fbpx
quinta-feira, março 26, 2020
  • Carregando...
    Início Tags Crônica

    Tag: crônica

    Pai e filho comunistas em conflito, por Urariano Mota

    Urariano Mota tira da gaveta um trecho significativo de seu livro "A Mais Longa Duração da Juventude", para esses tempos em que vivemos.

    Ainda não está proibido sonhar, por Izaías Almada

    Para não ficarmos num diálogo de surdos ou mesmo paranoicos, elejamos os dois principais e óbvios suportes no momento para sabermos sobre o que estamos falando: a economia e o coronavírus.

    Rainha, por Eliseu Raphael Venturi

    O que mais importava era como manter a rotina de exercícios durante a crise, ou a quantos fundos se poderia recorrer

    Conforme contado por Ariano Suassuna, do Dominó de Botequim Celestial, e psicografado por Rui...

    Vou me aliar com os russos, o Maduro, fechar as igrejas evangélicas que em nada me ajudam

    Ih, invernado pleno verão brasileiro, por Rui Daher

    Mas voltemos a essa solidão compulsória. Como teria sido, com as mesmas expressividade e letalidade inexoráveis, o COVID-1969, quarenta anos antes do atual.

    Veias fechadas para a América Latina. Pedrán e Avelar, por Rui Daher

    Nada do que vier do Regente Insano Primeiro me ocupará. Preocupar, sim. Tenho filhos.

    Lágrimas pela Itália, por Izaías Almada

    O avanço rápido e cruel do coronavírus pelo mundo, além de nos deixar em alerta, consegue o triste protagonismo dos noticiários em expor tragédias coletivas e individuais.

    Habitat, por Eliseu Raphael Venturi

    Os confinamentos são velhos espaços de disciplinas, e nada de novo há nisso, senão a educação da mente, da subjetividade, a escola dos pensamentos, e então as pessoas se veem entregues ao confinamento

    Vírus, por Rui Daher

    Lembrando-me dos bons charutos, chamo o vírus de “Coroninha”. Antes consulto o “Dominó de Botequim Celestial”, se garantiriam meu desafio.

    Thich Quang Duc, o monge budista que acelerou o fim da Guerra do Vietnã...

    Segue uma nova, mais velha do que a serra. O importante é que confronta duas situações-limites de conflito, no Vietnã e no Brasil, comparando as canalhices.

    Aqui, aconteça o que acontecer, nada acontece, por Airton Paschoa

    Faço saber, a quem interessar possa, que o que eu queria really era ser americano. Como são adultos!

    Vai-Vai com Gardel na Passarela do Samba, por Rui Daher

    O repórter do BRD, Nestor, e eu compusemos samba-enredo para o Carnaval 2020 da Vai-Vai.

    A guerreira Soledad volta, por Urariano Mota

    Pessoas são como estrelas – insisto – cuja luz vem para nós, não importa quantos anos distantes. Elas tornam e acendem um calor em nosso peito.

    Sei lá, não sei, por Rui Daher

    Dois verbos bastam para definir o que estamos passando: sabíamos e avisamos. Tergiversar mais para quê? Respeito, no entanto, quem persiste nesse viés.  

    Crônica de domingo: O glorioso Clube dos 20 e as Olimpíadas Estudantis

    A história aconteceu como eu vou lhes contar. Na passagem do 1o para o 2o científico o Colégio Marista, de Poços de Caldas, o reitor,...

    A maternidade de Maria, por Urariano Mota

    Então me recolho a meu canto e republico um trecho do romance “O filho renegado de Deus”, que para certa Maria escrevi...

    Encenação de ator, por Eliseu Raphael Venturi 

    O mérito do ator é ser difícil de acreditar em tudo o que ele apresenta com seu corpo porque se é verdade o que se vê, não parece ser atuação

    Declínio e queda da Roma Lunar, por Fábio de Oliveira Ribeiro

    No mar da tranquilidade, não muito distante da Estação Lunar "Jeff Bezos” havia um grande segredo. E ele foi descoberto por Jacques Cousteau 13. Mas para entender o que ocorreu precisamos voltar ao início da exploração lunar.

    Esse mundo é dos loucos, por Izaías Almada

    1% da humanidade continua rindo a bandeiras despregadas. Os outros 99% disputam a cotoveladas os bolsões de progresso e condições mínimas de sobrevivência e o que resta de sadio humanismo.

    Coup, por Janderson Lacerda

    Um homem, de terno verde e gravata amarela, conclamava da varanda gourmet do seu apartamento um pequeno grupo de populares -- que marchavam ao som do hino nacional-- para que orassem pelo Brasil.

    Mais comentados

    Últimas notícias