícil entender como alguém pode se degradar tanto e continuar acreditando em si mesmo 

  6. NÃO TEM COLORAÇÃO POLÍTICA… TEM COLORAÇÃO PARTIDÁRIA!

    Me lembrou o “Forró de SP”… que Olavo de Carvalho ama

    A direita passou a vida acusando a esquerda de fazer encontros onde se discutia a “dominanção do mundo”… se possível do universo. O retorno do comunismo e a revolução que aconteceria daqui à alguns meses… era só esperar… esperarr… mas a tal revolução nunca veio…

    O problema é que quando se via o tal “encontro das esquerdas” sempre parecia mais uma palestra mal organizada em alguma faculdade… sem qualquer alcance ou projeção….

    Agora, quando a direita decide se organizar… aí sim da medo… ainda bem que seus representantes são tão PATÉTICOS… e nem com todo o poder e ambição são capazes de elaborar alguma coisa…

    Esses idiotas são tão bossais que, desses encontros de auto-promoção, a única coisa que deixa marca são pequenos trechos de discursos onde eles expôem de maneira ridícula sua visão de mundo, seu partidarismo, sua mesquinhez e limitação intelectual. De resto, é só bla-bla-bla mesmo.

  7.  
    Beiçola vai a Portugal

     

    Beiçola vai a Portugal proferir palestra em alemão. A tiracolo, carrega o farsante FHC para debulhar para os clientes do IDP, provavelmente em língua inglesa. Agora vejam. Se suas maçantes abobrinhas são tão intediantes em portugues, imagina o parlapatão FHC, perolando suas contas de pérolas falsas na língua do pirata inglês Sir Francis Drake. Não fosse pelas companhias rastejantes, faria um esforço para assistir este ridículo convescote de marketeiros de merda. De certo esbaldar-me-ia à socapa, diria o senvergonha golpista miShell Treme.

    A propósito, que mercadoria esses bostas querem mesmo vender aos portugas?

    Orlando

  8. Uma coisa tenho que reconhecer

    Uma coisa tenho que reconhecer: O Beiçola é um gênio, do mal, mas gênio.

    A “escolhinha” do Prof. Beiçola foi uma sacada fantástica. Permite arrecadar à vontade, enriquecer e, de quebra, colocar o judiciário no bolso. Tudo sem provocar a menor reação.

    Definitivamente, um gênio.

  9. Só faltava um ministro do STF

    Qual a platitude que os finórios e falantes ministros Barroso e Carmém Lucia diriam sobre o seminário Constituição e Governança, promovido por Gilmar Mendes com a presença dos constitucionalistas Aécio, FHC e Dória: “PERANTE A CONSTITUIÇÃO E DESDE QUE  NO VASO SANITÁRIO TODOS OS BRASILEIROS SÃO IGUAIS AOS JUIZES DO STF E AOS POLÍTICOS TUCANOS?”

    É a degradação máxima. Só faltava um ministro do STF ir a outro país para fazer um evento com coloração política. E quá,quá, quá, o ministro precisa desmentir o óbvio ululante… Com FHC, Aécio e Dória a tiracolo. Para ter coloração política o seminário teria que ter o tema: como abrir uma filial do PSDB em Portugal e jamais ser pego em falcatruas porque o Judiciário foi aparelhado? 

    E um dos patrocinadores do evento tem uma ação nas mãos do Gilmar. Tal como no caso Eduardo Cunha assistimos a tolerância da grande imprensa com o ministro Gilmar Mendes para continuidade do golpe. É a degradação moral no Judiciário brasileiro. 

    “Constituição e Governança”:quais serão os temas das palestras? Como rasgar a Constituição para garantir um golpe de estado? Como ser considerado um “gênio” constitucionalista por perseguir um partido político? Como inventar factóides para derrubar Paulo Lacerda e depois inocentar o crápula que trabalhou comigo na tramóia? Como abusar de pedidos de vista quando convém ao meu grupo político e aos meus corruptos favoritos? Como processar jornalistas para intimidá-los a não denúnciar os meus desmandos?

    Os portugueses que prestigiarem o seminário são dignos do que dizemos deles nas piadas. Embora sejamos nós, os brasileiros, os parvos e idiotas que sustentamos juizes do Supremo imorais, grosseiros e sem respeito pela instituição Justiça.

  10. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome