Neto de Lula, de 7 anos, morre de meningite nesta sexta

O neto de 7 anos do ex-presidente Lula, Arthur Araújo Lula da Silva, faleceu nesta sexta-feira

Foto: AFP

Jornal GGN – O neto de 7 anos do ex-presidente Lula, Arthur Araújo Lula da Silva, faleceu nesta sexta-feira (01), vítima de meningite meningocócica, por volta das 12h no Hospital Bartira, em Santo André, ABC Paulista.

O neto do ex-presidente havia dado entrada por volta das 7h20 desta manhã na clínica da rede D’Or, mas teve o quadro agravado, falecendo há poucos minutos.

Arthur apresentava os sintomas da inflamação das meninges, doença que é causada por vírus ou bactérias que atingem a parte do cérebro. Febre, dor de cabeça, vômitos, náuseas, rigidez na nuca são alguns dos sintomas.

Filho de Sandro Luis Lula da Silva, a morte do neto ocorre somente um mês após a morte de outro familiar de Lula, o irmão Genival Inácio da Silva, o Vavá.

Após saber da notícia, a defesa de Lula pediu a liberação da Justiça Federal do Paraná para que o ex-presidente possa comparecer ao velório e ao enterro do neto. O menino de 7 anos chegou a visitar seu avô em dois momentos na sede da Polícia Federal em Curitiba, no ano passado.

Quando o irmão de Lula, Vavá, faleceu, a Justiça não havia liberado a saída da prisão de Lula porque, segundo a Vara de Curitiba, faltava no momento aeronaves e equipe de segurança para acompanhar. Mas o ministro do Supremo, Dias Toffoli, acabou autorizando a liberação do ex-presidente, mas sem que o ex-presidente pudesse comparecer, já que foi liberado quando faltava dez minutos para o enterro.

Leia também:  Multimídia do dia

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

12 comentários

  1. Meus sinceros sentimentos para a família LULA DA SILVA. Que DEUS conforte seus corações.
    Tenham cuidado quando forem dar esta triste noticia ao avô LULA.

  2. Pera lá, que esse espaço aqui não é a folha de sao paulo!!! Dizer que o ministro Dias Toffoli liberou Lula é falso, pois essa liberação só saiu muito tarde, impedindo o Lula de participar do velório. Alem disso, para que Lula estivesse presente, Toffoli exigiu que o velório fosse transferido para um quartel.

  3. Se não puderem impedir a ida do Lula ao velório do neto, o Judi$$iario e o inútil e corrupto MP, provavelmente, montarão uma operação de guerra com soldados fantasiados como se estivessem indo ao Vietnã. São muito valentes para agredir o próprio povo, porém se borram de medo ao sinal de qualquer resistência. Que o diga o Maduro! O mesmo vale para o exército brasileiro, que vive caçando comunista, e adora uma missão da ONU, onde a grana é fácil e o risco é zero. Só são corajosos quando para é deitar o cacete no lombo do povo que lhes dá o sustento.

  4. Lula, seja forte, sei que é muito duro ver tanta injustiça contra você e sua família. Lembro de uma declaração sua que tinha 35 horas de Jornal Nacional contra. E mesmo assim liderava todas as pesquisas. O povo lhe ama. Lula está sentindo na pele as consequências de sempre ter procurado ser um conciliador. A nossa elite é de origem escravocrata. Quando o vê no palácio diz que esse lugar é para os deles e não para um operário nordestino. Lula tomou na vivência prática todos os aprendizados da sociologia do poder. A hegemonia eleitoral não é a hegemonia do poder. Por isso que temos que continuar na batalha e o Brasil ainda precisa muito do Lula. Aos pais do pequeno Arthur todo nosso amor e força também. Fé em Deus sempre.

  5. Boa tarde. Pelo ultimo parágrafo ficou parecendo que o ministro cafajeste liberou o Presidente Lula para ir ao enterro do irmão, mas não foi bem o que aconteceu. Vamos ver dessa vez.

  6. É assim que tentam fragilizar o presidente Lula.Mas o presidente Lula é diferente.Nasceu e cresceu nas adversidades e,em cada uma delas,tornou-se mais forte e admirado pelo país e pelo mundo

  7. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome