Assessores de Bolsonaro admitem vitória de Doria na questão das vacinas

Pesquisas de opinião e em redes sociais acendem alerta sobre governador paulista – e explicam decisão federal em tentar controlar distribuição de vacinas

Foto: Reprodução

Jornal GGN – Assessores do presidente Jair Bolsonaro já admitem que o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), está à frente do governo federal quando o assunto é a guerra das vacinas.

E justamente por isso é que o governo federal está tentando assumir o controle da distribuição dos imunizantes contra a covid-19, segundo informações do jornal Correio Braziliense, ressaltando que a situação de Bolsonaro ficou ainda pior pelo fato de ignorar a importância de um programa nacional de vacinação que seja efetivo.

Doria acabou por escancarar a falta de estratégia do governo federal ao assumir a responsabilidade de proteger os paulistas, e o Planalto identificou a liderança do governador paulista com relação ao assunto nas pesquisas internas de opinião e com base nas manifestações em redes sociais.

E até mesmo governadores mostram-se preocupados com a decisão de Doria em começar a vacinar a população paulista em 25 de janeiro – principalmente por conta das declarações do governador de que quem estiver em território paulista será vacinado, o que pode gerar um grande deslocamento de pessoas para a região.

 

Leia Também
Pazuello contraria Anvisa e não quer liberação emergencial de vacinas
Governo Bolsonaro estuda confisco de vacinas compradas por estados e municípios
Doria admite expansão da Covid em SP e reduz funcionamento de bares
EUA: Vacina da Pfizer pode ser aplicada a partir de segunda, diz chefe da Saúde

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora