“Democracia em Vertigem”: Netflix lança filme sobre colapso brasileiro

Longa "Democracia em Vertigem", de Petra Costa, elogiado no exterior, estreia na Netflix dia 19. "Democracia aparentemente estável pode cair no caos"

Da RBA

A gigante do streaming de filmes e séries Netflix anunciou o lançamento do documentário Democracia em Vertigem, da cineasta brasileira Petra Costa, no próximo dia 19. O longa retrata como o sistema político brasileiro entrou em colapso após o golpe contra Dilma Rousseff (PT), em 2016, culminando, no ano passado, na eleição de um governo de extrema-direita com Jair Bolsonaro (PSL).

 

Após sua estreia no Festival de Sundance (leia cardápio do site do festival, em inglês), nos Estados Unidos, o jornal The New York Times teceu elogios sobre o longa. “Um documentário absolutamente vital (…) Petra usa seu filme para explicar a história complicada do Brasil e avisar que mesmo uma democracia aparentemente estável e próspera pode cair no caos em instantes”, disse o crítico Noel Murray. Já a revista Variety posicionou a cineasta em uma lista de “10 documentaristas para assistir em 2019”.

A crítica mais chocante veio do portal também norte-americano Indie Wire: “Uma visão assustadoramente pessoal sobre o início de uma ditadura de extrema-direita”. Petra Costa aproveitou o envolvimento de sua família com setores políticos para aprofundar as relações de poder em sua obra. O acesso a este mundo garante uma visão pessoal para explorar a crise política instalada no país.

O tom pessoal aparece já no trailer divulgado hoje. “Eu e a democracia brasileira temos quase a mesma idade. Eu achava que nos nossos 30 e poucos anos, estaríamos pisando em terra firme. Eu tinha 19 anos quando o Lula foi eleito. Me lembro da euforia. Parecia um grande passo para a nossa democracia. Milhões de pessoas saíram da pobreza, a taxa de desemprego atingiu o menor índice da história e o Brasil emerge como um dos protagonistas no cenário mundial”, afirma a cineasta.

Leia também:  Witzel (re)abriu as portas do governo para a corrupção investigada na Lava Jato

Entretanto, algo mudou neste caminho. “Todos nós seremos julgados pela história”, afirma a primeira presidenta da história do Brasil, Dilma Rousseff. Petra segue: “Algo no nosso tecido social começa a mudar. O país se divide e esse muro da lugar a um abismo”.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

1 comentário

  1. EMPRESA SUECA BOICOTA TODOS OS PRODUTOS DO BRASIL EM RAZÃO DA FARRA DE AGROTÓXICOS DE BOLSONARO

    A rede sueca de supermercados Paradiset anunciou nesta quarta-feira (5) um boicote a todos os produtos do Brasil, em consequência da liberação recorde de novos agrotóxicos pelo governo brasileiro. Do total de 197 agrotóxicos já autorizados neste ano pelo Ministério da Agricultura, 26% são proibidos na União Europeia, em razão dos riscos à saúde humana e ao meio ambiente

    https://www.brasil247.com/pt/247/mundo/395754/Empresa-sueca-boicota-todos-os-produtos-do-Brasil-em-raz%C3%A3o-da-farra-de-agrot%C3%B3xicos-de-Bolsonaro.htm

    Pois é. Bolsonaro vai conseguir envenenar muita gente aqui no Brazil. Mas lá fora a coisa é diferente. Quanto mais agrotóxicos menos exportação para o agro negócio. É preciso desenhar? APRENDE, JUMENTO!

    2
    2

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome