Verba do fundo partidário financia dirigentes e aliados

Gastos em 2019 chegaram a R$ 937 milhões; dinheiro também é destinado a empresas de dirigentes das siglas e a políticos sem mandato

Foto: Reprodução

Jornal GGN – Diversos partidos mantiveram a prática de usar dinheiro público para o pagamento de seus dirigentes, de empresas ligadas a eles, amigos, parentes e políticos que não foram eleitos nas últimas eleições.

Levantamento divulgado pelo jornal Folha de São Paulo mostra que, apenas em 2019, R$ 937 milhões foram gastos pelas siglas, a maior parte dinheiro público. Esse valor foi distribuído de forma proporcional aos partidos, conforme o desempenho de cada um nas eleições para deputado federal.

Um exemplo pode ser visto no PSL, partido que elegeu Jair Bolsonaro presidente da República e é responsável por uma das maiores cotas. A lista de pagamentos do partido presidido pelo deputado Luciano Bivar (PE) conta com funcionárias que foram indiciadas pela Polícia Federal suspeitas de terem sido candidatas laranja nas eleições de 2018 e até mesmo um amigo de Bolsonaro, que nunca exerceu atividade política.

A prática também se estende a partidos médios e menores. O PTB direcionou cerca de R$ 300 mil a Roberto Jefferson, a título de prestação de serviços.

Nem mesmo o PT escapou: um dos maiores fornecedores contratados pelo partido é a Urissanê Comunicação, que recebeu R$ 5,5 milhões em 2019. A empresa pertence a Otavio Augusto Antunes da Silva, que chegou a se candidatar pelo partido nas eleições de 2000 e 2004, além de ter sido assessor parlamentar da sigla na Assembleia Legislativa de São Paulo de 2005 a 2016.

 

 

Leia Também
Refundação do Brasil passa por desencarcerar e descriminalizar a cannabis, diz Valois
“Não acreditamos em 100 mil mortes”, disse Ministério da Saúde em abril
“Esse governo é um desastre que precisa ser removido”, diz Laerte ao GGN
Há coesão nas narrativas globais da extrema-direita, diz César Calejon ao GGN
Boulos, Marília Arraes, Valois, Stédile: as entrevistas da semana na TV GGN

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Jaques Wagner pede suspensão de uso da Força Nacional em assentamentos na Bahia

1 comentário

  1. Obrigado Dilma por regulamentar e aplicar definitivamente o FUNDÃO PARTIDÁRIO. Que se completará em 4 BILHÕES DE REAIS. Mas sabemos, a culpa é dos outros. Fora isto a JUSTIÇA ELEITORAL gastará praticamente mais 1 BILHÃO DE REAIS em Urnas Eletrônicas. Alguns perguntam como chegamos até aqui. Outros perguntam como Fracassados fracassaram uma Nação? Fracassados Milionários jurando seu AntiCapitalismo, é claro !! 90 anos de Estado Ditatorial Caudilhista Absolutista Assassino Esquerdopata Fascista. Pobre país rico. Parabéns Elite Socialista da NecroPolítica. Sua farsa e seus crimes renderam quase 1 século no Poder. Doutrinados e Inocentes ainda creem. Falta dinheiro para que? Falta dinheiro para quem? Mas de muito fácil explicação.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome