Em sessão de 8 minutos, TRF-4 nega recurso de Lula no caso Atibaia

TRF-4 também rejeitou a suspensão do julgamento até que o STJ aprecie um mandado de segurança sobre a cooperação internacional irregular da Lava Jato

Foto: Agência Brasil

Jornal GGN – Em sessão que durou apenas 8 minutos, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região negou pedido da defesa de Lula para anular a validade jurídica do depoimento de delatores da Odebrecht.

O advogado Cristiano Zanin apresentou uma planilha mostrando que a Odebrecht banca um pagamento mensal para 77 delatores. Na visão da defesa, esse documenta evidencia que as delações aderiram à narrativa da Lava Jato porque os delatores tiveram uma contrapartida financeira.

O recurso foi negado por unanimidade na 8ª Turma do TRF-4, que manteve a validade dos depoimentos no caso Atibaia.

Entre outros pedidos, o TRF-4 também rejeitou a suspensão do julgamento até que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) julgue um mandado de segurança sobre a cooperação internacional irregular da Lava Jato e as relações obscuras com o FBI, DOJ e outros órgãos.

Com informações de O Globo

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora