Tragédia no RS: Número de mortos por enchentes chega a 161; previsão é de mais chuvas nesta semana

Ana Gabriela Sales
Repórter do GGN há 8 anos. Graduada em Jornalismo pela Universidade de Santo Amaro. Especializada em produção de conteúdo para as redes sociais.
[email protected]

Segundo MetSul, a semana reserva mais chuva para o estado e a chegada de uma nova massa de ar frio. Confira boletim da Defesa Civil

Imagem captada durante sobrevoo em Canoas, no Rio Grande do Sul, no dia 5 de maio. | Foto: Ricardo Stuckert / PR

Chegou a 161 o número de mortes em razão dos temporais e cheias que atingem o Rio Grande do Sul desde 29 de abril. Em boletim divulgado às 9h desta terça-feira (21), a Defesa Civil do estado ainda informou que 85 pessoas estão desaparecidas.

De acordo com o informe, os desastres causados pelas chuvas já afetaram 2.339.508 pessoas em 464 municípios do estado, o que corresponde a cerca de 93% das 497 cidades gaúchas.

Além disso, mais 654,1 mil pessoas ainda estão fora de suas casas. Desse total, 72.561 estão em abrigos e 581.633 desalojadas, ou seja, hospedadas nas casas de familiares ou amigos.

Previsão do tempo

Segundo previsão da MetSul Meteorologia, a semana reserva mais chuva para o estado e a chegada de uma nova massa de ar frio. “O que mais preocupa é o vento que vai ditar o comportamento das águas tanto do Guaíba como da Lagoa dos Patos com elevação dos níveis”, diz boletim.

A partir de amanhã (22), a frente fria se organiza no Oeste e no Sul gaúcho com chuva ao longo do dia, em muitos municípios destas regiões. 

Já na sexta-feira (24), a circulação de umidade da área de baixa pressão com ingresso de ar frio de origem polar traz muitas nuvens, chuva, garoa e ventos, que podem ficar entre 70 km/h e 90 km/h no Sul e no Leste do estado, com risco de cortes de energia e queda de árvores. Na capital, o nível do Guaíba deve ter forte alta.

Leia também:

Ana Gabriela Sales

Repórter do GGN há 8 anos. Graduada em Jornalismo pela Universidade de Santo Amaro. Especializada em produção de conteúdo para as redes sociais.

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador