“Caminhando para situação catastrófica”, analisa ONU sobre alterações climáticas

Temperatura mundial bateu o maior recorde já registrado no globo. Especialistas afirmam que El Niño contribui.

Uma pessoa ao sol jogando água em seu rosto
Foto: Acervo Agência Brasil

Com as altas temperaturas registradas no mundo, inclusive com recordes consecutivos, o secretário da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, declarou nesta sexta-feira (7) que “estamos caminhando para uma situação catastrófica”.

A Terra bateu recordes temperatura nesta semana e o mês de junho foi o mais quente de que se há registro até hoje. Na segunda (3) e terça-feira, já havia sido registrado um novo recorde de temperatura, com 17,18 graus Celsius.

Porém, na quinta (6), a o recorde foi novamente superado. A Terra atingiu 17,23 graus.

Para Guterres, “se persistirmos em adiar medidas fundamentais, penso que estamos caminhando para uma situação catastrófica, como demonstram os últimos recordes de temperatura”.

Junho, o mês mais quente desde que se há registro, atingiu uma média global de 16,51 graus, 0,53 acima das últimas três décadas. O recorde anterior tinha sido em 2019, quando registrou um aumento de 0,37.

Fenômeno El Niño

De acordo com a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos EUA (NOAA), o fenômeno El Niño influencia no aumento da temperatura regional e global. A consequência são anos considerados secos ou muito secos. A ONU confirmou a volta do El Niño na terça-feira.

O aumento do desmatamento nos biomas brasileiros, como Amazônia e Cerrado, também impactam na subida de temperaturas, de acordo com o instituto de pesquisa WRI Brasil.

No governo Bolsonaro, o desmatamento na Amazônia teve um aumento de 59,5%, de acordo com dados divulgados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Especiais.

Leia mais:

Isadora Costa

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador