Que moça é essa, que moça?, por Romério Rômulo

que moça é essa, que moça / que me deixou nos espaços?

Marc Chagall

Que moça é essa, que moça?

por Romério Rômulo

 

Que moça é essa, que moça

que fincou estardalhaços

numa carne de maçã

num pecado de chumaços

amassado de manhã

que me deixou nos espaços?

 

quem reinou sobre meu fel

em papéis e desamassos

brandindo cada escarcéu

em olhares aos pedaços?

 

que moça é essa, que moça

que cortou os meus espaços?

 

que moça é essa, que moça

que derreteu meus bagaços

arrancou minha alma pura

ressecada de embaraços

 

que moça é essa, que moça

que me deixou nos espaços?

 

a moça é feita de rua

costurada em romaria

a moça é de carne crua

a moça é de ventania.

 

por meus olhares devassos:

é uma moça toda nua

que me deixou nos espaços?

 

Romério Rômulo

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome