Cármen Lúcia dá sinais de que pode adiar julgamento de Lula

Ministra assumiu a presidência da Segunda Turma do Supremo e alterou a pauta do dia 24 de junho, dia em que está previsto o julgamento de recurso do ex-presidente

Jornal GGN – O Valor econômico publicou reportagem afirmando que a ministra do Supremo Tribunal Federal Cármen Lúcia fez movimentações na pauta da Segunda Turma da Corte que indicam que pretende adiar o julgamento do habeas corpus do ex-presidente Lula, marcado para a próxima terça-feira (24).

O item era o terceiro da pauta mas, agora que Cármen assumiu a presidência do colegiado no lugar de Ricardo Lewandowski, ela empurrou o HC do ex-presidente para o último lugar, com a inclusão de outros assuntos.

“A inclusão de novas matérias por parte da ministra tem sido apontada como uma maneira de adiar a análise, já que pode não haver tempo na terça-feira para analisar o HC de Lula”, escreveu o jornal.

Neste recurso, a defesa de Lula questiona a parcialidade de Sergio Moro. As reportagens do Intercept Brasil, que indicam que o ex-juiz atuava em conluio com a acusação, foram anexadas ao julgamento.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Por que a libertação de Lula não vai soltar milhares de criminosos?, por Sergio da Motta e Albuquerque

27 comentários

  1. Mais uma vez comprova-se a parcialidade de algumas figuras do judiciário brasileiro ou falta de coragem mesmo em corrigir as injustiças cometidas contra o ex presidente Lula.

    1
    1
  2. Eu tenho certeza que vão adiar. Não e por conluio, manipulação nem conspiração.

    É que se o STF julgar a suspeição de Lula, terá de anular TODAS AS CONDENAÇÕES, DELAÇÕES, MULTAS, DEVOLUCAO DE DINHEIRO, ETC.

    NÃO DA PRA JULGAR MORO SUSPEITO NO CASO LULA E NAO O JULGAR NOS OUTROS CASOS.

    No dia seguinte vão entrar centenas de habeas corpus ao STF e este não terá como negar.

    Além do mais vai abrir um precedente perigosíssimo para os ministros, que conversas privadas entre juízes possam anular um julgamento.

    Oras, os ministros do STF, STJ tem filhos, cunhados, maridos, esposas advogando nas cortes superiores. Anular os julgamentos por suspeição vai provocar um efeito catastrófico.

    Agora o pior (pra eles, juízes, ministros, etc).

    Eles vão se tornar vidraça de hackers que com o intuito de encontrar alguma comunicação mesmo obtida ilegalmente a fim de anular o processo.

    Como ficará o Gilmar Mendes, pego no grampo conversando com Aécio, réu no STF?

    Ministros do STF não são ingênuos como a defesa do Lula. O STF não tem como aceitar o pedido da defesa e anular o julgamento.

    Esse vazamento serve pra tentar derrubar Moro como ministro. Jamais pra tirar o Lula da cadeia. E com o STF negando a suspeição como exigir a renúncia ou o afastamento de Moro.

    A armadilha foi feita e a defesa do Lula caiu nela.

    O Nassif deveria fazer um xadrez dad consequências do STF julgar Moro o cabeça da LAVAJATO. Seria interessante.

    2
    5
    • Não entendo lhufas de direito, nem de torto, porém entendo que cada um que se sinta prejudicado cabe-lhe entrar com recurso, assim como Lula o fez.

      Mudando para Pato, ou marreco: qdo, custou mesmo a mansão de dona carmem que não é de Bizet nem de Saura, mas da blobo?

      Mas pensando bem, talvez seja melhor mesmo adiar, quem sabe até lá o marreco e o resto dos golpisats estejam tão afundados nos detritos solidos da maré baixa, que durante alguma noite deixarão sorrateiramente a porta da prisão do Lula aberta, e o Lula não terá o que fazer senão sair da prisão pelo simples razão que a porta estava aberta.

      • Sim Ricardo, no caso todo mundo. No mundo financeiro existe um jargão que diz que existem bancos muito grandes para deixar quebrar.

        Isso significa que custa caro salvar, e mais caro ainda deixar quebrar. Em 2008 deixaram o banco Leehman quebrar e quase que o sistema financeiro mundial quebrou e o salvamento do sistema financeiro custou mais do que custaria o socorro ao banco.

        O mesmo agora. Se o STF aceitar o HC e julgar Moro o cabeça, o chefe da Lava-jato, vai provocar um tsunami de consequências jurídicas imprevisíveis.

        Fora transformar juízes em vidraças a toda a forma de ataques à reputação, grampos, invasões, etc. O próprio STF viraria alvo se se permitir isso.

        Por isso esse adiamento.

        Defesa do Lula mais uma vez erra na estratégia ao pedir algo impossível de se dar.

    • Que Lula é inocente, só não vê quem não quer, por burrice ou má fé mesmo. Isso não interessa e não diz respeito – em princípio, aos ministros do STF. Se eles tem medo de decidir conforme as determinações legais, porque isso afeta as relações deles com a elite, então o próprio Direito brasileiro deve ser posto em julgamento e, de pronto eles, os ministros, devem pedir exoneração do cargo que ocupam, por absoluta inaptidão para o cargo que ocupam. O que não pode é o povo, de resto um povo pobre e desassistido, ficar vendo isso com a boca escancarada e cheia de dentes – que ainda restam!! OU todo mundo se locupleta ou se restaura a moralidade!!!

      3
      1
      • Se Lula é inocente, a defesa dele não foi capaz de convencer.

        Em primeiro lugar o maior erro foi ter deixado o Lula rejeitar o Triplex.

        Tivesse no estouro do escândalo o Lula ter aceito o triplex e pago a diferença e as benfeitorias teria tirado a escada e deixado a acusação pendurada pela broxa.

        Segundo erro ter entrado na retórica oca do Reinaldo Azevedo.

        1- Triplex não é do Lula porque está registrado em nome da OAS: Argumento infantil porque quem promove o registro é o adquirente e este não tem prazo para fazê-lo. Além do mais estava declarado no Imposto de renda.

        2- Lava jato não provou que o dinheiro dos 3 contratos da Petrobrás foi pra propina. Outro argumento infantil. Dinheiro é bem fungível, se entra num caixa de propina e este é sacado, mesmo em pequena parte, a vantagem está provada.

        3- A lei exige a prova do ato de ofício praticado pelo réu: O art. do código Penal sobre corrupção passiva diz que aceitar vantagem já configura o crime, e o agente responde ainda que fora da função ou antes de assumir.

        4- prisão após 2ª Instância é inconstitucional: O Reinaldo invoca o inciso 57 que fala sobre a culpa e esconde o inciso 61 do ART. 5ª que trata das prisões antes do trânsito em julgado.

        Isso é que dá acreditar nas teses jurídicas do “jurista” Reinaldo. Tudo tese furada.

        Atitude arrogante e hostil da defesa e do réu ao julgador e nunca mostrar um pingo de arrependimento pelo escândalo iniciado no seu governo ajudou na condenação.

        Um dia o “case” Lula será tema de aulas nas faculdades de direito sobre como o advogado e réu não podem se comportar.

        Numa outra notícia parece que a defesa do Lula percebeu o erro de tentar provocar a suspeição do Moro por ele ser o “CHEFE” da LavaJato como o Reinaldo fica gritando. O STF jamais vai aceitar esse argumento porque implicará na anulação completa da LavaJato com consequências imprevisíveis. O STF não vai embarcar num avião sem rumo. O adiamento do julgamento mostra que eles estão preocupados.

        • Você não deveria falar sobre o que não tem o mínimo conhecimento amigo.Sou advogado há 20 anos e já fui chefe de cartório por 5 anos de minha vida, ou seja, já fiz escritura de casa.

          Para começo de conversa desde o ano de mil e oitocentos e fumaça, data de criação dos registros públicos de imóvel, o dono é aquele que registra em seu nome. Tanto que se eu te vender um imóvel e no mês seguinte vender o mesmo imóvel a outro, esse cara apesar de ter comprado depois de você será o dono fo imóvel, se registrar primeiro que você. E digo mais, a lei diz que a prova da propriedade de um imóvel SÓ PODE SER PROVADA PELO REGISTRO não admitindo NENHUMA OUTRA PROVA POR MAIS ESPECIAL QUE SEJA.
          É por isso que teu vizinho não pode tomar aquela casa que você comprou com escritura registrada, trazendo testemunhas para dizer que é dele.
          Apague a postagem para não passar vergonha. E antes que eu esqueça: p Reinaldo Azevedo apesar de não ser bacharel em Direito, sabe mais que o Moro e o Dsllagnol juntos (ambos analfabetos funcionais)

          1
          1
          • O Registro da escritura de compra e venda de imóvel é a prova mais fácil e simples para se saber quem é o proprietário, mas não é a única.

            Lula cometeu o crime de ocultação de patrimonio. Recebeu o triplex da OAS como propina. Não se pode ocultar um imóvel, guardar num cofre, então se esconde o nome do real proprietário dos registros.

            Aí surge a figura do “laranja” quando se transfere a propriedade para um terceiro de confiança, ou no caso do Lula não se lavra a escritura e não se registra no cartório de registro de imóvel continuando o imóvel em nome do dono original.

            Romário também foi condenado por ocultação de patrimonio. Veja como ele fez igualzinho ao Lula:

            “Aprofundando a pesquisa, descobrimos que os imóveis, apesar de pertencerem ao senador, ficaram durante anos registrados em nome da construtora que os havia vendido.”

            “Uma pesquisa em cartório mostrou que a casa, avaliada em R$ 6,4 milhões, ainda estava no nome dela. Por telefone, Adriana confirmou que vendera o imóvel a Romário.”

            Não é necessário ter um laranja, basta não proceder ao registro.

            Assim, o proprietário real do Triplec é o Lula, apesar do imóvel continuar em nome da OAS da mesma forma que os apartamentos e casa de Romário.

            Tanto isso é verdade que quando a vara de execuções do distrito federal determinou a penhora do Triplec e foi informada de que o imóvel estava arrestado em favor de curitiba não houve nenhum conflito entre os juízos.

    • Nossa! Que análise imperfeita! O motivo da anulação do processo foi por ter sido pré estabelecida a sentença do réu, Moro infringiu o direito de defesa e simplesmente o condenou sem embasamento, sem provas, forjando um ato ilícito inexistente, o réu foi condenado por (ato indeterminado). O caso do Lula não se estende aos demais, porque foi ele, e tão somente ele que sofreu esse tratamento, por parte do Moro apoiado pelo MPF, mais precisamente Dallagnol. Muito pelo contrário, outros envolvidos nao foram nem inquiridos ou levados adiante, porque a motivação do Sr. Moro era condenar o Lula, veja o caso da citação do FHC. A sua justificativa é frágil e sem consistência. Uma Suprema Corte não pode balizar seu julgamento e insistir na privação de liberdade de um inocente por medo de abrir um precedente, é um absurdo o seu argumento.

      3
      1
  3. Carmen Lúcia é submissa a Globo, todos sabemos. Mas façamos outro questionamento: POR QUE Sendo o assunto decisivo Lewandowski não se mantém presidindo? Se eu, enquanto legalista, tivesse a oportunidade iria de UTI móvel.

  4. Globo, PSDB, EUA, MPF, STF e Cias, que derrubaram uma presidente honesta e colocaram o Lula sem culpa provada na cadeia tão facilmente, salvar o Moro devem considerar tarefa ainda mais fácil.

  5. Lula não sairá vivo da prisão. Nao em razão do maior adversário, a turma da LJ/Globo, mas em função do segundo maior adversário: a vaidade de gente apequenada, que adora a bajulação do PIG na proporção inversa da disposição em fazer “mea culpa”. O maior repúdio que Lula conquistou no STF foi em razão de uma verdade dita por ele num vazamento criminoso de uma conversa particular com Dilma: o STF está acovardado. Verdades como essa costumam ser insuportáveis aos mais fracos de espírito…

  6. Lula não sairá vivo da prisão, que será perpétua, conforme “socomesou” o general.
    Aliás, sempre hverá ministros “sensíveis” aos “movimentos” militaristas. Lula seguirá preso não em razão do maior inimigo político, a turma parceira da LJ/Globo; mas em razão do segundo maior adversário: a vaidade de gente apequenada, que adora a bajulação do pig na proporção inversa da humildade, da disposição em fazer “mea culpa”. O maior repúdio que Lula conquistou no STF foi em razão de uma baita verdade dita por ele num vazamento criminoso de uma conversa particular com Dilma: “o STF está acovardado”, disse o sapo barbudo que a elite não descansou enquanto não o regurgitou. As “Verdades” costumam ser insuportáveis aos ouvidos daqueles mais fracos de espírito, mesmo quando fruto de uma criminosa e ridícula bisbilhotagem, como de um copo colado à parede…

  7. Nassif: se a Matriarca dos Addams assumiu a presidência da Turma pode contar que, por ela, o SapoBarbudo apodreçe na cana. O ódio dela é visceral. Tão grande que dizem vir de outra encarnação. E tem mais, se der empate, já que um dos partícipes é amigo íntimo do Príncipe de Paris e o outro, ao que parece, tem algum “telhado de vidro” com os sabujos e os VerdeSaúvas, no voto de Minerva ela vai sentar em cima (com aquele pedido de vista, a perder de vista). Há precedentes. Pode esperar até a saida do Mello, prevista para esse ano, dê oportunidade do daBala colocar EliotNessTupiniquem (promessa de campanha) ou um barroso_qualquer_da_vida pra resolver a questão.

    Parece que pro MelianteOperárioNordestino não há salvação, pelo menos com esses seus inimigos do Çupremu. Bem feito. Quem mandou se meter a ser presidente e defender pobre? Cana nele…

  8. Depois da queda ao chão, em credibilidade e imparcialidade, que o STF experimenta, após o período de Toffoli, agora pode acontecer o início de um período de sarjeta, sob comando daquela que no quesito rejeição, pelo povo, é uma das lideranças no STF. Vai aparecer como nunca nas telinhas de seu espelho favorito.

  9. Quero lembrar a todos que o STF Pode e Deve Conceder Habeas Corpus a Lula, de Ofício, se não quiser se envolver com a Suspeição de Moro, nesse momento e não geraria quaisquer consequências pra ninguem, como aventou a Li, no 1• Comentario. Ao inverter a Pauta, Carmen mostra sua parcialidade e fidelidade com a Globo, não julgando o pedido dd Lula.

    Li tidos os comentários

  10. Art. 145. Terão prioridade, no julgamento do Plenário, observados os arts. 128
    a 130 e 138:
    RISTF: art. 125, IV (processos em pauta) – art. 129 (indicação do Relator).
    I – os habeas corpus;
    RISTF: art. 6º, I, a, II, c.
    II – os pedidos de extradição;
    RISTF: art. 6º , I, f.
    III – as causas criminais e, dentre estas, as de réu preso;
    RISTF: art. 5º, I e II (AP) – art. 6º, I, b (RvC), f (Ext), II, b e c (HC e processo
    remetido pelo Relator ou pela Turma), III, a e b (RHC e RC).

  11. DAS SESSÕES DAS TURMAS
    Art. 149. Terão prioridade, no julgamento, observados os arts. 128 a 130 e 138:
    RISTF: art. 53 (indicação do Procurador-Geral da República) – art. 125, IV
    (processo em pauta) – art. 129 (indicação do Relator).
    I – os habeas corpus;
    RISTF: art. 9º, I, a (julgamento).
    II – as causas criminais, dentre estas as de réu preso;
    RISTF: art. 9º, II, a (RHC) e III (AI e RE).
    III – as causas criminais e, dentre estas, as de réu preso;
    RISTF: art. 5º, I e II (AP) – art. 6º, I, b (RvC), f (Ext), II, b e c (HC e processo
    remetido pelo Relator ou pela Turma), III, a e b (RHC e RC).

  12. Nassif: se a Matriarca dos Addams assumiu a presidência da Turma pode contar que, por ela, o SapoBarbudo apodrece na cana. O ódio dela é visceral. Tão grande que dizem vir de outra encarnação. E tem mais, se der empate, já que um dos partícipes é amigo íntimo do Príncipe de Paris e o outro, ao que parece, tem algum “telhado de vidro” com os sabujos e os VerdeSaúvas, no voto de Minerva ela vai sentar em cima (com aquele pedido de vista, a perder de vista). Há precedentes. Pode esperar até a saida do Mello, prevista para esse ano, dê oportunidade do daBala colocar EliotNessTupiniquem (promessa de campanha) ou um barroso_qualquer_da_vida pra resolver a questão.

    Parece que pro MelianteOperárioNordestino não há salvação, pelo menos com esses seus inimigos do Çupremu. Bem feito. Quem mandou se meter a ser presidente e defender pobre? Cana nele…

  13. A suspeição é examinada individualmente. Até o presente os vazamentos só demonstram uma comunicação e conluio para prende e manter Lula preso. É certo que um juiz parcial não serve para ser juiz de ninguém mas a imparcialidade tem que ser efetiva e não potencial. Para ter nulidade há que se provar prejuízo. No caso do Lula não é difícil provar, pois muitas vezes a defesa dele fora impedida de ter acesso a documentos em tempo razoável, sendo obrigada a se manifestar sobre milhates de documentos em pouco tempo. Se um dos documentos não foram contestados por seu advogado e serbiram de base para a condenação, está comptovado o prejuízo. Portanto, a nulidade não é automática!

  14. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome