O problema com o linchamento de Suzy é que ele é “hipócrita”, diz advogado

Quem clama pelo linchamento da trans Suzy, que apareceu no Fantástico, lavará as mãos de sangue diante do presidente cujo ídolo (Ustra) torturara grávidas?

Jornal GGN – O advogado Thiago Amparo, que trabalha com direitos humanos, escreveu na Folha de S. Paulo desta segunda-feira (9) que é “hipocrisia” o linchamento público da trans Suzy de Oliveira, personagem de uma matéria do Fantástico com Drauzio Varella.

Suzy comoveu parte da sociedade depois de dizer, na reportagem televisiva, que há 8 anos não recebe visitas no cárcere. A solidariedade com a trans cedeu lugar para os ataques na internet quando seus crimes vieram à tona: ela estuprou e sufocou até a morte um menino de 9 anos, em 2010. Está presa desde então.

Para Ventura, o caso mostra como o senso comum flerta constantemente com o horror da violência, através do desejo por linchamentos nas redes sociais, em vez de acenar à razão e à humanidade. Mas, além disso, o linchamento em si é “hipócrita”.

“O problema com linchamento, embora sedutor, é que ele é invariavelmente hipócrita. Da violência horrenda contra uma criança, ministros e deputados armam uma plataforma política que pouco tem de solidariedade real com a família da vítima. Quem hoje clama por linchamento público lavará suas mãos de sangue diante do presidente cujo ídolo (Ustra) torturara mulheres grávidas, e cujo estadista preferido (Stroessner) estuprara crianças em série? Quem dera pudéssemos olhar a nós mesmos no espelho e percebermos que à violência do crime de Suzy nos cabe impor a lei e não igual violência.”

Para ele, não é possível confundir “linchamento com punição”, nem “tratar o outro humanamente com condescendência pelo ato que tenha cometido”.

Leia também:  Guedes confirma fim do auxílio, mas congressistas querem prorrogação

“O que momentos de linchamento como esse requer de nós é que sejamos os poucos a não o aplaudir. Aí mora nossa humanidade”, concluiu.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

2 comentários

  1. não eh linchamento do travesti, e, sim, uma contestação a uma pseuda matéria jornalistica feita por um médico midiático, que não informou corretamente seus telespectadores, fazendo uma materia com clima de apelação, se fosse um outro apresentador seria linchado, por fazer matéria apelativa e com um psicopata. eh só isso, ninguem quer linchar a suzy, ele,ela esta pagando pelo seu erro, que foi,sim hediondo

    • Concordo com o Walter. O advogado não entendeu nada! Como sempre, belas palavras, que nada somam. E mais uma vez envolvendo ideologia política. A culpa é do Ustra!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome