Augusto Aras antecipa processo de escolha em colegiado do CNJ

Disputa pela sucessão da conselheira Ivana Farina Navarrete Pena foi deflagrada 14 meses antes do fim do mandato; dois aliados do atual PGR são favoritos

Augusto Aras, procurador-geral da República. Foto: Reprodução

Jornal GGN – O procurador-geral da República, Augusto Aras, antecipou em 14 meses o processo de sucessão da conselheira Ivana Farina Navarrete Pena no CNJ (Conselho Nacional de Justiça).

Ivana ocupa a vaga do Ministério Público dos Estados no CNJ. Ex-procuradora-geral de Justiça de Goiás, seu mandato termina apenas em 22 de outubro de 2021, mas segundo o jornalista Frederico Vasconcelos, do jornal Folha de São Paulo, a medida foi um recado de Aras de que ela não poderia ocupar o cargo novamente por pertencer ao grupo da ex-PGR Raquel Dodge, que a nomeou.

Segundo Aras, tal antecipação ocorreu para que seja possível fazer a sabatina e não seja necessário esperar até um ano pela apreciação pelo plenário do Senado. Dentre os favoritos para ocupar o cargo de Ivana, estão dois aliados de Aras: o promotor Carlos Vinícius Alves Ribeiro, de Goiás, e o promotor João Paulo Santos Schoucair, da Bahia.

Ivana Farina foi a conselheira responsável pela Secretaria de Direitos Humanos e Defesa Coletiva do CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público), onde também atuou na Comissão de Controle Externo da Atividade Policial, no controle do sistema carcerário e de medidas socioeducativas aplicadas a menores; comandou o Conselho Nacional de Direitos Humanos; e foi a primeira mulher a presidir o CNPG (Conselho Nacional de Procuradores-Gerais).

 

 

Leia Também
Pela terceira vez, Barroso recusa plano do governo para proteção de indígenas na pandemia
Subnotificação de denúncias de exploração do trabalho infantil preocupa, diz MPT
Obrigatoriedade de vacina: Covid-19 não é a primeira, nem a única. Entenda

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora