Coronavírus: mutação está ‘fora de controle’ no Reino Unido

Secretário de Saúde diz que nova cepa não é necessariamente mais perigosa; Holanda proíbe voos ao país e Bélgica bloqueia viajantes britânicos por 24 horas

Jornal GGN – Uma nova variação do coronavírus levou ao aumento das restrições sociais no Reino Unido durante o período do Natal, segundo anúncio do secretário de Saúde britânico, Matt Hancock.

A variação se espalha de forma mais rápida do que outras cepas, mas não é necessariamente mais perigosa. A necessidade de controle levou o país a elevar as restrições sociais para o Nível 1 em Londres e na região sudeste da Inglaterra, além de restringir a movimentação por toda a Inglaterra.

“A única maneira de fazer isso [controlar a mutação] é restringindo os contatos sociais e, essencialmente, especialmente nas áreas de Nível 4 [de restrições], todos precisam se comportar como se pudessem ter o vírus e essa é a maneira que podemos controlá-lo e manter as pessoas seguras “, disse ele, segundo informações da CNN.

Para conter a disseminação dessa variante, a Holanda proibiu todos os voos vindos do Reino Unido a partir da manhã deste domingo, enquanto a Bélgica anunciou o bloqueio de viajantes britânicos por 24 horas nesta segunda-feira (21/12).

 

Leia Também
Reino Unido amplia restrições de circulação após confirmar mutação do novo coronavírus no país
Covid-19: Índia ultrapassa 10 milhões de casos
Suíça autoriza vacina da Pfizer/BioNTech; EUA começarão distribuição da Moderna

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora