Moro avisa à imprensa que não vai comentar nada sobre dossiê Intercept

"Reitera-se a necessidade de que o suposto material, obtido de maneira criminosa, seja apresentado a autoridade independente para que sua integridade seja certificada"

Jornal GGN – O ex-juiz e ministro da Justiça Sergio Moro emitiu nota, segundo publicações deste sábado (15), avisando que não se pronunciará sobre o mérito das novas mensagens divulgadas pelo Intercept na noite anterior.

Moro ainda está agarrado à tese de que o dossiê é fruto de crime de hacking e que as conversas com os procuradores de Curitiba – que mostram conluio entre Juízo e acusação – foram supostamente adulteradas.

O ministro da Justiça, que comanda a Polícia Federal, insiste em periciar o dossiê do Intercept.

Leia a nota:

“O Ministro da Justiça e Segurança Pública não reconhece a autenticidade e não comentará supostas mensagens de autoridades públicas colhidas por meio de invasão criminosa de hackers e que podem ter sido adulteradas e editadas. Reitera-se a necessidade de que o suposto material, obtido de maneira criminosa, seja apresentado a autoridade independente para que sua integridade seja certificada.” 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Clipping do dia

26 comentários

    • Será que quando começarem a ser divulgados os áudios, a globo vai recorrer ao Molina ou já ficaram bastante comprometidos depois da história da bolinha de papel na careca do Serra?
      Provável que irão pegar algum intérprete do Duck Donald para disfarçar.

  1. Como na fábula do “O Rei está nu”, The Intercpet Brasil fez o papel do menino que gritou que o Rei estava nu, todo mundo via, mas fingia que não percebia. Nesse caso todo o judiciário sabia das ilegalidades cometidas por Moro, mas como o Lula era o inimigo comum, nada fizeram. Só que agora a merda foi jogada no ventilador internacional devido a reputação do The Intercept. Quem está na berlinda internacionalmente não é somente o Moro, mas todo o sistema judiciário brasileiro.

  2. Como disse o jornalista, sociopata mentiroso.
    Negará até a mãe se for da sua conveniência.
    Ou seja, continua com o mesmo mote utilizado para condenar o Lula: “Não vem ao caso”.
    Jamais admitirá sua criminalidade.
    E, como emburreceram e idiotizaram a população, ainda posa de ministreco da extrema direita.
    Tão calhorda que (ainda) se presta ao beijão dos olavetes terraplanistas.
    Mais criminoso, impossível.

    • Porque o Moro absolveu a mulher do Cunha ? Porque Moro não prendeu a filha do Sarney transferindo o processo dela para o Estado do Maranhão ? Porque o STF soltou o Aécio
      Juliano, tem que condenar com provas, vc não tem que achar nada ! Vc tem que achar provas e levar lá ! Até porque a Vaza Jato não conseguiu achar provas, o que vc acha sobre provas ? encaminha para Curitiba !

  3. Ele disse que não via nada de mais nas mensagens trocadas mas agora já vê conduta ilícita e diz que ela foi adulterada?

  4. Há algo que me inquieta neste imbróglio, como é que ainda não apareceu nem uma entrevista com um único juiz / desembargador perguntando se considera normal a atitude do ministro. E olha que em atividade são mais de dezoito mil.

    • E agora voce sabe a razao da Turkia tee despedido 10 mil “pessoas” do judiciario as primeirissima tentativa de golpe…

  5. Seria possível o Greenwald chamar uma instituição internacional com reputação para avaliar o material junto com as instituições brasileiras corruptas sem reputação ???
    Convidaria toda a imprensa brasileira e faria tudo ao vivo !! Que mau seria para essa quadrilha.

  6. Seria interessante esse hakiador divulgasse por exemplo como a corrupção se tornou podre no governo da esquerda como os acordos as negociatas as pedaladas fiscais chamadas de contabilidade criativa…emprestimos p paises ditatoriais Angola cuba venezuela guine equatorial…e

    1
    9
  7. Seria interessante esse hakiador divulgasse por exemplo como a corrupção se tornou podre no governo da esquerda como os acordos as negociatas as pedaladas fiscais chamadas de contabilidade criativa…emprestimos p paises ditatoriais Angola cuba venezuela guine equatorial…e por ai foi.

  8. Há que se apontar o método utilizado. Ao ter o poder de pautar ao noticiário, Moro mantém a retórica em acordo com o interesse semântico de seu sofisma, para, ao final da sentença, dizer que não disse que Lula era dono específico do tríplex, assim afasta a argumentação técnica da defesa e o condena por atos de ofício indeterminado. O tempo todo esteve dentro da retórica sofista, pois sabia que estava usando uma mentira, mas tendo como suporte a grande imprensa que produzia o sentido semântico de culpado no meio social. Para mim é estrutura e método de aplicação do lawfare: Moro nunca foi juiz, fez parte ativa no processo incriminatório/acusador, isso por um argumento sofista e baseado em efeitos semânticos ao corpo social através da mídia corporativa.

  9. Mas cadê esses diálogos? O áudio ou pelo menos o texto, validados pelo Telegram e por algum peritos ou peritos? Porque escrever qualquer coisa num jornal é muito fácil…

  10. Mas cadê esses diálogos? O áudio ou pelo menos o texto, validados pelo Telegram e por algum peritos ou peritos? Porque escrever qualquer coisa num jornal é muito fácil….

  11. é questão de tempo o desmascaramento total da república de
    curitiba, pois tem gente ainda anestesiada
    pelas mentiras repetidas exaustivamente pela
    grande midia golpista durante anos e
    anos em conluios evidentes
    com essa elite burocrata do atraso e com a
    elite da financeirização e da entrega do país aos estrangeiros……..

  12. Nassif,
    Esta afirmação grosseira parece uma piada. Acabou a blindagem deste idiota, que sozinho não é capaz de chegar na esquina.
    Só não entendo como se consegue prevalecer com uma versão completamente fantasiosa sobre alguém como este provinciano medíocre, será que ninguém se recorda da CPI do Banestado ?

  13. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome