Para ministro da Economia, país está ‘voltando em V’

Paulo Guedes diz que PIB “veio um pouquinho abaixo do esperado”; Secretaria de Política Econômica diz que dados mostram rota sem necessidade de auxílio

Paulo Guedes, ministro da Economia. Foto: Marcos Corrêa/PR

Jornal GGN – O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou na tarde desta quinta-feira (03/12) que o crescimento de 7,7% apresentado pelo PIB (Produto Interno Bruto) no terceiro trimestre mostra que a atividade econômica está “voltando em V” – isto é, retomando o crescimento após um quadro de recessão.

“Veio um pouquinho abaixo do esperado, mas o fato é que a economia está voltando em V, realmente está voltando”, afirmou a jornalistas, segundo a Agência Brasil.

Segundo o jornal O Globo, a Secretaria de Politica Econômica disse que o desempenho do PIB no terceiro trimestre confirma o caminho para que a economia “continue avançando no primeiro semestre de 2021 sem a necessidade de auxílios governamentais”, como o auxílio emergencial.

O ministro comentou o pedido do Fundo Monetário Internacional (FMI) para que o Brasil estenda as medidas de ajuda durante a pandemia em 2021. Segundo Guedes, o governo brasileiro está fazendo exatamente isso, ao estender o auxílio emergencial até dezembro deste ano pagando metade do valor do benefício.

“O FMI está sugerindo o que nós estamos fazendo: que a retirada dos auxílios seja gradual. É exatamente isso que estamos fazendo. A retirada está sendo gradual como eles recomendaram, tanto que saiu uma apreciação deles elogiando o programa brasileiro”, afirmou o ministro.

Guedes ressaltou que, atendendo a recomendação do Tribunal de Contas da União (TCU), o governo apresentará uma meta de déficit primário para 2021, uma vez que a recuperação da economia no terceiro trimestre reduziu as incertezas e permitiu à equipe econômica projetar uma meta. “Com a economia voltando e se firmando, agora teremos a possibilidade de rever as previsões de receitas e anunciar a meta. Vamos falar com o TCU sobre isso”, disse Guedes na portaria do Ministério da Economia.

 

Leia Também
Economia pós-pandemia: o impacto da austeridade fiscal e os direitos sociais
Preço global dos alimentos atinge seu maior valor em quase seis anos
PIB encerra terceiro trimestre com crescimento de 7,7%

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora