Tales Faria: Ministros do STF discutem anular decisões da Lava Jato

Ideia de que a invasão de privacidade e vazamento ilegal das mensagens podem impedir ações contra a Lava Jato não está no radar dos ministros, diz jornalista

Jornal GGN – O jornalista Tales Faria reportou na manhã desta segunda (10) que alguns ministro do Supremo Tribunal Federal já discutem anular decisões tomadas no âmbito da Lava Jato em instâncias inferiores.

As conversas de bastidores no STF são reação às reportagens do site The Intercept, que na noite de domingo (9) revelou provas bombásticas de atuação de Sergio Moro como auxiliar de acusação junto ao Ministério Público Federal, prática considerada ilegal.

Moro e a força-tarefa do MPF rebateram a denúncia do Intercept tentando naturalizar a relação (conluio, na verdade) e apontando para a invasão de privacidade e vazamento ilegal das mensagens trocadas em grupos no Telegram.

Segundo Faria, ministros do STF acreditam que o vazamento será usado para afastar Moro e os procuradores de Curitiba de uma punição no Conselho Nacional de Justiça e no Conselho Nacional do Ministério Público, embora seja “duvidoso” que isso aconteça, dada a repercussão do escândalo da “Vazajato”.

Já dentro do STF, a expectativa é de que as conversas devem “servir para anular alguns dos processos ali tratados. É o caso, por exemplo, do processo sobre o tríplex no Guarujá, em que a Lava Jato acusa o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de ter recebido o imóvel como propina.”

O jornalista lembrou que “a heterodoxia de Moro no caso da Lava Jato não agrada parte da Corte já há algum tempo. Mas os defensores da operação Lava Jato têm formado maioria até agora, o que serviu para blindar Moro e os procuradores.”

10 comentários

  1. Desde sempre comento aqui que este moro é o maior FDP que pisou nestas terras e que este dellagnol é um débil mental.
    O tempo é implacável.
    Pena que o morogaste não servirá de nada pois o “com stf, com tudo” blindará os bandidos.
    Anular a farsa jato seria como admitir que são todos bandidos ou, no mínimo, uns incompetentes.

    Também já afirmei diversas vezes que TODOS da farsa jato deveriam ser fuzilados.
    A prisão ilegal do Lula é o menor dos crimes destes canalhas, canalhas, canalhas.

  2. “A imparcialidade da atuação da Justiça é confirmada por inúmeros pedidos do Ministério Público INDEFERIDOS, por 54 absolvições de pessoas acusadas, e por centenas de recursos do Ministério Público”, diz a nota do Ministério Público Federal

    “Em outra conversa sobre assuntos da operação naquela época, Dallagnol disse a Moro:

    “Foram pedidas oitivas na fase do 402, mas fique à vontade, desnecessário dizer, para INDEFERIR. De nossa parte, foi um pedido mais por estratégia”.

    Moro respondeu: “Blz, tranquilo, ainda estou preparando a decisão mas a tendência é indeferir mesmo”.

    Os indeferimentos de pedidos formulados pelos Procuradores da Lava Jato, não quer dizer imparcialidade, pois os pedidos indeferidos eram estratégicos e o indeferimento era combinado.

  3. Vão usar a revelação do conluio pra soltar Cunha mas vão manter Lula e dirceu presos afinal o “crime” deles é ser de esquerda… E nenhuma punição pros que quebraram a engenharia nacional, a indústria naval, a nuclear, a Petrobras e os empregos…

  4. A turma do Instituto Millennium deve estar desde ontem a noite em reuniões frenéticas com a direção da Globo, tratando de como esvaziar as denúncias para continuar a blindagem do Moro e companhia. E manter o Lula preso.

  5. O iluminista Luis Roberto Barroso deve estar “escandalizado” com o comportamento amoral dos seus boys da Lava Jato. Como deixaram vazar isso…. Adaptando um velho adagio: vazamento no olhos dos outros é refresco. Agora Moro, Dallagnol e demais operadores provam do proprio veneno.
    Na França, a imprensa parece espantada. O jornal Le Monde agora entendeu quando falavamos em lawfare e esta muito sem graça.
    Ja os boys da Lava Jato e seus servidores vão minimizar ao maximo porque não tem outra saida, mas esse é de fato é o grande escândalo do ultimos tempos.

  6. Entendo que haverá JUSTIÇA se tivermos as seguintes consequências:
    (1) ANULAÇÃO de todos os processos julgados na LavaJato. O STF poderia constituir um grupo de juízes para fazer novo julgamento, caso a caso, com base nos autos existentes.
    (2) ANULAÇÃO das eleições de 2018, porque o poder Judiciário foi instrumentalizado para impedir que o povo escolhesse de forma livre e soberana. Eleições livres para Câmara, Senado e Presidência.
    (3) PRISÃO PREVENTIVA para Moro, Dallagnol e todos os membros da República de Curitiba, a fim de impedir a continuidade dos crimes e obstrução da Justiça.

  7. Uma velha era toma conta dum país em estado adiantado de falência dos seus órgãos

    Todo o sistema político, económico, jurídico, policial, empresarial, ideológico, militar e jornalístico no Brasil, está bichado
    Em última instância, até o povo ficou bichado
    No momento não há remédio para combater esta súbita pandemia que contaminou todos os órgãos do país
    Algumas cabeças ainda não contaminadas, tentam perceber este ocaso panteológico
    Um estado físico, um estado geográfico, um estado constitucional, um estado democrático foi atacado por vários e ilegais estados paralelos
    Não se sabe, se há comunhão entre esses diferentes vírus, pseudo-sociológicos, ou se cada um nasceu à revelia e os outros lhe raptaram as sombras
    Não se sabe, o grau de aleatoriedade ou a potência de conluio que presidiu ao aparecimento da referida conturbação
    Sabe-se apenas que a nação está sedada e internada no mais sofisticado laboratório da medicina política mundial
    Sim, Mundial
    O Brasil era um elo forte da comunidade internacional

    Talvez um dia, – que não seja tarde – apareça o antídoto, revelador e curador das mazelas desde imenso país, carcomido pelo vírus duma imensa idiotia

    Que sejam benditos, todos os que o querem salvar
    Que sejam malditos, todos os que o querem matar

    Edmundo Travessas

    Paris, 1 de Janeiro de 2019

  8. A PERGUNTA QUE INSISTE EM NÃO CALAR
    Afinal, que Moro é criminoso, todos já sabemos, eis que os ministros Teori e Marco Aurélio declararam isso e não desmentiram quando a imprensa publicou o que eles disseram. Mas pode ser também um ASSASSINO? Ou seja, quando Teori deu um puxão de orelhas público em Moro e Moro pediu desculpas, admitindo culpa pelo fato de ter gravado e vazado criminosamente conversa telefônica da Presidenta Dilma com Lula, evidentemente Teori foi muito paizão e deixou barato, para Moro, uma punição que deveria ser exemplar. Mas daí que Moro jamais poderia levar um novo puxão de orelhas, pois aí sim ele corria sério risco de ser punido, principalmente com o afastamento de Moro do processo contra Lula. Mas como Moro poderia condenar Lula sem provas? Obvio, só forçando a barra no descumprimento da Lei Penal, não respeitando devidamente o direito de defesa, chegando até mesmo a gravar os telefones dos advogados da defesa de Lula…coisas assim que fizeram com que até a Interpol questionasse os métodos ilegais de Moro (e que moro não tivesse coragem de desmentir a Polícia Internacional) Ou seja, ele teria que continuar delinquindo e o novo puxão de orelhas era só questão de tempo. Mas daí o avião do Teori cismou de mandar o ministro pro inferno mais cedo…pro inferno porque se ele, ministro, tivesse botado Moro no devido lugar, desde o primeiro e único puxão de orelhas, Lula não estaria preso, seria o atual Presidente do Brasil, e nós não estaríamos assistindo ao desgoverno Boçal destroçar com o país…depois de toda safadeza feita por Temer nesse sentido. Mas que cara de sorte esse Moro, hein! Quem lhe daria o devido puxão de orelhas fatal morre e uns apressadinhos contam que tudo foi só acidente. Pra bobos acreditarem, claro, pois embora não tenhamos prova, há muita convicção de que alguém mandou dar um jeitinho no téco-téco. Bom, quem mandou matar Teori tá difícil de saber, mas o grande beneficiado foi MORO. E daí vem a pergunta, de novo: será que além de criminoso…? Bom, que esse canalha não é flor que se cheire, não é. Mas que cairia bem uma investigação séria do tal “acidente”, cairia hein!!!

  9. A PERGUNTA QUE INSISTE EM NÃO CALAR
    Afinal, que Moro é criminoso, todos já sabemos, eis que os ministros Teori e Marco Aurélio declararam isso e não desmentiram quando a imprensa publicou o que eles disseram. Mas pode ser também um ASSASSINO? Ou seja, quando Teori deu um puxão de orelhas público em Moro e Moro pediu desculpas, admitindo culpa pelo fato de ter gravado e vazado criminosamente conversa telefônica da Presidenta Dilma com Lula, evidentemente Teori foi muito paizão e deixou barato, para Moro, uma punição que deveria ser exemplar. Mas daí que Moro jamais poderia levar um novo puxão de orelhas, pois aí sim ele corria sério risco de ser punido, principalmente com o afastamento de Moro do processo contra Lula. Mas como Moro poderia condenar Lula sem provas? Obvio, só forçando a barra no descumprimento da Lei Penal, não respeitando devidamente o direito de defesa, chegando até mesmo a gravar os telefones dos advogados da defesa de Lula…coisas assim que fizeram com que até a Interpol questionasse os métodos ilegais de Moro (e que moro não tivesse coragem de desmentir a Polícia Internacional) Ou seja, ele teria que continuar delinquindo e o novo puxão de orelhas era só questão de tempo. Mas daí o avião do Teori cismou de mandar o ministro pro inferno mais cedo…pro inferno porque se ele, ministro, tivesse botado Moro no devido lugar, desde o primeiro e único puxão de orelhas, Lula não estaria preso, seria o atual Presidente do Brasil, e nós não estaríamos assistindo ao desgoverno Boçal destroçar com o país…depois de toda safadeza feita por Temer nesse sentido. Mas que cara de sorte esse Moro, hein! Quem lhe daria o devido puxão de orelhas fatal morre e uns apressadinhos contam que tudo foi só acidente. Pra bobos acreditarem, claro, pois embora não tenhamos prova, há muita convicção de que alguém mandou dar um jeitinho no téco-téco. Bom, quem mandou matar Teori tá difícil de saber, mas o grande beneficiado foi MORO. E daí vem a pergunta, de novo: será que além de criminoso…? Bom, que esse canalha não é flor que se cheire, não é. Mas que cairia bem uma investigação séria do tal “acidente”, cairia hein!!!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome