Ala do governo projeta aumento de gastos de olho em 2022

Ministros defendem mais gastos e presença de Bolsonaro em inauguração de obras, como forma de aumentar o capital eleitoral para reeleição

Presidente da República, Jair Bolsonaro durante visita ao Parque Nacional da Serra da Capivara, no Piauí. Foto: Alan Santos/PR

Jornal GGN – Uma ala de ministros começou a aumentar a pressão junto à equipe econômica, de olho no aumento de gastos por conta da retomada econômica pós-pandemia e a tentativa de consolidar a popularidade do presidente Jair Bolsonaro, de olho nas eleições presidenciais de 2022.

Segundo informações do jornal O Globo, o grupo liberado pelos ministros Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) e Tarcísio Gomes de Freitas (Infraestrutura) defende mais gastos federais a partir deste ano, contrariando posicionamento do ministro da Economia, Paulo Guedes.

Outra parte da estratégia de aumentar a popularidade de Bolsonaro envolve as recentes viagens do presidente ao Nordeste, como forma de celebrar intervenções realizadas pelo governo federal – e para manter uma agenda de viagens e uma carteira de obras que possa afetar a popularidade presidencial, será necessário gastar mais do que o atualmente reservado no Orçamento, o que pode comprometer a situação fiscal.

A disputa também envolve o Renda Brasil, novo trunfo bolsonarista para aumentar a popularidade presidencial visando a reeleição. O programa vai substituir o Bolsa Família, e as discussões em torno do tema se acirraram por conta da proposta orçamentária de 2021, que será enviada ao Congresso ainda em agosto.

 

Leia Também
Apatia de Moro na defesa da Lava-Jato decepciona interlocutores
Flávio Bolsonaro confirma reunião com Marinho, mas nega vazamento sobre Furna da Onça
Após pressão de Moraes, Facebook bloqueia perfis bolsonaristas fora do Brasil

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora