Para Maia, reforma tributária deve vir à frente da autonomia do BC na Câmara

Uma das bandeiras da equipe de Paulo Guedes, projeto já foi aprovado pelo Senado e precisa da sanção dos deputados para virar lei

Foto: Reprodução

Jornal GGN – O projeto que propõe a autonomia do Banco Central só deve avançar na Câmara dos Deputados após a reforma tributária, pelo menos do que depender do presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

“Aceito votar autonomia do Banco, aceito, é claro, votar os depósitos voluntários, mas aí temos que organizar melhor a pauta até o fim do ano. É só o governo ter boa vontade na reforma tributária”, disse Maia, ao participar de evento organizado pelo banco Itaú, nesta sexta-feira, 6. “A reforma tributária tem importância muito maior que autonomia do Banco Central”, disse o deputado, segundo informações do jornal O Estado de São Paulo.

Além de estipular mandatos fixos para a diretoria da autoridade monetária, o texto mantém o controle dos preços como objetivo principal, mas estabelece duas metas acessórias: suavizar as flutuações do nível de atividade econômica e fomentar o pleno emprego no País – o governo concordou com a redação da proposta, embora o BC seja historicamente oposto a ampliar o escopo da atuação.

O projeto de autonomia do Banco Central é apontado como uma das bandeiras da equipe econômica do governo Bolsonaro, e tem sido defendido por agentes do mercado financeiro.

 

Leia Também
Captura da constituição e manobras desconstituintes: crônica do Brasil contemporâneo, por Cristiano Paixão
Movimentos por contestar vitória de Biden são criticados no Itamaraty
IBGE revisa PIB de 2018 para crescimento de 1,8%
Entidades repudiam violências durante a audiência do caso Mariana Ferrer
IPCA fecha outubro com maior alta para o mês desde 2002

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  GGN Covid Brasil: atualização das estatísticas mostra explosão de casos e óbitos

3 comentários

  1. O banco itaú organiza um evento para seletos convidados, na banquinha frutas e verduras da estação sem alternativas de escolha.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome