Villas Bôas abre a porteira e mais generais vêm a público aventar intervenção militar

Da Revista Fórum

No dia que antecede o julgamento do habeas corpus preventivo do ex-presidente Lula no Supremo Tribunal Federal (STF), ao menos 5 militares de alta patente vieram a publico aventar a possibilidade de uma intervenção militar caso o petista, condenado em segunda instância em janeiro, não seja preso.

Esta terça-feira (3) começou uma notícia sobre a declaração de um general da reserva do Exército Brasileiro que, em entrevista, garantiu que “se o STF permitir que Lula se eleja, haverá intervenção militar”. Já no período da noite, após as fracassadas manifestações da direita defendendo a prisão do petista, o editor do Jornal Nacional, da Globo, William Bonner, encerrou a edição com uma notícia em tom de ameaça aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF): ele leu, ao vivo, dois tuítes do general Villas Bôas, comandante do Exército Brasileiro, em que repudia a “impunidade” e diz que o Exército está “atento às suas missões institucionais”, em uma clara sinalização de intervenção caso o STF não negue o habeas corpus ao petista.

Continue lendo aqui.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  "É uma defesa de todos", diz Toffoli sobre suspender investigação contra Flávio Bolsonaro

9 comentários

  1. Intervenção mixuruca

    Se for como foi a intervenção no Rio de Janeiro esse novo golpe seria um fiasco. No maximo tomariam Brasilia, que é facil de ser ocupada por forças militares, deixando o Distrito Federal isolado do resto do pais. Em pouco tempo o exercito estaria sitiado.

  2. A história caminha para se

    A história caminha para se repetir farsescamente, o Brasil é um caso perdido, esse negócio de democracia definitivamente não é a vocação destas plagas, os caras que vestem fardas têm comichões a sofregar-lhes o tempo todo, se consideram guardiões da moral, acima do bem e do mal, vejam que os discursos deles não têm nada de diferente dos golpistas de 1964, a mesma empáfia, o mesmo moralismo acerbo, autoritário, a petulância de se considerarem acima dos poderes constituídos, acima das instituições, avocam para sí poderes que não estão inscritos em nenhum código legal, estão aproveitando a crise política para mais uma vez flertarem perigosamente com o precipício para onde querem levar o país.

  3. Nassif;
    Calemos a boca destes

    Nassif;

    Calemos a boca destes camarões. Camarões pois tem merda na cabeça e vivem nas costas do Brasil.

    Continuem na caserna fazendo ordem unida, sem nada produzir para o Brasil.

    Desta vez não será de bandeja como em 64, vai ter luta!!!!!!!

    sds

    Genaro 

  4. Não esquecemos ! JAMAIS ESQUECEREMOS !!

    “…Asseguro à Nação que o Exército Brasileiro julga compartilhar o anseio de todos os cidadãos de bem de repúdio a impunidade…”

    O que o chefe da FMM (força miliciana dos marinhos) precisa responder, é porque não houve punições exemplares, mas sim, condecorações e promoções das seguintes figuras :

    Famoso diretor do centro de tortura em São Paulo (Doi-Codi)

    Um dos responsáveis pelo atentado terrorista no Riocentro em 1981

    Famosíssimo sequestrador e torturador de opositores na Guerrilha do Araguaia

    Um dos sequestradores, torturadores e esquartejadores da Casa da Morte de Petrópolis

    [video:https://youtu.be/jPpF4He4ZZY%5D

  5.  
    Hugo Chavez era Coronel

     

    Hugo Chavez era Coronel quando deu um golpe militar.

    Qual o problema se os generais darem um golpe de estado?

    • Você é tão infantil ou ignorante

      A diferença é que Hugo Chaves era nacionalista. Defendeu a soberania e o petróleo Venezuelano contra a rapinagem internacional e em benefício do seu povo. O que temos aqui é uma cambada de cadelas fardadas defendendo a rapinagem internacional com a soberania brasileira e o único líder político que tentou fazer desta baderna e bananas como você um povo!

  6. Golpe?

    Na verdade não seria um golpe, porque apenas retornariam para terminar o que começaram. Deixaram de punir exemplarmente os matutos de 64  e agora eles estão de volta, e sentindo cheiro de sangue. Se querem “dar um golpe, pois que seja. FodaM-se!!! Uma pergunta apenas: Afinal, para o que servem, efetivamente, essas tais forças armadas? A ordem não é cortar despesas?

  7. Exército nega Habeas Corpus ao Lula

    Eu agora estou preocupado é com o meu corpo. Se esses Gorilas derem um golpe, e acho que dessa vez não terão a ajuda do Tio Sam, já que o Tio Sam não precisa mais deles para nos espoliar, bastam as agências de classificação de riscos e a fuga de capitais para isso, por isso as FFAA foram sucateadas. Mas se eles tiverem o apoio dos Golpistas, eles fazem miséria. E eu acho que muitos lêem os meus comentários amalucados.

    Eu sou louco. Eu tenho atestado. Não façam nada comigo. Nossa Senhora não permitiria. Mas como ela permitiu que outros fossem torturados e mortos nos porões da ditadura milica?

    Jesus, Filho de Davi, tem piedade de nós.

    Mas a violência é o último refúgio dos covardes.

    Yoko, onde está você?

    Cambio, Jagger, câmbio, Paul!

    Gimme shelter or I’ll fade away!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome