Marco Aurélio expõe decisão sobre depoimento escrito de Bolsonaro e irrita ministros

Decisão de Marco Aurélio é contrária à determinação inicial do relator do caso na Suprema Corte, ministro Celso de Mello

Nelson Jr./SCO/STF

Jornal GGN – A atitude do ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), de levar ao plenário virtual da Corte a determinação sobre o depoimento de Jair Bolsonaro (sem partido) no inquérito que apura sua suposta interferência nos trabalhos da Polícia Federal deixou os ministros ‘irritados’ e ‘dividiu o Supremo’, de acordo com informações de Daniela Lima, âncora da CNN. 

Na última quinta-feira, 17 de setembro, Marco Aurélio atendeu pedido da Advocacia-Geral da União e suspendeu o depoimento presencial de Bolsonaro, que deveria acontecer entres os dias 21 e 23 de setembro, por decisão do ministro e relator do caso, Celso de Mello, que obrigou o mandatário ser interrogado presencialmente. 

Marco Aurélio derrubou a ação até que o plenário do STF pudesse decidir sobre as imposições do mandatário. Hoje, o ministro decidiu tornar público seu voto e voltou a defender que Bolsonaro possa depor por escrito

No entanto, a decisão de Marco Aurélio só foi possível porque ele assumiu o caso, já que Celso de Mello entrou de licença médica. 

Segundo a CNN, a atitude de Marco Aurélio Mello foi criticada porque os ministros não querem discutir uma decisão do decano do Supremo sem que ele esteja presente.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Alexandre de Moraes é novo relator das acusações de Moro contra Bolsonaro

2 comentários

  1. Porque o Bolsonaro tem medo de depor presencialmente?

    Ele deve continuar sem tempo de sair, como quando aconteceu do Queiroz depositar o cascai na poupança da mulher dele

    “Eu podia ter botado na minha conta. Foi para a conta da minha esposa, porque eu não tenho tempo de sair. Essa é a história, nada além disso”. Bolsonaro, justificando porque Queiroz depositou 24 mil reais na poupança da sua esposa.

    Eu não tenho tempo de sair mas quem quiser pode fazer depósitos na minha conta bancária.

    O gado se convence.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome