Izaias Almada
Izaías Almada é romancista, dramaturgo e roteirista brasileiro nascido em BH. Em 1963 mudou-se para a cidade de São Paulo, onde trabalhou em teatro, jornalismo, publicidade na TV e roteiro. Entre os anos de 1969 e 1971, foi prisioneiro político do golpe militar no Brasil que ocorreu em 1964.
[email protected]

Amigos para sempre, por Izaías Almada

Amigos aparecem e desaparecem e não estou a me referir àqueles que “passam dessa para a outra”, para usar o lugar comum.

Amigos para sempre, por Izaías Almada

          No ano recém-terminado, 2023, resolvi que deveria dar vida às minhas memórias. Exercício maravilhoso para quem gosta de escrever. Tem o título (provisório) de “Travessia”, pois a caminhada já é longa e por todo o percurso convivi, como todos nós, experiências das mais variadas.

          E penso que o denominador comum a todas essas experiências e vivências, o que de mais importante elas revelam, são os amigos que surgem desde o leite materno até o momento em que escrevo essa crônica.

          Uma caminhada que tem no débito de sua conta aproximadamente 29930 dias que se iniciaram em meio à Segunda Guerra Mundial e que, espero, possa me permitir ainda aumentar a contagem de muitos outros, desde que os idiotas, insanos e gananciosos não comecem a Terceira Guerra.

          Amigos aparecem e desaparecem e não estou a me referir àqueles que “passam dessa para a outra”, para usar o lugar comum. Refiro-me aos que, como eu, sobrevivem.

          Os que já se foram, com toda a certeza, nos olham lá de cima com um copo de cerveja ou de um bom vinho verde na mão a dar boas gargalhadas por verem como caminha a humanidade. Ou o amigo leitor considera que vivemos no melhor dos mundos?

          Com a invenção do computador, dos laptops, dos celulares e das redes sociais, o relógio do tempo continua a marcar os segundos, os minutos e as horas sem se preocupar em absoluto com qualquer um de nós.

          Atrás do vil metal e do enriquecimento a qualquer preço, o homem vai pouco a pouco destruindo a natureza e nessa caminhada resta-nos, aos sobreviventes, encontrar alternativas para enfrentar o apocalipse. E uma delas, talvez a mais importante, é a amizade.

          Fazer amigos de verdade em que possamos confiar e ajudar, retribuindo a ajuda e a confiança. Sonhar o sonho impossível. Combater os moinhos de vento da ignorância, da miséria, da hipocrisia.

          Amigos para sempre!

Izaías Almada é romancista, dramaturgo e roteirista brasileiro nascido em BH. Em 1963 mudou-se para a cidade de São Paulo, onde trabalhou em teatro, jornalismo, publicidade na TV e roteiro. Entre os anos de 1969 e 1971, foi prisioneiro político do golpe militar no Brasil que ocorreu em 1964.

Izaias Almada

Izaías Almada é romancista, dramaturgo e roteirista brasileiro nascido em BH. Em 1963 mudou-se para a cidade de São Paulo, onde trabalhou em teatro, jornalismo, publicidade na TV e roteiro. Entre os anos de 1969 e 1971, foi prisioneiro político do golpe militar no Brasil que ocorreu em 1964.

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador