ABI afirma que Brasil enfrenta a “pandemia Jair Bolsonaro” contra a imprensa

"Desde a posse do senhor Jair Bolsonaro, nós estamos enfrentando a maior censura à imprensa, a maior humilhação, as maiores críticas à imprensa brasileira"

Montagem Repórteres Sem Fronteiras

Jornal GGN – “Desde a posse do senhor Jair Bolsonaro, nós estamos enfrentando a maior censura à imprensa, a maior humilhação, as maiores críticas à imprensa brasileira”, afirmou o presidente da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), Paulo Jerônimo de Souza, à Sputnik Brasil.

Segundo Souza, atualmente o país enfrenta “duas grandes pandemias”, além da Covid-19, “pandemia Jair Bolsonaro, que em todos os momentos que pode critica, humilha, ataca e chega até a agredir jornalistas e os órgãos de imprensa”, disse.

Ao jornal, o representante do órgão de imprensa manifestou que hoje a liberdade de expressão no Brasil está em risco, o que foi ressaltado não somente pela ABI, em notas oficiais, como também por relatório da ONG Artigo 19, da Repórteres Sem Fronteiras e da Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), nos quais centenas de ataques contra jornalistas foram registrados.

“O presidente Jair Bolsonaro por 299 vezes ofendeu, criticou, humilhou a imprensa brasileira e os veículos de comunicação. Nós, jornalistas, nós, imprensa, nós, entidades jornalísticas, tipo ABI, FENAJ, ABRAJI [Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo], Instituto [Vladimir] Herzog, Comissão Arns, estamos enfrentando essa pandemia Jair Bolsonaro com tudo que nós temos direito”, continuou.

Ouça a entrevista concedida à Sputnik News Brasil:

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Coronavírus: Nos EUA, médicos pedem que Trump coopere com Biden

3 comentários

  1. Esqueceram que este imbecil asnopresidente só esta lá por causa dessa mesma imprensa ABI?
    Que tomem bastante porrada. Talvez aprendam alguma coisa já que não aprenderam nada nos últimos 56 anos.

  2. Quando vão perceber que esses ataques fazem parte de uma estratégia mundial do tal O Movimento e que é adotado por todos os seus seguidores?
    Bolsonaro não é único nem o primeiro, começou com Trump, passa por Orban, Malvini e outros, inclui também muitos parlamentares e influences em todo mundo.

    A estratégia é fazer a separação entre o que eles chamam de imprensa esquerdista (quem nos dera) e a imprensa independente, livre, tipo Fox News, SBT, Record, Jovem Pan…

    A partir dessa separação eles partem para o ataque de forma conjunta e organizada, quase ao mesmo tempo em todo mundo com o intuito de desmoralizar perante a opinião pública essas organizações. Em países mais atrasados na defesa dos direitos humanos e individuais dos profissionais de imprenssa, eles arriscam algum tipo de violência física.

    A resposta portanto, deve ser conjunta, articulada, em bloco por todos os profissionais em todo o mundo e isso deve incluir obrigatoriamente os sites blogues independentes, que é onde se encontram os profissionais mais expostos e vulneráveis a esse tipo de violência.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome