“Kardec é um filmaço e deve ser assistido por todos, independente da religião”

Kardec tem o coração e a alma no lugar certo, e garante com honestidade um discurso altruísta e amoroso, muito necessário – cada vez mais – atualmente

Jornal GGN – Jonas Laskouski escreveu no site Se Liga uma crítica a respeito da “superprodução nacional Kardec, um filme que tem todos os atributos de um longa-metragem imponente: fotografia, direção de arte, figurinos e locações, todos cuidadíssimos (filmado parcialmente em Paris), além do uso de efeitos visuais eficientes. Tudo para contar a vida do lendário Allan Kardec, fundador da doutrina espírita.”

Segundo o autor, a obra chama atenção pela “recriação de época”. “Somos transportados para a França de 1800, de forma indefectível. Kardec relata um período histórico, refletindo costumes sociais de uma época, que se tornam por si só uma experiência atrativa para os estudiosos e entusiastas do tema, independente de crenças e religiões.”

 

No filme, Kardec é retratado como “uma personalidade icônica”, em tempos em que produções com mensagens religiosas enchem os cinemas de seguidores. “Kardec tem o coração e a alma no lugar certo, e garante com honestidade um discurso altruísta e amoroso, muito necessário – cada vez mais – atualmente.”

“Baseado no livro de Marcel Souto Maior, quem comanda o espetáculo é o cineasta Wagner de Assis, acostumado a lidar com personalidades maiores que a vida, sejam elas rainhas do entretenimento como Xuxa Meneghel (a quem dirigiu em alguns filmes) ou espíritos em uma jornada transcendental para o outro lado. Mas sim, como afirmou o próprio diretor, o segredo está em humanizar tais figuras, as descendo do pedestal e apresentando todas as suas falhas, inseguranças e frustrações.”

Leia mais.

 

7 comentários

  1. E por falar em filme… a casa do “Plot Against America” da HBO no ano que vem… eh a minha!!!

    Nao posso falar nada que vi na filmagem mas espero que pelo menos eles reproduzam as janelas norte da sala, sao dos anos 40 mesmo e sao facinhas se reproduzir em papel transparente e fita adesiva preta. (So precisavam da parte de fora e embora eu tivesse oferecido a sala, seria claustrofobico remains para equipe de filmagem, que pena.)

    Gastaram um dinheiro preto na cidade, estou felicissimo!

  2. ““Kardec é um filmaço e deve ser assistido por todos, independente da religião””

    Sério? ATÉ SATANISTAS? OH GLORIA VERMELHA!

    Que bom! Finalmente um filme plural que não se aproveita da Onda Satanofóbica que se estende há milênios!

  3. Eu vou assistir esse filme, e quanto ao Divaldo Pereira Franco tem mais e que marcar um encontro com própria consciência ……Venerando Juis Sergio Moro….velho canalha espirito de porco…

  4. Kardec é um filme extraordinário. Mostra o humanista e professor Rivail, tal como é, humano, generoso, fiel as evidências, contribuindo com a humanidade para as máscaras do materialismo e fanatismo. Homem de ciência e ao mesmo tempo o escolhido por Deus e Jesus para codificar a Doutrina prevista pelo Mestre Nazareno em que o Espírito da Verdade viria no tempo oportuno trazer a humanidade as luzes do conhecimento e da verdadeira interpretaçao do Evangelho Redentor. Mesmo sendo famoso professor escolheu o anonimato com o codnome Kardec, que era como era chamado quando Sacerdote Druida em vidas passadas.Viva Jesus, viva Kardec, viva a Sagrada Doutrina Espírita.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome