Coronavírus: Tratamento com remdesivir custa mais de R$ 12 mil por paciente

Analistas de Wall Street disseram que o medicamento pode gerar bilhões de dólares em receita nos próximos dois anos se a pandemia continuar

Jornal GGN – A empresa norte-americana Gilead Sciences fixou o preço do remdesivir – candidato a medicamento contra coronavírus – em 390 dólares por frasco. Com isso, o tratamento de 5 dias contra covid-19 custaria 2.340 dólares ou mais de 12 mil reais por paciente. A informação é da Reuters desta segunda (29).

De acordo com a agência, o preço praticado por empresas privadas de seguros dos Estados Unidos seria ainda maior: de 520 dólares por frasco, totalizando 3.120 dólares por paciente, ou mais de 16 mil reais.

O remdesivir vem sendo estudado no tratamento de coronavírus. De acordo com pesquisas iniciais, ele teria se mostrado mais eficaz que a cloroquina, reduzindo o tempo de internação em 4 dias.

Os EUA deram autorização para seu uso contra covid-19 em maio. A Gilead pediu em seguida que o Reino Unido declare o remdesivir um remédio oficial contra coronavírus.

A Gilead firmou acordo que permite ao governo dos EUA administrar a alocação do remédio em hospitais até o final de setembro. Quando o fornecimento estiver menos restrito, a empresa poderá voltar a administrar a locação. Os EUA também concederam à empresa o direito exclusivo de lucrar com o remdesivir pelos próximos 7 anos.

Segundo a Reuters, o preço do remdesivir tem sido assunto de intenso debate. “Especialistas sugeriram que a Gilead precisaria evitar criar uma aparência de que está tirando proveito de uma crise de saúde para obter lucros.”

“Analistas de Wall Street disseram que o medicamento antiviral pode gerar bilhões de dólares em receita nos próximos dois anos se a pandemia continuar.”

O remdesivir mostra como as farmacêuticas lucram numa pandemia

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

1 comentário

  1. O que esperar do Grande Irmão e suas empresas?
    Podem ir descendo as calças…e não é para tomar injeção. Ou é, mas de outro calibre.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome