O absurdo do MPF participar das decisões técnicas do BNDES

Esse absurdo foi taxado pelo PGR Augusto Aras, como democracia participativa. “É o MP participando da tomada de decisões políticas relevantes para a sociedade e o Estado brasileiros, visando reduzir os efeitos da grave crie causada pela Covid-19”, disse ele, segundo nota do MPF.

O Ministério Público Federal, Controladoria Geral da República e Tribunal de Contas da União provocaram, desde algum tempo, o chamado apagão das canetas. Nenhum funcionário público tem coragem de assinar qualquer coisa, com receio das interpretações enviesadas dos órgãos de controle, dispostos a criminalizar a menor irregularidade burocrática. O caso do reitor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) foi emblemático. E também a medida arbitrária da condução coercitiva de 36 funcionários do BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social), sob cobertura intensa de rede Globo.

Hoje em dia, qualquer documento mal preenchido, mesmo sem consequência prática nenhuma, é criminalizado.

Agora se chegou ao cúmulo, do BNDES colocar o MPF para participar das decisões de financiamento, a pretexto de prevenir futuras ações. É o fim!

Esse absurdo foi taxado pelo PGR (Procurador Geral da República) Augusto Aras, como democracia participativa. “É o MP participando da tomada de decisões políticas relevantes para a sociedade e o Estado brasileiros, visando reduzir os efeitos da grave crie causada pela Covid-19”, disse ele, segundo nota do MPF.

Já transformaram procuradores da Lava Jato em auditores, sem ter a menor noção do trabalho, apenas como blindagem contra ações do MPF. A decisão, agora, de incluir procuradores na definição de políticas de crédito vai travar completamente os trabalhos.

Trata-se de uma corporação que demonstrou não ter o menor conhecimento sobre operações de financiamento à exportação e outras linhas normais, criminalizando todas. Que procurador vai colocar-se na reta, agora, em cima de questões que exigem conhecimento técnico?

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora