63 comentários

  1. Muito bom. E infelzmente a

    Muito bom. E infelzmente a Magistratura Nacional, os Juízes brasileiros – a grande maioria – não tem exercido o controle – que lhe compete – sobre o MP

    • O MP é o titular da ação

      O MP é o titular da ação penal, não o seu dono

      1 – Quem exerce o controle do MP ?

      – O Juiz

       

      2 – Como ?

      – Por exemplo, na ação penal, quando do recebimento ou não da denúncia: denúncia temerosa, fraca, deve ser rejeitada de plano (CPP arts. 395 a 397); na delação premiada (colaboração premiada) quando da homologação verificando e aferindo a sua regularidade, legalidade e (efetiva e livre) voluntariedade (art. 4, parágrafos 7 e 13 da Lei12.850/2017), assegurando – como controle dos atos de negociação – à defesa o acesso amplo e irrestrito às informação da autoridade policial ou ministerial, inclusive, às anotações pessoais feitas nas reuniões com os colaboradores (vide SOUZA, Alexandre José Garcia. Ibccrim, Boletim 290, jan/2017, p. 12-13) e Estatuto da OAB (art.7); nas medidas liminares penais o exame profundo da real excepcionalidade, necessidade, utilidade e ultima ratio dos pedidos de tutela processual penal formulados; nas ações civis pelo exame rigoroso das iniciais principalmente das condições e pressupostos da ação (CPC arts. 17,330, 485 e 487); etc…

       

      3 – O particular também pode exercer o controle do MP havendo inércia do orgão?

      Sim, o MP é titular da ação penal, não o seu dono. Se houver, por exemplo, inércia do MP em propor a ação penal. A antiga regra do art. 28 do CPP (mitigada em parte já pela do art.29) elaborada à época do Estado Novo (1941), portanto, ditatorial (e que atendia certos interesse de governo) não vige no sistema democrático adotado pela CF democrática e cidadã de 1988. Por isso, ela é clara ao dispor no art. 5o. inciso LIX (inciso 59) que “será admitida ação privada nos crimes da ação pública, se está não for intentada no prazo legal”.

       

      4 – Seria pertinente uma penalidade aos excessos do MP ?

      – “Lege ferenda”. Sim. Bastaria a simples condenação pessoal nas custas processuais (e honorários em havendo), sem exclusão de eventuais ressarcimentos à parte prejudicada já possíveis.

       

      5 – A prisão pode ser meio para se obter uma delação ?

      – De forma alguma. A prisão e, ainda, as correntemente efetuadas na chamada operação Lavajato de longa duração (v. Conjur 22 fev 2017: ministro CGU critica prisões longas e vazamentos na lavajato), atentam não apenas contra o sistema constitucional, o sistema processual penal e penal vigentes, mas também vão de encontro ao conceito básico, simples e léxico do que seja voluntariedade. Por essa razão, ainda, deve o  Juiz “homologador” examinar com cuidado não apenas os aspectos formais, mas também os meios e métodos da obtenção das delações. É o leitura correta do disposto no parágrafos 7 e 13 do art. 4 da Lei 12.850/2017. Há um princípio norteador de que o Processo Penal e o Direito Penal limitam a violência do Estado. Portanto, compete ao Juiz assegurar a mais completa regularidade dos atos desencadeadores de uma possível violação dessa ordem.

       

  2. Nenhuma empresa ou

    Nenhuma empresa ou instituição destrói um país tão a vontade como dessa forma. Êles tem o respaldo dos armados do Brasi! São golpistas criminosos protegendo golpistas criminosos! são protegidos pelo exército, marinha, aeronáutica, polícia federal, polícias militares estaduais, polícias civis, polícias municipais, parlamentares, stf e sua filial curitiba bem como todas as demais… Queremos ajuda externa para que devolvam os nossos votos! Os golpistas ditadores assassinos do mal roubaram o Brasil e 55 milhões de pacatos e ordeiros brasileiros trabalhadores democráticos de verdade! Queremos cadeia para fernando henrique cardoso o testa de ferro dos eua, bem como para os seus parça demotucanos peemedebista! E que Dilma Roussef assuma sumáriamente a presidência com Lula na Casa Civil como deveria estar faz tempo!…

  3. E agora ?

    Bem. Nassif falou e desabafou como nós gostaríamos de ter feito. Mas, o abacaxi está ai na mesa para ser descascado. Alguém tem que faze-lo. Como está não pode ficar. Como é que um país pode ser governado com uma quadrilha instalada nos altos escalões? Qual a legitimidade para essa turma fazer reformas profundas que vão afetar a vida de milhões de brasileiros? O Gal. Villasboas disse que o país está à deriva. Estava general. Estamos agora indo a pique sem sabermos aonde iremos chegar. Sem sabermos se depois do naufrágo completo haverá alguém capaz de resgatar-nos do fundo e o que emergirá do abismo. A renúncia imediata dos denunciados, a marcação imediatas de eleições gerais para câmara, senado e presidencia quem sabe evitaria que o barco se desintegrasse para sempre nas profundezas. e seu resgate tornar-se uma tarefa quase impossível?

  4. o meu irrestrito apoio

    A democracia deve proteger-se dos inimigos, em nome dela é imprescindível desligar o sinal da globo, os figurantes do judiciário desaparecem instantaneamente.

  5. Está aí colocado de maneira

    Está aí colocado de maneira clara por um jornalista da importância de Nassif aquilo que muitas pessoas comuns pensam. Também está expressa a indignação que sentem.  É pedir demais que alguém acredite que algo mudará para melhor tendo por base as instituições e estas pessoas que hoje ocupam cargos importantes. Já bem antes daquele show de horrores daquela sessão da câmara de abril de 2016 dava pra olhar o ovo da serpente contra a luz e ver o que viria: uma ditadura comandada pelo judiciário e pela globo. Alguns políticos perceberam que depois de derrubar Dilma e tentar destruir o PT, o alvo seria o resto do setor político para que esta ditadura jurídica-midiática se instalasse. Só uma revolução resolveria a situação agora, mas isto aqui é brasil… Não adianta, também, sonhar com a queda da globo por motivos econômicos. A globo custa para os ianques muito menos do que eles gastam em guerras e financiamento de terroristas, eles darão um jeitinho para que ela nunca quebre. Feliz século 22, o 21 já era.

  6. Concordo com o argumento

    E com o tom de indignação.

    A parceria PGR-Moro-Rede Globo destruiu a República, que havia sido refundada em 1988.

    Ressalvando que nenhum desses 3 poderes é representativo, nenhum deles foi eleito pelo vonto popular. É DITADURA, mesmo.

    • E sabe o que é pior?

      O “cidadão comum”, o brasileiro médio tá se regozijando com tudo isso. Meus colegas de trabalho, todos de curso superior e trabalhadores numa multinacional americana, tão achando ótimo. E o melhor de tudo: acham que vão poder votar no Bolsonaro!

      Isso, claro, se houver eleições…

  7. Meu caro Nassif

    é para isso que serve um golpe de estado. Todos esses canalhas não passam de office boys dos EUA. Tudo isso que está acontecendo foi muito bem planejado pelo cabeça do golpe que é os EUA. Não vai ficar só nisso. Já venho falando que os golpistas vão transfroamr esse país num outro Haiti. A destruição do sistema político tem por objetivo a volta dos milicos no poder.

     

  8. Nassif é um dos pouquíssimos

    Nassif é um dos pouquíssimos jornalistas que tem compromisso com nossa NAÇÃO! 

    Quanto ao “ministério público brasieiro”(com exceções, é claro!)…será como “Roma”, ou seja, vai cair o “império por eles vislumbrado”.

    A luta continua!!!

    Brasil acima de tudo!!!

  9. O maior erro dos

    O maior erro dos constituintes de 1988 foi dar surgimento a um Ministério Público totalmente autônomo, isento de qualquer controle externo e assim ferindo de morte o que de mais racional a Democracia apresenta, qual seja, um sistema de freios e contrapesos para dar evitar exatamente que uma instância de Poder se sobreponha ou se amesquinhe perante as demais. Não pode todo um país ficar sujeito ao humor, ao arbítrio de meia dúzia de “concurseiros” “iluminados”

    • A sua referência aos

      A sua referência aos constituintes de 1988 me fez lembrar de um alerta que ouvi à época. Morava e trabalhava em Brasília e tinha um amigo (já falecido) que acompanhava tudo o que acontecia então no Congresso. Por diversas vezes ele me relatava com preocupação um fato que passava despercebido e, na sua visão, era grave. Segundo ele, o poder judiciário em peso estava ditando as regras da nova constituição, preparando o terreno para governar o Brasil, um perigo para o qual ninguém atentava, embora ele tentasse alertar alguns paralamentares/constituintes. Sempre retrucava que ele estava exagerando, pois tinha muitas áreas de interesse envolvidas nisso e que certamente eventual intenção dessa turma seria devidamente tratada. Não foi. O meu amigo estava certo.

  10. Saídas

    No curto prazo:

    1) Grande acordo supra partidário, com conservadores e progressistas, em torno de Lula, o único líder capaz reunir todas as tribos.

    2) Impedimento imediato de Janot e de TODOS os ministros do STF.

    3) Deposição imediata do Governo Temer.

    4) Caçassão imediata da outorga de funcionamneto da Rede Globo.

    No médio prazo:

    1) Instalação de uma nova Constituinte.

    2) Denúncia de Janot, promotores e juiz da Lava Jato, e chefes da PF em Curitiba, por formação de quadrilha e atentado contra a Segurança Nacional.

    3) Redução constitucional de salários e benefícios de magistrados e promotores, inclusive benefícios retroativos de aposentadoria.

    4) Abertura 50% de cotas (negros, mulheres e sociais) para todos os cargos da magistratura e da promotoria, em todos os níveis de governo.

    • Greve Geral dia 28/4

      mcn

      Pra que tudo isso ocorra, o povo precisa ir pra rua conscientemente.

      Greve Geral dia 28 de Abril e aglutinação de todos os democratas.

      Esta merda geral é uma grande oportunidade de mudança pra valer.

       

  11. Quero ver é isso, Nassif.

    Quero ver é isso, Nassif. Depois do enterro da política, celebrada em catarse pelos ingênuos espectadores do JN, o que vai ser? Quem vai governar o país? O Dória a base de marketing que é a unica coisa que ele sabe fazer? O Bolsonaro cujo o propgrama é matar “bandido” e só? 

    Essa república de castas encrustadas no Estado, com salários fura teto, tem programa de governo? O que esses procuradores coxinhas midiáticos tem para oferecer depois que na palavra deles, “sanearem a política”?

    Eles se dão o direito a fazer analises a respeito de governo de coalisão e reforma eleitoral, como se houvesse um capítulo sobre ciência política nas apostilas em que estudam para os concursos. Como se tivessem feito um intensivão de ciência política e econômica com os “professores” Merval e Miriam.

    Estava vendo ontem nas denúncias contra o Lula. É “acusado” de buscar mercado internacional para a maior multinacional brasileira de engenharia pesada. Competindo com gigantes dos EUA, China e Europa. Isso para que? Para beneficiar um sobrinho que tem uma empresa que presta serviço de sei lá o que em Angola?! 

    É para isso que um presidente coloca o país que governa em igualdade de condições para competir com as grandes potências nos mercados mais lucrativos e competitivos do mundo? Da energia, petróleo e engenharia pesada? Para beneficiar um sobrinho? Para ter uma reforma num sítio que frequenta nos dias de folga com a família?

    É isso que esses caras querem que a gente engula? Vão para PQP!!!!

  12. E todos esses políticos babacas

    sempre comeram na mão da globo e veja.

    Se ferraram. Acharam que iriam para cima somente do PT e Lula. Acharam que a Odebretch e seus donos iriam ser torturados com prisões e iriam colocar somente o PT na roda.

    Agora quero ver segurar esses rojões.

  13. Eu, simples mortal, estou

    Eu, simples mortal, estou abaladíssima com esse espetáculo, tentando usar o máximo da minha racionalidade.

    Nassif, você fez um pronunciamento espetacular, porque poucos vão ver em Janot isso que está incrustrado na sua mente, como uma grande verdade. É muito forte sua indignação em perguntar o que teria Janot para pôr no lugar dos políticos que ora se ecnontram ajoelhados, perdidos como bataras tontas.

     

    Tomara que Dilma ouça seu pronunciamento, e em cima dele, lá onde se encontra, use-o como subsídio para suas palestras.

    • Essa aí é a

      Essa aí é a Irresponsável-Mor.

      Foi ela quem deixou essa turma fazer o que quis.

      Ela, que se preocupa tanto com Biografia, será que fica bonito na biografia dela “destruidora do país ??”

       

  14. grana

    o mouro chega a receber 115 mil por me$,

    o janó 164 mil,

    tem outros do mesmo ramo que recebem ainda mais. ILEGALMENTE.

    é a tal kurrupiçaum subtraida ao Estado.

    Philosphia do grupo: “Dane-se o Brasil”.

  15. É isso, Nassif. Não cabem

    É isso, Nassif. Não cabem mais meias palavras. A pretexto de combater a corrupção, estão desmantelando e vendendo a preço de banana a Estatal e o pré-sal. O ataque do judiciário à estatal não é “apenas” o equivalente a uma gigantesca corrupção, é uma traição aos brasileiros que construíram um patrimônio incalculável de bens tangíveis, experiência e tecnologia de ponta.  Não há perdão para esse crime, cuja punição deveria ser a prisão perpétua.  

  16. Matar o paciente para curar a

    Matar o paciente para curar a doença, essa é a prescrição médica da Lava Jato para o Brasil. Acordaram um monstro que não conseguem mais conter. E ainda há os que apoiam a política de terra arrasada, fundados em equivocado sentimento de purismo ético. Algo como jogar uma bomba atômica para exterminar um formigueiro.E não há sinal algum de luz no fim de um túnel de insanidade que parece não ter fim. A solução militar perdurou por 21 anos. O macartismo lavajatiano, ao que parece, durará outros tantos.

  17. Corrupção mesmo, ainda que

    Corrupção mesmo, ainda que legalizada, é juiz e promotor ganhando salários inconstitucionais. Isso sem considerar a possibilidade de estarem tendo contas no exterior irrigadas por empresários estrangeiros. Ou, no mínimo, beneficiando-se de prestígio por influência de empresários desses países estrangeiros. Os EUA – que não são realmente governados senão pela iniciativa privada – devem estar muito gratos ao MP e a juízes como Sérgio Moro, Gilmar Mendes etc., não?

    ***

    Pensando… como pode um país como os EUA, simplesmente o mais rico do mundo, ter gente pobre e dasassistida pelas ruas? Morando nas ruas e comendo do lixo? Muito menos ricos que os EUA, países nórdicos – Dinamarca, Suécia, Islândia etc. – não têm um mendigo nas ruas… nem um bairro como o Bronx ou cidades como as de estados do sul – Missouri – em que grassa a pobreza.

  18. A parceria MPF-mídia que está destruindo o país

    “Isto aí não é fazer justiça! Isto aí é manipular os escândalos em favor de um projeto político que nem vocês sabem o que é!”

    4’25’’

    os Senhores do Destino se encontrarão com os Senhores do Karma.

    vídeo: Milton Nascimento – Coração de Estudante – Apoteose 1984

    [video: https://www.youtube.com/watch?v=urWOKX2LpI0%5D

    .

     

  19. Os únicos beneficiários da

    Os únicos beneficiários da operação Lava Jato são bancos e empresas de capital estrangeiro. Mas não quaisquer empresas de capital estrangeiro, apenas aquelas que se baseiam do dólar estadunidense, estejam baseadas no país em que estiverem. No Brasil firmas como o banco “Itaú” ou o banco “Santander”, e ainda a firma “Globo”, por exemplo, a turma do Instituto Millenium. E fora daqui, a turma do petróleo, também como exemplo.

    O que o Ministério Público está oferecendo é um país de estado mínimo, praticamente apenas segurança patrimonial (fundamental em cenários de grande desigualdades), internamente sem educação, saúde, moradia e infraestrutura públicas, e sem soberania e independência quanto ao que é externo. Estão seguindo a cartilha dos EUA que diz que, na medida em que países como a Rússia, a China e a Índia saem desse dólar (a Europa ocidental até tentou através do Euro mas sucumbiu), o negócio é centralizar a exploração do capital contra o Brasil. Afinal, como dizem alguns, não há no mundo país mais alinhável com os EUA do que o Brasil. E na minha opinião, é óbvio que os acusadores – juízes e procuradores – de Lula e da classe política sabem muito bem o que estão fazendo.

    Me ocorre o seguinte: quem determina que juízes e procuradores, quando cometem crime administrativo, apenas são compulsoriamente aposentados, sem perda de rendimentos, apenas são obrigados a deixarem de trabalhar (que pena cruel para quem só é movido por dinheiro, hein?), não é o Legislativo? Não é uma lei que determina mordomias a juízes e procuradores? Não há risco em juízes e procuradores se indisporem dessa forma contra o Legislativo?

  20. Justíssima a sua indignação

    Justíssima a sua indignação Nassif. Estamos realmente a ponto de perder qualquer resquício de equilíbrio que nos resta. O país está sendo destruído e, com ele, o futuro de nossos filhos.

    Queria te pedir que publicasse a carta aberta do Dep. Jean Wyllis para o FHC. A li no 247 e achei que é importante também combatermos este hipócrita-mor da República, que tanto mal vem nos fazendo, mesmo após deixar o poder.

  21. MP – UM “MOSTRO” SEM FREIOS –

    MP – UM “MOSTRO” SEM FREIOS – CRIAÇÃO – CONSTITUINTE

     

    AMBIENTE. Num contexto de ampla insatisfação parlamentar (tanto dos conservadores como dos progressistas) com o Anteprojeto Afonso Arinos (resultado da Comissão nomeada pelo Governo de José Sarney em 1985) enorme e confuso (436 artigos acrescidos de mais 32 de disposição transitória), contribuindo para um ambiente (crescente) de dúvidas, disputas, propostas, manobras políticas e, por tudo isso,  aberto às novidades – o Ministério Público, através de um lobby corporativo coeso e enorme, atuando (bem antes, durante – dentro e fora – da Assembléia Constituinte), formado por parlamentares constituintes promotores públicos (entre eles Ibsen Pinheiro-RS e Plínio de Arruda Sampaio-SP), influentes parlamentares bem próximos ao MP (como Nelson Jobim), o Procurador Geral da República Sepúlveda Pertence, as Associações Estaduais do MP, a  extensa e sempre presente rede de Promotores Públicos coordenados pelo CONAMP-Associação Nacional dos Membros do Ministério Público, logrou implantar dispositivos que o fortaleceram como instituição.

     

    ****

     

    A ARTICULAÇÃO do Ministério Público era antiga. Iniciada pela Associação Paulista do Ministério Público (que formou um núcleo ativo por volta de 1980 para o fortalecimento da instituição visando possível nova CF), despertou todas as demais Associações congêneres do pais. A CAEMP converteu-se na CONAMP (Associação Nacional do Ministério Público) e o movimento de mobilização se firmou. Na Comissão Afonso Arinos, da qual era membro permanente, o Procurador Geral da República, Sepúlveda Pertence (de 1985 a 1989), a ele foi atribuida a elaboração do capítulo pertinente ao MP. 

     

    Excelente, intocável e eficiente trabalho de promoção corporativa – sem dúvida – executaram. Mas e o Brasil? a República e a Democracia?

     

    Notas:

    1. O lobby do MP paulista – paradigma do país – era comandado pelo promotor público Fleury Filho, então Secretário de Segurança Pública de Orestes Quércia e que se tornou, em seguida, governador de SP (há uma foto história da enorme equipe de lobistas do MP/SP com Ulisses Guimarães).

     

    2. Não se discuta o poder de Nelson Jobim na Constituinte: acusado de introduzir artigos na Constituição Federal, admitiu ao jornal O Globo ter inserido, sem submeter ao Plenário, dois artigos (dispositivos) na Constituição. Um deles (revelou) era sobre a independência dos poderes. O outro, não revelou.

     

    ****

    DISPUTAS POR ESPAÇOS. Cumpre esclarecer que havia uma aguerrida disputa entre o MP e os DELEGADOS DE POLÍCIA para a ocupação de espaços. Também outras atividades jurídicas como as Procuradorias  e Defensorias disputavam espaços com o Ministério Público. A Magistratura, de lado, passiva, assistia a disputa e se posicionava em não ter nenhuma dessas instituições atrelada a ela. Havia, sim, um jogo de interesses corporativos intenso. Até à noite anterior à votação, a posição dominante desfavorecia às pretensões de agigantamento  do MP. Os Delegados de Polícia (lobistas) presentes no Congresso – à noite – comemoraram: não perderiam espaços e seus membros estariam no mesmo nível institucional do MP. Não obstante, ainda naquela noite, comandados por Nelson Jobim (ex-professor da Escola do MP do Rio Grande do Sul) e Ibsen Pinheiro (Promotor Público, RGS) ocorreu uma reunião de líderes partidários (entre eles alguns Promotores Públicos como o Deputado Federal constituinte Plínio de Arruda Sampaio lider do PT) e foi aprovada a redação atual. Na plenária, sem qualquer debate, os parlamentares constituintes votaram conforme a indicação de seus lideres partidários.

     

    ***

    A (INJUSTIFICADA) SIMETRIA COM A MAGISTRATURA. Assim, os membros do Ministério Público obtiveram as mesmas garantias institucionais próprias e inerentes aos Juízes sem que – nem de forma aproximada – exercessem as mesmas funções e tivessem as mesmas atribuições e responsabilidades. Atrelaram-se à Magistratura quando o regime anterior (Constituições de 1946 e 1967) já lhes garantia a permanência e independência funcional necessárias ao mister desenvolvido. Mais, avançaram ainda. Tornaram-se, praticamente, um poder de fato, um “monstro” (na definição de Sepúlveda Pertence ao se aposentar do Ministério Público, deixando o cargo de PGR).

     

    ***

     

    AVANÇOS SOBRE OUTRAS CARREIRAS. Não fora pelo lobby corporativo e retórico, por que não no mesmo nível institucional do MP a Defensoria Pública? também essencial à Justiça conforme rubrica constitucional, a quem está “incumbida a orientação jurídica e a defesa, em todos os gráus, dos necessitados”(art. 134 da CF)? cujos membros muitas vezes enfrentam a truculência policial, o descaso e perigo nos Presídios, às vezes a arrogância de Promotores Públicos, a incompreensão das vítimas e a revolta do cidadão comum insuflado pela mídia?… Orientando e defendendo os necessitados não estão – de forma direta, concreta, não abstrata – defendendo à ordem pública? os valores do regime democrático? os interessos sociais e individuais indisponívels?

     

    E a Advocacia Pública e os Procuradores Federais e Estaduais, também essenciais à Justiça conforme capítulo destacado da CF, encarregados da defesa do patrimônio e valores da Administração Pública?…

     

    E aos Delegados de Polícia que coletam a primeira prova e, às vezes a única de um crime (e por isso deles já se disse, que são os “primeiros Juízes de um crime”) e que, em muitas ocasiões, correm risco de vida no combate direto e pessoal contra o crime?…

     

    Todas essas funções, essenciais à Justiça, não são menores em importância do que as do MP.

     

    ***

    ARTIGO 127 DA CF. RETUNDÂNCIA. RETÓRICA. É dever e obrigação de todas às Autoridades Públicas (do Presidente da República ao mais inferior agente ou funcionário público) “a defesa da ordem pública, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis”. Sublinhe-se, a titularidade da ação do MP e as atribuições conferidas pela CF não exclui as de outrém e não torna o MP dono de uma ou outra (cf mesmo dispõe o parágrafo 1 do art. 129 da CF).

     

    UM ASPECTO IMPORTANTE. Por outra, sob outro aspecto relativo às atividades do MP de ir ao Juízo e solicitar uma providência (uma decisão que sabe não poder ser recusada pelo Juiz se preenchidas as formalidades processuais) – muitas vezes, envolve questão de Estado e de Governabilidade, de responsabilidade política de Governo, de conveniência e oportunidade, de defesa nacional, de um Governo escolhido e eleito pelo povo. O Poder Judiciário é um poder estanque, essência de sua imparcialidade: só deve agir se provocado, suscitado. Por isso os Procuradores Gerais (federal e dos Estados) são nomeados pelo Presidente da República e Governadores dos Estados. Por isso, o Ministério Público não é, e não pode ser, Poder de direito ou de fato. Em países outros, por exemplo, como nos EUA o Procurador Geral é o Ministro a Justiça e está subordinado ao  Presidente da República (é geralmente advogado, nomeado e demitido livremente a qualquer tempo pelo Presidente da República) na França, ao Ministro da Justiça. A situação não é diferente na grande maioria dos países: o governo, representando a vontade popular, decide as prioridades de ação do Ministério Público.

     

    “A responsabilidade da decisão é do político. Cabe ao funcionário público executá-la. O político responde publicamente por essa decisão, o funcionário público, não” (Fábio Kerche. Pesquisador da Fundação Casa de Rui Barbosa, Rio de Janeiro, e autor de Virtude e Limites: Autonomia e Atribuições do Ministério Público no Brasil :Edusp. Hoje em artigo no site Brasil 247).

     

    Entre nós, os poderes, vantagens e liberdade ampla do MP (única no mundo), possiblita-o a intervir diretamente na administração pública e inviabilizar a execução de projetos de governos escolhido pelo povo, obstando ainda a segurança jurídica e política necessárias ao desenvolvimento do país.

     

    Na Lavajato – por exemplo – a associação Moro, Força Tarefa do MPF, PGR – num regresso às formas mais anacrónicas de controle social, jurídico e político – tem promovido a destruição de empresas de base, paralizando o desenvolvimento estratégico e de infra-estrutura do Brasil, num verdadeiro ataque à Soberania Nacional…

     

     

  22. Nassif, faço minhas todas as

    Nassif, faço minhas todas as sua palavras e toda a sua revolta. Esse janot é o pior brasileiro que já nasceu nessas terras tupiniquins. Obrigado por falar e se revoltar por mim !!1

  23. Rede globo e seus miquinhos

    Rede globo e seus miquinhos amestrados. Um ganha 164 mil o outro 115 e prêmio de funcionário do ano, das mãos dos patrões, que chique. 

  24. Um país que fica atrás das

    Um país que fica atrás das grades de uma rede de televisão é um paiseco, ou melhor, grande parte da sua elite é uma elitizinha. Alguém imagina os EUA, a Rússia, a Inglaterra, a Índia, o Japão, a China submetidas a uma destruição político-econômico (sendo a econômica comparável a de um país em guerra ! ) por causa  de uma rede de tv aberta privada (mas que provavelmente tremeria se toda a verba do governo fosse cortada) ???  Dá até vergonha quando a gente compara com países que tiveram que enfrentar potências militares pra conquistar sua soberania.

    Ditadura é uma merda mesmo. Não bastou o mal que a ditadura fez no Brasil, ela ainda deixou pro Brasil a rede globo. O gigantismo da Globo seria impensável se ela não se aliasse à ditadura ( a famosa frase de Roberto Marinho mostra o poder que ela tinha, ao dizer que ninguém mexeria com os ‘comunistas’ que trabalhavam na globo)  

    Nunca vi o Nassif tão indignado, e com razão. Eu já estou numa fase de desânimo, de achar que o talvez tenhamos saudade desse presente maldito de hoje quando comparo com o que o futuro nos reserva. Só peço ao Nassif que não descuide da saúde. 

     

     

  25. Um país que fica atrás das

    Um país que fica atrás das grades de uma rede de televisão é um paiseco, ou melhor, grande parte da sua elite é uma elitizinha. Alguém imagina os EUA, a Rússia, a Inglaterra, a Índia, o Japão, a China submetidas a uma destruição político-econômico (sendo a econômica comparável a de um país em guerra ! ) por causa  de uma rede de tv aberta privada (mas que provavelmente tremeria se toda a verba do governo fosse cortada) ???  Dá até vergonha quando a gente compara com países que tiveram que enfrentar potências militares pra conquistar sua soberania.

    Ditadura é uma merda mesmo. Não bastou o mal que a ditadura fez no Brasil, ela ainda deixou pro Brasil a rede globo. O gigantismo da Globo seria impensável se ela não se aliasse à ditadura ( a famosa frase de Roberto Marinho mostra o poder que ela tinha, ao dizer que ninguém mexeria com os ‘comunistas’ que trabalhavam na globo)  

    Nunca vi o Nassif tão indignado, e com razão. Eu já estou numa fase de desânimo, de achar que o talvez tenhamos saudade desse presente maldito de hoje quando comparo com o que o futuro nos reserva. Só peço ao Nassif que não descuide da saúde. 

     

     

  26. A falsa moralidade da mídia e do MPF – e a impunidade do capital

    Em nome da moralidade(falsa) o Judiciário e o MPF, precipuamente, colocaram no poder a nata da corrupção no país, que esta destruindo todos os direitos sociais e trabalhistas – reforma da previdência, terceirização, reforma trabalhista -, e entregando de forma clara, todo o patrimônio nacional, notadamente da Petrobrás (a venda da Vale do Rio Doce, a preço de banana, chega a passar vergonha perto do que esta se fazendo com os ativos da Petrobrás).

    A economia foi destruída, e ao contrário do que dizem os ilibados Procuradores, quem vai ocupar o lugar das empresas nacionais, não serão outras empresas nacionais puras, mas sim as corruptas empresas multinacionais, com seu vasto currículo de destruição e exploração, através da mais desenfreada corrupção possível que emerge das negociatas internacionais do grande capital rentista e mesmo do capital produtivo e exploratório.

    Da mesma forma, a destruição de toda classe política, não importando se culpados ou não, coloca todos em pé de igualdade, e abre espaço para a continuidade do sistema.

    Isso por um singelo motivo, não é explicitado qual é a causa da corrupção, que, certamente não são os políticos, estes são o resultado de um sistema econômico que, de todas maneiras, através das grandes empresas e a custa de rios de dinheiro, elege, eleição após eleição, seus prepostos, e desta forma, por via indireta (travestida de democracia) se apropria do Estado e o usa para seus interesses pessoais.

    Toda a corrupção sistêmica mostrada, tem uma única origem, o dinheiro da iniciativa privada – que se espraia, via grande mídia, via representantes prepostos de seus interesses, via cooptação do aparato estatal,  judiciário e ministério público – oriundo  de grandes empresas, que buscam apenas o lucro pessoal em detrimento do Estado Brasileiro.

    Isso sim é sistêmico – a chamada privatização do estado (que melhor definida seria, a iniciativa privada, de privada só tem o nome, é sócia do Estado (que assume eventual prejuízo e é subtraído de todo direito no caso de eventual lucro)) – , e isto não é privilégio das empresas nacionais, mas sim importação do modus operandi, das grandes empresas multinacionais.

    Assim, desta grande  imprensa, que nada mais é do que o porta voz do capital internacional improdutivo – rentista (grandes bancos e conglomerados de investimentos), podemos apenas esperar que, de seu modo costumeiro de agir, que estimule o bordão que tudo deve mudar, mas, manipule a realidade, de tal modo, que a forma de dominação continue a mesma.

    A Globo, a Folha de SP, o Estadão, nunca foram imprensa “livre”, são meros porta-vozes do sistema que domina e corrompe o Estado Brasileiro desde sua estruturação inicial.

    Portanto, não se espere que deste setor, venha a solução, pois é nele que esta o problema.

  27. Brasil para quem?

    Creio não haver saída…

    Caso o golpe se interrompa via eleições, os golpistas terão que ser julgados e suas perdas poderiam levá-los a perder tudo…

    Tem que se criar um tribunal especial para julgá-los como o que houve após a segunda grande guerra mundial.

    Então, os golpistas farão de tudo para que a democracia, com nossa escolha não volte!

    Não haverá 2018 como imaginamos!

    Escolheram as empreiteiras como vilãs e eles, se escondem dentro da lei para terem juros obscenos!

    Escolheram o povo pobre para pagar a conta do que precisam, vão morrer pessoas por todas mazelas que são consequência do empobrecimento, desde a falta de alimentos, medicamentos até chegar a violência…

    Proporão obscenamente compartilhar poder a engenharia, para que tudo recaia somente sobre o povo!

    Vão negociar para dividir oposição, as forças armadas já estão fora de todas as reformas!

    Só que se as forças armadas permitirem a espoliação agressiva que está acontecendo continue, para que forças armadas?

    Já que quem comprar que tambem tome conta!

    Americanos, franceses, ingleses, alemães e chineses trarão suas forçs armadas que virão tomar conta de patrimônio de seus cidadãos, por que o nosso não tem quem tome conta, ou melhor, os jornais tomarão conta…

    Não há saída mais…

    Caminhamos para uma guerra civil, ou senão da forma em que andamos teremos a entrega absoluta do país e perda de soberania e valores enquanto nação e a mortalidade que crescerá pela pobreza e violência.

    Se alguém acha que quem deu o golpe aceitaria perder patrimônio e poder, que aponte outra solução…

    Se eles não perderem patrimônio e poder, teremos golpes de 2 em 2 anos!

    Esses camaradas são um bando de loucos e não são corintianos!

  28. Justíssima a sua indignação

    Justíssima a sua indignação Nassif. Estamos realmente a ponto de perder qualquer resquício de equilíbrio que nos resta. O país está sendo destruído e, com ele, o futuro de nossos filhos.

    Queria te pedir que publicasse a carta aberta do Dep. Jean Wyllis para o FHC. A li no 247 e achei que é importante também combatermos este hipócrita-mor da República, que tanto mal vem nos fazendo, mesmo após deixar o poder.

  29. Pergunta

    O que eu realmente gostaria de saber: se a Lava Jato-Moro-Janot sabem que estão destruíndo o país ou pensam que estão salvando a pátria? Eles reduziram o país a pó, destruiram tudo por uma geração e combinado com a doutrina do choque praticada pelo Temer, o que vai sobrar? Nunca na história um país se autoboicotou dessa maneira. Triste demais.

    • A verdade é que pouco

      A verdade é que pouco importa.

      É por isso que existe o ditado: “o inferno está cheio de boas intenções”.

      O que importa não é o que a pessoa acha que ela está fazendo, mas sim o que ela está efetivamente fazendo. O que importa é o resultado da sua ação.

      Alguns economistas neoliberais, por exemplo, podem realmente achar que isso (o neoliberalismo) é o melhor para a sociedade. Mas o que importa? O resultado das ações desses senhores é simplesmente o aumento da miséria, o analfabetismo de nossas crianças, a doença de nossos velhos, o desemprego de nossos trabalhadores, a violência em nossos bairros. Em suma: uma política econômica genocida.

      A mim, pouco importa se Sérgio Moro sabe o que faz. O importante é que faz, ou seja, destrói o país conjuntamente com seus cúmplices.

  30. A parceria MPF-mídia que está destruindo o país

    “Achando o quê? Que vai brotar do chão um novo sistema político? O mesmo argumento em relação as empresas. Quebra esse monte de empresas que vão surgir outras melhores. Ou é má-fé ou é profunda ignorância.”

    4’48’’

    a estratégia dos Anglo-SioNazi se concentra na realização dos lucros do capital fictício, a insustentável bolha dos mercados especulativos, em ativos concretos: terra, recursos energéticos e minerais, água, ouro, metais raros, ciência e tecnologia, engenharia, infra-estrutura e a correspondente máquina militar capaz de defender seus interesses.

    é neste altar de sacrifícios que o Brasil está sendo ofertado, para uma sobrevida ao Império do Caos que possibilite sua reciclagem através de uma nova acumulação primitiva.

    a guerra no interior da plutocracia brasileira é o inevitável reflexo da grande guerra híbrida mundial no seio dos 1%.

    no que tange a Esquerda e o campo progressista, voltamos à encruzilhada de 1984, com as Diretas Já, e a de 1989, com a última semana da campanha de Lula no 2º turno. os erros então cometidos, e mantidos em precária supressão durante estes 33 anos, agora explodiram para cobrar seu duro e impiedoso acerto de contas. ou serão superados, ou desapareceremos…

    .

    • Caro arkx, parece que ninguém entende, o que acham que é……..

      Caro arkx, parece que ninguém entende, o que acham que é consequência não enxergam que é o verdadeiro objetivo.

      A destruição do país não é uma consequência de uma política desastrosa, é simplesmente um objetivo de uma política premeditada.

      O Império passou ao ataque em todos os frontes, onde uma guerra faz este papel, eles fazem uma guerra, onde não é necessário eles arruínam a economia e induzem o país ao CAOS. 

      Como já está virando um consenso, as teorias da conspiração não são mais que VERDADEIRAS CONSPIRAÇÕES.

      • Isto não é novidade

        Todo cidadão de bom senso já tinha percebido o envolvimento dos EUA, do grande capital e seus comparsas entreguista brasileiros. Estão terminando o negócio sujo que começou com FHC e foi interrompido no governo PT. Nosso problema continua sendo o reacionarismo e ignorância política do povo brasileiro que só percebem o quanto estão ferrados quando o país estiver no fundo do poço, como foi em 2002. A questão é, para recupera-lo economicamente ou reverte todas as políticas de sucateamento e entrega do patrimônio brasileiro e bate de frente com estas forças dominantes ou será impossível uma nova recuperação econômica como na era Lula. E para isto, não será mais possível um governo tipo Paz e Amor como foi com Lula em 2003. Será necessário haver punições sérias ao traidores do país e um governo com proteção máxima aos atentados vindo de fora. Algo como o que houve em Cuba a partir de 1959. Dado a passividade do povo brasileiro acho que será uma tarefa impossível. 

        • A parceria MPF-mídia que está destruindo o país

          -> Nosso problema continua sendo o reacionarismo e ignorância política do povo brasileiro

          se é verdade que os setores médios tradicionais são arraigadamente reacionários, assim como uma boa parte da população completamente submissa, é também inegável que a luta contra a retirada de direitos se capilarizou profundamente no tecido social.

          o melhor exemplo disto é a greve dos trabalhadores em educação em MG, cujo sindicato tem como coordenadora a presidente estadual da CUT, filiada ao PT. portanto, também deve ser considerado que existem setores do PT e da CUT comprometidos de corpo e alma com as lutas concretas na ruas e nas ocupações.

          a melhor e necessária defesa de Lula será um grande ato unificado de toda a Esquerda a ser realizado em Curitiba, no bunker golpista.

          abraços

          vídeo: MG: #31M

          [video: https://www.youtube.com/watch?v=4DKcBrgeFac%5D

          .

      • A parceria MPF-mídia que está destruindo o país

        ->O Império passou ao ataque em todos os frontes, onde uma guerra faz este papel, eles fazem uma guerra, onde não é necessário eles arruínam a economia e induzem o país ao CAOS. 

        o Império do Caos semeou 9/11 por toda parte. demolições controladas everywhere. então tudo começou a sair de controle. inclusive o fiapo de saúde mental que restava nos Masters of Mankind. o típico caso de se passar a crer nas fábulas por eles mesmos criadas. agora acreditam piamente que sobreviverão ao holocausto nuclear em gigantescos bunkers subterrêneos.

        aliás, o mesmo argumento citado no vídeo: “Destrói este mundo aí que vai surgir outro  melhor.”

        abraços

        .

  31. O Objetivo é exatamente destruir o país!!!!!

    O grande engano que Nassif faz em todas as suas análises é que ele pensa racionalmente e dentro de uma lógica de Estado Nacional, porém não é por este lado, o objetivo do que ocorre nos dias atuais é simplesmente destruir o país para diminuir seus níveis de consumo e só ficarmos a ser um depósito de matéria prima para o primeiro mundo, se por um acidente o Brasil se desenvolver ele criará um mercado interno que se assim ocorrer  com outros países periféricos, causa um aumento no preço das commodities e isto as grandes nações imperialistas não querem.

    • Pensar

      Eu não sabia que pensar racionalmente é engano.

      Primeiro, para alguém que se considera lúcido,  o raciocínio deve ser esse.

      Tudo que você falou rdmaestri não é do desconhecimento do Nassif e de ninguém com um mínimo de razão.

      Na mesma linha de indignação, e se não for assim, como poderemos nos revoltar, eu coloco esse vídeo com a participação da Coordenadora dos trabalhadores da justiça federal, Adriana Faria, na sua fala no Senado.

      É de tirar o fôlego.

      [video:https://www.youtube.com/watch?v=NiDbUWfMf-4%5D

       

  32. Quero Votar para Presidente, da Globo

    Com tudo que permitiram acontecer em forma de não reação, resistência e anomia política, armados do controle remoto e das notas à grande mídia, fico vendo Rui Falcão ainda permanecendo presidente do PT, coisa que nem timeco da quarta divisão assim mais acomoda-se e ai bate um desânimo, ainda maior sabendo, há mais de 30 anos, ouvindo meu mano repetir, que nós votamos para presidente que não interessa, pois o que interessa é votar para presidente da Globo e não para presidente do Brasil. 

  33. Indignação de um brasileiro
    Nassif, parabéns pelo seu vídeo!
    Conseguiu sintetizar o sentimento de indignação dos brasileiros que estão vendo o país desmoronar pelo serviço irresponsável e de desvairado moralismo patrocinado por agentes estatais (MPF, Judiciário ), numa parceria mortal com a Rede Globo.
    Queremos que nossos filhos tenham futuro. Que legados nossa geração deixará para eles?
    Nassif, você me representa. Obrigado.

  34. A POPULAÇÃO ESTÁ SEDADA …

    pela mídia, Marcos Videira (10H39). A notícia “greve geral” precisa repercutir lá onde mora o povão. E a mídia sacudida não deixa isso acontecer. Não é só Globo, não. As rádios fazem um papel fdp nessa história. Veja o falastrão Ricardo Boechat desqualificando os movimentos todo dia de manhã. Se não tiver 10 mil ..100 mil na visão desse sujeito não é paralisação, movimento, greve etc. Rapaz: o povão só fica sabendo aquilo que a mídia quer e do jeito que ela quer. É assim que funciona. Infelizmente! 

  35. CONSTITUINTE É A CONTINUAÇÃO

    CONSTITUINTE É A CONTINUAÇÃO DO GOLPE

    Os conservadores Golpistas são os maiores derrotados com a Lava Jato…. Sua corja está toda lá, paladinos da moral da boca pra fora e aí querem Constituinte…. CONSTITUINTE é GOLPE porque eles se enrolaram e se botar lupa na investigação chega nos grupos midiáticos, quanto desse dinheiro rolou no caixa das emissoras e do patronato midiático. Esse moralismo cu doce pode levar o mais honesto pro xilindró, porque a maioria está sendo hipócrita descobrindo o que estava escancarado, o sistema bancário não sobrevive a um dia de investigação sobre sonegação, caixa 2 e uma porrada de crime do colarinho branco.

    A burguesada bacharelesca urge por constituinte, porque sabe que a realidade vai bater nas bolas, precisamos encarar a realidade e primeiro diferenciar do que é imoral do escancaradamente ilegal, porque usam de uma moralidade duvidosa pra condenar por ex. Lula, a Republica de Curitiba está mais pra concilio de Cardeais que sataniza inimigos e fazem do exercício do direito uma Inquisição tipicamente tupiniquim e que se presta a um vale tudo sem caráter, Juízes podem ir defender os interesse Imperialista Yankee e fazer de subterfúgios nada legítimos para deixar o país de joelhos.

    Esse capitalismo coroinha que o judiciário finge defender é a mais pura prova que há má fé por parte dos operadores do direito, ressalto o que nosso togados do Ministério Público e nosso Juízes tanto fazem nos USA, sem esquecer no nosso aparelho repressor de estado que vive sem controle e faz o estado refém de suas operações, DESCULPEM NÃO ACREDITO NESSE BOM MOCISMO, a espetacularização de operações são a mais pura prova que há um compromisso tácito com o escândalo teatral, que faz voz a uma nação sucumbida se envergonha da realidade que sempre esteve estampada.

    As soluções magicas serão sempre vendidas pelo status quo Golpista, a maturidade é de encarar os fatos de frente, fazer do tempo e da experiência a solução para assuntos do dia a dia, a pirotecnia Golpista mostrará a ilusão que atingiremos a pureza em instantes e só termos boas intenções, porque mostrar a elite empresarial e política que as coisas tem limites pode ser lesivo a quem só quer se manter no topo da pirâmide, o tempo é senhor da razão e realidade sempre se impões de maneira dura, uma CONSTITUINTE é relativizar a realidade pro Casa Grande, bacharéis farsantes são os verdadeiros vendilhões do templo e querem suavizar o que já não tem mais volta, porque denúncias com centenas de réus não querem nada com nada e o corpo da sociedade envolvendo Mídia, Bancos e Operadores do Direito estão envolvidos até os ossos, a farsa não se perpetuara por muito tempo e se continuar a Lava Jato simplesmente pega o capitalismo nativo e nos transforma no quintal de Trump, esse hipocrisia colonizada que fez aventureiros travestidos de promotores usarem o termo Compadrio Tardio, sendo que, o Compadrio é Togado e Colonizado.

  36. pelo o jeito o glope comçou

    pelo o jeito o glope começou quando Dilma cortou um contrato que a odebrecht tinha com a petrobras e que envolveria um percentual de propina com o PMDB. graça foster era a presidente da petrobras na época.

    aos pouco o quebra cabeça vai se formando.

    primeiro a união de empresas, globo no meio, contra monopolios, sob a batuta de um mineiro.

    empresas publicas como a petrobras ficam vulneraveis sem a proteção na lei contra contratos. 

    aí começa uma verdadeira negociata envolvendo propinas. aquilo que a gente conhece como petrolão.

    Dima assume a presidencia e quer fazer uma faxina que irrita o consorcio anti monopolio. agora, o que a Globo queria com isso?? no setor de telecomunicação vá lá, mas petroleo??

    a odebrecht conspirou contra o governo dilma??? pelo o andar a carruagem conspirou pois ainda tem aquela historia da grana pra eduardo cunha pra bancar a eleição dele para a presidencia da camara. 

    a odebrecht paga pesado e diretamente pra bancar interesses que são seus.

  37. O novo papel do congresso

    Instrumentos do golpe, para evitar “essa porra” e a “sangria”, hoje, desmascarada e sem mais nada a perder, a classe política será exatamente o último bastião da democracia. E não será gratuitamente, mas graças à reação do povo. O medo de perder voto será ou está sendo cada vez maior em relação ao rabo preso das acusações premiadas. A parceria MPF/Globo chutou o balde e tentou sufocar as reações dos congressistas (Lei de abusos da autoridade, contra a mudança na Previdência e outras reações, inclusive do Renan e alguns Pmdbistas graúdos).

    Nestes últimos dias o rabo da classe política foi puxado com tal violência que acabou se desprendendo do corpo. Há sangue saindo, mas o instinto de supervivência de um político profissional, calejado e esperto, como são muitas daquelas velhas raposas, será exatamente a arma que se voltará contra o mesmo golpe que esses mesmos políticos ajudaram a gerar.

    O “timing” já era. A persecução ao Lula virou uma batalha à “Pirro”. O medo que a gente sente num filme de terror acaba quando aparece mesmo o monstro e, depois disso, a gente acorda e luta para sobreviver. A espada de Dâmocles sobre a classe política caiu e cortou os rabos, mas não as cabeças.

  38. um breve discurso para a História….
    Nassif, uma vez vi aqui no GGN, uma foto magnífica, de um discurso feito por um líder nazista, e uma multidão onde todos faziam a saudação nazista, menos UM HOMEM. No post, falavam dele, quem era, e de sua coragem de sozinho, enfrentar todo aquele fanatismo e ódio. Não lembro a síntese do que ocorreu a esse cidadão, a imagem magnífica me marcou mais que o texto.
    .
    Penso que às vezes, uma fala, um texto, não servem nem servirão a um objetivo mais pragmático, como reverter o curso de um processo perverso, despertar milhões de pessoas para uma determinada realidade, nada disso…. Ainda assim, eles são ESSENCIAIS, necessários, urgentes!
    .
    Pode bem ser esse, o caso. Talvez Lula seja preso, a Petrobras desmontada da forma mais abjeta, a indústria do petróleo e gás, assim como da construção civil pesada desmanchada sem salvação, o Judiciário iniciando um ciclo de domínio sobre o Estado e a nação, talvez nem eleições tenhamos em 2018, e sabe Deus quando, a sociedade se tome de revolta e ecludam conflitos intensos, sangrentos mesmo, até que se torne mais uma vez inevitável o retorno da democracia e a reconstrução do país, é impossível prever o que virá diante de tamanho caos.
    .
    Do que serviriam então, discursos como essa sua breve, indignada e certeira fala?

    Servem para registrar a verdade, servem para que a realidade seja jogada no rosto de todos, servem para que saibam que nem todos somos imbecis manipulados, que não enxergam o tamanho da sordidez, da irresponsabilidade deles, a família Marinho, Janot, Moro, os Mesquita, os Frias, os Civitta, e FHC, que ao se misturar a esse esgoto, mancha definitivamente sua biografia, como um dos homens mais desprovidos de caráter entre todos, porque este não pode alegar ignorância, seguiu o esgoto por já estar nele enfiado e não ter como negar seu passado.
    .
    Todos deveríamos fazer isso, nas redes sociais, onde pudermos! Registrar nossa indignação, nossa revolta com essa situação absurdamente insana, a destruição do país, dos sonhos da nação. Sem qualquer motivo justificável, é claro.
    .
    Meu abraço solidário!

  39. Nassif, e suas fontes no MP,

    Nassif, e suas fontes no MP, a exceção do Aragão que provavelmente concorda com voce, as outras concordam ou ainda defendem essa “instituição”. ?

  40. Por que o Senado é tão

    Por que o Senado é tão covarde ?

    Por que não abre processo de impedimento contra Janot e contra Fachin por vazamentos de informações, por exemplo?

    Qual o problema, eles não podem abrir processos contra todos e contra eles não se pode abrir ?

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome