Conta da crise do Município não deve ser paga pelo servidor

A luta dos municipários para MANTER seus direitos é dramática na medida que sete (dos treze) vereadores sinalizaram que irão apoiar a proposta do Prefeito Junaro Rambo (PP). O projeto foi para Comissão e depois retornará ao Plenário para votação. E aí será possível ver quais partidos e vereadores estão com os municipários! O voto desses vereadores, caso aprovem a medida proposta pelo Chefe do Poder Executivo, trará prejuízos financeiros para muitas famílias. Qual o plano do atual gestor? Fazer caixa para apresentar serviço em ano eleitoral, tudo à custa dos servidores!

A conta da crise fiscal do Município não deve ser paga pelo servidor público. A diminuição do “custo folha”, uma opção típica do receituátio neoliberal, trará consigo forte impacto no comércio local, com a redução de consumo, alimentando a crise! O combate à opção da gestão atual somente pode ser feita – e esta sendo feita – com organização e mobilização dos municipários!

https://www.youtube.com/watch?v=QMuoUFl9t_w

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  A luta histórica de Maria Prestes pelo socialismo

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome