Governo Bolsonaro veiculou campanha da reforma da Previdência em sites de fake news

Sites infantis, páginas de jogos ilegais, canais do Youtube e aplicativos em apoio ao governo também receberam verba pública pelos anúncios

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

Jornal GGN – A comunicação de Bolsonaro usou sites infantis, portais de notícias falsas, página de jogos ilegais, canais do Youtube e aplicativos de apoiadores do governo para disseminar anúncios sobre a reforma da Previdência em 2019. As informações são da Folha de S. Paulo. 

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Fake News, tão temida pelo clã de Bolsonaro, deve receber os relatórios da Secretaria Especial de Comunicação da Presidência (Secom), que só enviou os dados solicitados pelo Serviço de Informação ao Cidadão, após determinação da Controladoria-Geral da União (CGU).

De acordo com a reportagem da Folha, os anúncios para promover a reforma da Previdência foram veiculados às páginas da web por meio do Google Adsense. Em maio passado, a Secom anunciou que gastaria R$ 37 milhões na campanha publicitária.

Entre os 20 canais que mais veicularam os tais anúncio, 14 são destinados ao público infantil e juvenil, como o Kids Fun, Turma da Mônica e Planeta Gêmeas. Desses, o Get Movies, site de conteúdo para crianças e em russo, foi um dos que mais receberam pela publicidade.

A campanha também foi veiculada no site resultadosdobichotemporeal.com.br, que mostra os resultados de jogo do bicho, prática considerada ilegal no país. Os sites de notícias falsas Sempre Questione e Diário do Brasil fazem parte das organizações que receberam parte do montante. 

Ainda, canais do Youtube em apoio a Bolsonaro, como o Terça Livre e Bolsonaro TV, além de aplicativos como “Top Bolsonaro Wallpapers” e “Presidente Jair Bolsonaro”, constam nos relatórios de publicidade da reforma da Previdência da Secom.

Questionada pela Folha, a Secom respondeu, em nota, que “a plataforma de anúncios da Google atua automaticamente a partir de parâmetros para a entrega do conteúdo publicitário aos públicos de interesse. As definições são abrangentes e não determinam com exatidão o local na internet em que o anúncio será veiculado. Porém, neste caso específico, buscou-se perfis reconhecidos pela ferramenta do Google que tenham afinidade para o tema “Previdência” e demais correlações de acordo com sintaxe para o tema da campanha”.

Contudo, na plataforma de anúncios do Google Adsense, o anunciante escolhe o público que quer atingir, em que tipos de sites não quer que sua campanha seja veiculada e quais palavras-chave devem ser vetadas. 

O GGN PREPARA UMA SÉRIE DE REPORTAGENS E VÍDEO SOBRE A TRAJETÓRIA DE SERGIO MORO, CONTADA SEM OS RETOQUES DA GRANDE MÍDIA. SAIBA MAIS SOBRE O PROJETO AQUI.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

4 comentários

  1. Cada vez mais, a mentalidade de um estado miliciano e imoral fica exposto. O que precisa mais? O PNAM (Plano Nacional de Apoio ao Milicianismo)?

  2. OBS: SE PREFERIREM por segurança não desbloquear e deixar visível este comentário, ok.

    Estes sites de jogos ilegais, diga-se, jogo do bicho seria uma forma de pagar com dinheiro público ao Adriano da Nóbrega, já que ele trabalhou para bicheiros do jogo?
    O site resultadosdobichotemporeal recebeu 319.082 anúncios, segundo a planilha enviada pela Secom.

    Ex-capitão Adriano da Nóbrega já chefiou escolta de bicheiro morto ao deixar Sapucaí
    https://extra.globo.com/casos-de-policia/ex-capitao-adriano-da-nobrega-ja-chefiou-escolta-de-bicheiro-morto-ao-deixar-sapucai-rv1-1-24278701.html

    De quem é o registro do domínio resultadosdobichotemporeal.com.br? O registro é de 2017, então a página com este domínio é posterior

    https://registro.br/tecnologia/ferramentas/whois/?search=resultadosdobichotemporeal.com.br

    Vocês que são investigadores, podem ir mais fundo.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome