Início Tags Crônica

Tag: crônica

Economia Brasileira em Sete Pecados Capitais: soberba, por Luiz Alberto Melchert de Carvalho e...

Weber tinha razão. Meritocracia tem suas raízes no calvinismo, que defende que a graça se consegue com grande esforço, aqui na terra mesmo. Daí correlacionar-se graça e sucesso financeiro, como apregoam algumas igrejas evangélicas.

Enfim, o Plano de Vacinação Nacional do Planalto, por J.Carlos e Nivaldo

"Mais honesto ainda foi o servidor de carreira de terceiro escalão do Ministério da Saúde que barrou a tramoia, avisou o irmão deputado, e foi junto com ele denunciar tudo ao presidente."

O pensamento de Mao para os jovens brasileiros na ditadura, por Urariano Mota

Hoje talvez os mais jovens não saibam, mas para os estudantes socialistas que viveram os apaixonantes tempos de Ação Popular, ainda que sob o terror da ditadura, Mao jamais saiu do seu horizonte.

Bolsonaro, ou ladrão que ameaça o denunciador, por Urariano Mota

Desde criança, no bairro recifense de Água Fria, eu me acostumei a ver ladrões que corriam pelo beco onde eu morava gritando: “Pega o ladrão, pega o ladrão!”.

Depressão coletiva, por Izaías Almada

Não bastasse tudo isso (e a lista pode ser bem maior), os brasileiros escolhem um governo de sociopatas, onde a disputa para mostrar quem é mais incompetente chega a dar urticária,

Lagartixa jacaré efeito, noite 1, por Fábio de Oliveira Ribeiro

Meus pés ficaram gelados, então coloquei uma meia. Com febre eu perdi o sono e comecei a ter delírios. Eis aqui um deles.

Capital 10 X Trabalho 0, por Izaías Almada

Mas, como já disse um grande pensador, a historia não se repete, a não ser como farsa ou... Tragédia. O caos que avança dia a dia no Brasil, pode nos levar a uma tragédia.

Givaldo/Tarcísio ou Lennon/McCartney no Recife, por Urariano Mota

O certo é que esta é a história do começo do Livro 7, segundo a memória de Givaldo Gualberto. Ele e Tarcísio no papel de Lennon/McCartney, mas sem música.

Da Roda de Íxion para além da perda da crônica, por Eliseu Raphael Venturi

A exaustão das crônicas, como um gênero muito ligado ao cotidiano, não se deu, obviamente, pelo gênero puro e simples, mas por um exaurimento e uma saturação de uma realidade extremamente repetitiva

A ditadura brasileira, literatura e denúncia, agora em áudio, por Urariano Mota

O livro , que foi publicado pela Boitempo em 2009, ganhou esta síntese da Tocalivros neste junho de 2021

“O período pós-pandemia, pois sempre esteve aí”, por Rui Daher

Mesmo países em que as autoridades souberam melhor se prevenir e proteger suas populações, principalmente os ricos, o impacto foi geral.

Aos mestres mais velhos, por Urariano Mota

Não adianta ver a idade em que cientistas, filósofos e escritores revolucionários produziram obras de gênio, porque a questão se dirige ao cerne universal do próprio desenvolvimento do conhecimento.

Do país que até a morte se compadeceu, por Eduardo Ramos

Falou-me a velha senhora sobre os povos inteiros exterminados por nações poderosas e gananciosas, por puro lucro

Os diários de Bárbara – fragmento, por Maíra Vasconcelos

Replicar esse primeiro fragmento dos diários no GGN, é como abrir um espaço de contraste com as notícias políticas e econômicas que circulam aqui: a ficção sempre cai bem nos jornais.

“Mandando pera”, por Rui Daher

Para CH, os casos de infecção no Brasil e as mais de 420 mil mortes não são nada, pois “curamos 92,74% do total de casos encerrados”.

A bondade negra de uma vagabunda, por Urariano Mota

Ela apenas queria ser nossa irmã naquela hora repleta de angústia. Ela apenas nos cobria como uma negra fugida abrigava os seus negros perseguidos. Enquanto nós, os perseguidos delirantes, procurávamos o popular sublevado.

Dia das mães lado B, por Mariana Nassif

Como faz pra ser bom quando os números estão cheios de sangue?

Pandemia, Solidão e Luizito Paraguaio, por Rui Daher

Você estudou piano no conservatório da Avenida São João. Tentei alguns dias com uma professora francesa que me expulsou, depois de me flagrar arrancando os peixinhos do aquário dela.

“Um Alka-Seltzer® com 50 cm de diâmetro”, por Rui Daher

Levando em consideração o diâmetro por mim recomendado no título, indica-se efervescência em cada seis litros de água, na mesma frequência.

Leia também

Últimas notícias

GGN