Ministra da Agricultura cria normas que facilitam burlar licenciamento de agrotóxicos

Não haverá como o Ministério Público não entrar nessa questão. A Ministra Tereza Cristina tem o controle das gavetas - isto é, do processo burocrático interno.

A portaria 43 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) promete destruir definitivamente o controle da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Segundo a portaria, se o próprio MAPA, através da Secretaria de Defesa Agropecuária, não analisar o pedido de licenciamento em 60 dias, o agrotóxico será automaticamente aprovado.

Não haverá como o Ministério Público não entrar nessa questão. A Ministra Tereza Cristina tem o controle das gavetas – isto é, do processo burocrático interno. Bastará atrasar com pedidos burocráticos, para que o prazo seja descumprido e o licenciamento concedido compulsoriamente.

Tereza Cristina será um prato cheio para o MPF, quando deixar o governo.

 

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

euclides de oliveira pinto neto

- 2020-03-03 03:09:24

Somente depois que ela sair do "governo" ? E nesse ínterim, todos os agrovenenos estarão sendo distribuidos para os brasileiros... tudo dentro da lei, não é mesmo ? $$$$$erá que têm alguém levando "algum" ?!?! Nesse governo "anti-corrupção", tudo pode acontecer...

Arthemisia

- 2020-03-01 07:19:59

A delinquência segue livre, leve e solta. Por que o MPF tem que esperar ela sair do cargo? Se não faz nada agora, não fará depois.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador