Lula, ladrón que te quiero ladrón, por Rui Daher

Foto: Reprodução/O Globo

Não estranhem. Da forma como está sendo conduzido o processo, isso seria o justo. Sim, parodio o espanhol Federico Garcia Lorca (1898-1936) em seu “Romance Sonâmbulo”. Vai-se o verde do primeiro verso do poema como vão os verdes de nossas esperanças.

A reação das folhas e telas cotidianas, possessas e possessórias da corrupção concessionada, diante da defesa que Lula fez de delações premiadas que viram convicções inabaláveis sem qualquer prova material, o único desejo fervoroso que me restou, esperança vã talvez, é de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tenha, realmente, roubado muito.

Que o tríplex nas medíocres praias do Guarujá, os pedalinhos no sítio em Atibaia, maior concentração de chácaras bregas paulistas, sejam dele mesmo, apenas disfarce para os bilhões de dólares de propinas que esconde incólumes nos locais mais improváveis do planeta, tanto roubou e tão esperto é.

Fica-se aqui nesse lenga-lenga de “Dom Severino, eu fiz xixi na batina do padre José, mas se eu disser que foi o Carlinhos quem fez cocô no altar, o senhor diminui pela metade a minha penitência”? Ou condenar em base a delação premiada é diferente disso?

Juiz Sérgio Moro, por que ainda não mandou uma equipe do Ministério Público e da Polícia Federal investigar em Cuba? Quem sabe milhões em “twenty dollar bills” não estariam enterrados sob o túmulo do Comandante? Se o governo e o povo de lá permitiriam a repatriação é outra história, mas seria uma prova.

Família Marinho, Ali Kamel, William, Renatinha, Sandrinha, Merval, por que não mandam seus correspondentes escrutinarem as posições da Al Kaeda no Afeganistão? Podem haver bilhões lá roubados do Brasil por Lula. Seriam provas mais válidas do que convicções patéticas mostradas em PowerPoint.

Dinheiro menor, mas também ilícito, pode estar sob o assento do fusca do ex-presidente uruguaio Pepe Mujica. Esteve aqui recentemente e o MBL, Malta de Burrice Liberada, poderia ter perguntado.

Vai também que sua Marisa, quando em vida, superou os 3 mil pares de sapatos da filipina Imelda Marcos. Onde estão? Alguma ilha do arquipélago?

Em seu depoimento ao Juízo de Primeira Instância, o senhor pediu provas. Percebendo que não tinham, deitou, rolou, extrapolou e denunciou a mídia com nome e sobrenome, justamente quem mais caga de medo de vê-lo eleito em 2018. Pode não se ter lembrado do que fizeram com Leonel Brizola e meteu o dedo no Câncer Brasil.

Não espere reação diferente. Como peitaram Brizola, peitarão o senhor até liquidá-lo, não importa a forma. As armas de hoje são mais poderosas e modernas do que na época de Brizola e Darcy.

Torço, pois, ex-presidente Lula, que o senhor tenha roubado muito. Mais do que se imagina. Mais do que fizeram Paulo Maluf, o esquema Banestado, Eduardo Cunha, Cabral, Geddel, Jucá, Serra, Geraldo, e tantos outros da Federação de Corporações, como a escória marqueteira e iletrada.

Mais ainda do que heróis da corrupção fora do Brasil. Trujillo, Batista, xeiques árabes, ditadores africanos, Reza Pahlavi, Fujimori, Gadaffi.

Justificaria a perseguição e não seria mais do que a paga pelos oito anos a comandar um projeto nacional de inserção social. Fez a economia crescer, encher o rabo dos ricos de grana, e escorrer franjas de bem-estar aos mais pobres. Manteve a soberania do País e o fez respeitado internacionalmente.

O produto de seus roubos seriam pouca paga pelo estadista que é. Se não o fez, mas por isso é acusado sem provas, foi bobo.

Comecei com Lorca, termino com ele e a verdade que merecemos.

“Sobre a face da cisterna/balançava-se a gitana/verde carne, tranças verdes/
com olhos de fria prata/ponta gelada de lua/sustenta-a por cima da água. A noite se fez tão íntima/como uma pequena praça. Lá fora, à porta, golpeando/guardas-civis na cachaça. Verde que te quero verde/verde vento. Verdes ramas/o barco vai sobre o mar/e o cavalo na montanha”.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

15 comentários

  1. È justo?
    Grande Rui. Lavei a alma. Gargalhei em certas passagens. E subscrevo integralmente seu artigo/post/declaração de J’a accuse a hipocrisia que, mesmo diante das evidentes manipulações e continuidade da exploração dos canalhas de sempre – empresariado (Odebrecht e CIA, aquela loja “de mulher para mulher” cínica que devia mudar de nome, Fiesp e sua hepatopatia regressiva), imprensa cúmplice (G.Lobo.Empeledecordeiro.Con e afiliadas SejaGolpista da Editora Faliu, Estado Mínimo, a Bolha dos Sem Voto (para quem não reconheceu ainda, a Falha de São Paulo em novo codinome, Todofeio…, e a ratoeira master, EsgotoNews), classe política (a lista é longa e conhecida), deformadores de opinião publicada em geral, e o grande anfitrião dos ratos mais antigos, juízes e promotores de vergonha nacional e falência institucional de múltiplos órgãos – ainda nos surpreende! Bobinhos esses progressistas democráticos, esperar que haja uma, inédita na história da humanidade, autocontenção dos abutres por pruridos morais e éticos.

    Obrigada, por dizer em tão boas e poucas palavras que O Rei da Hipocrisia está nu:
    1 – Emissoras de TV que sonegam impostos, se envolvem em altas tramóias para burlar o fisco e conseguir financiamento público eterno para sua sobrevivência e enriquecimento pessoal de seus proprietários, em transferência de renda RobinHoodReverso mas que encarnam as vestais-macho de honestidade em telejornais farsescos – o horário da novela mudou mas o das ficções rocambolescas e canastrices risíveis continua às 8.
    2 – Juiz de piso que frequenta congressos financiados por empresários duvidosos e encontros públicos com políticos suspeitos (ainda respeito a presunção de inocência, além da minha…) às gargalhadas e intimidade regada a água em taça (gente chique não tem medo de delação nem de fofoqueiro, faz tudo à luz dos holofotes porque quem os julga mesmo, além da corretora de massa cheirosa?)
    3 – Delatores que alcaguetam, dão lição de moral e voltam pra suas mansões e fortunas sem se preocupar em ressarcir os cofres que dizem que são públicos, nem com as provas do que dizem porque na terra da pizza de banana o que vale mesmo é o escândalo: quanto vale o Show, Sílvio? 54 milhões de votos tá bom?

    Enquanto houver gente que pensa e consegue fazer comédia grega da nossa tragédia coletiva, temos esperança de que a farsa acabe por falta de público e de paciência.

    Valeu, Rui. E viva a irreverência pra suportar tantos lutos, de artistas e intelectuais, mestres de fazer e interpretar arte, e do nosso próprio, como sociedade de direitos. Sejamos Fênix, reciprocamente.

    P.S. Em plena véspera de comemorarmos o 130º da Abolição Oficial da Escravatura, as elites oligárquicas, saudosas do passado régio, ensaiam a volta retumbante, generalizada e repaginada da escravidão como forma de governo e de modelo econômico. Para quem não gosta de greve em dia de trabalho, é um feriado a menos. Para quem achava que o país tinha avançado casinhas no jogo do Estado de Direito e Bem Estar Social, “volte ao início do jogo” não parece justo.

    [video:https://www.youtube.com/watch?v=L7p5WO1HHQ%5D

    SP, 13/05/2017 – 18:48

    • é….

      Existe algo de muito errado num país onde depois de 30 anos de democracia, a salvação se baseia neste ou aquele menos ladrão. E o povo se gladiando por um dos lados. E a Nação tentando condenar a Justiça que ela próprio ajudou a construir. E todos os vicios da sociedade permanecidos e até ampliados. 

      • Embora desejemos, não existe conciliação possivel.

        Lula até que tentou a tal conciliação, mas o resultado está ai: está sendo torturado pela própria zelite zelote que fez de conta que era a favor de politicas de inclusão.  E ainda há quem acredita no filme da Globo contra o Lula, o A Lei é para Todos (menos para tucanos). Somos um pais em que a população acredita que aquele que furta 1 pote de margarina no Carrefour para matar a fome tem que amargar anos e anos na cadeia, enquanto que o que furta bacalhau também merece ser punido,  SQN, imagina prender um Serra, que tá doentinho, tadilnho, o Aecio sumiu e tá resolvido. Punir coxinhas e mortadelas é, não somente impossivel como se trata de algo que é aceito pelo senso comum. Se Lula fosse do PSDB e tivesse roubado no atacado, na casa do bilhão de reais, estaria de boa…

        Não existe conciliação possivel entre a Casa Grande e a Senzala, afirma MIno Carta

        https://jornalggn.com.br/blog/marco-zero/nao-existe-conciliacao-possivel-entre-a-casa-grande-e-a-senzala-no-brasil-diz-mino-carta

    • Nada mais parece justo, Cristiane

      O País desmoronou e, temo, sem volta. Cada vez acredito menos em eleições em 2018 e mais ainda na eleição de alguém que resgate o pouco de esperança que avançássemos na inserção social. Mais, mesmo que esse impossível aconteça, a volta de Lula, por exemplo, quem garante que ele não terá que ceder às mesmas exigências da “governabilidade”.

      Repare que, diariamente, acrescenta-se ao golpe maior, de abril de 2016. Golpinhos menores vão se somando e fortalecendo a manutenção do acordo neoliberal e as crescentes pressões dos EUA.

      Obrigado por enriquecer meus textos com seus comentários.

      Abraços

  2. Caro Rui, obrigado. Muitas,

    Caro Rui, obrigado. Muitas, mas muitas pessoas mesmo, gostariam de ter escrito esse texto. Mas só você o fêz. Deveria ser lido em rede nacional de televisão, mas isso é mais improvável que a volta de Jesus. 

  3.  
    Não é facil vc achar alguma

     

    Não é facil vc achar alguma charge ou imagem sobre o Aecio…foram feitas muitas mas vão suminto aos poucos….com tucano e assim: as provas são destruidas e tudo bem…

     

     

    E havia tambem o homem que adorava rezar….o do terço..

     

     

     

    • não….

      Caro José Carlos, não adianta culpar outros ou outra sociedade. Este é o neto do homem que o Brasil achava que seria uma nova realidade nacional. Grande exemplo de linha politoc/familiar em que vocês creram? Gente que construiu sua vida pública acusando Paulo Maluf de corrupção. Com 84 anos, mais de 50 de vida pública ainda estão tentando achar um jeito de condená-lo por fantasias e doutrinações, que spo serviram para colocarem um cabresto ideológico na população brasileira. Agora seus algozes, em especial mortadelas e coxinhas, não precisaram mais que 1 mandato, para TODOS já estarem ou encaminhados para a cadeia.  Mas dirão os “HONESTOS’: perseguição política com a cumplicidade do Judiciário. Todo este Poder Judiciário empossado pelos mesmos mortadelas e coxinhas. Que coisa?!

      • Sobre  isentar o sistema como

        Sobre  isentar o sistema como responsável pelo nosso eterno subdesenvolvimentismo, atribuo à ideologia que o sustenta. Neste sentido, há apenas duas ideologias, uma que inclui e outra que exclui. A que exclui apoia a cadeia para todos, embora os que defendem esse lema sabem que se trata de uma utopia, isto devido ao nosso modelo Casa Grande & Senzala de sociedade, o que se aprofundará face a mais um golpe de Estado. Não somos um pais escandinavo e sim uma grande  Belíndia,,..,..basta que o pais comece a andar no sentido da inclusão social, para que corruptos notórios de sempre, isso que chamamos de Casa Grande, venha com o velho blábláblá de sempre: JK foi acusado de corrupto e dono de triplex…

        Estrutura e superestrutura nos dias atuais

        https://jornalggn.com.br/blog/spin-ggnauta/estrutura-e-superestrutura-nos-dias-atuais

      • Zé Sérgio,

        não servem coxinhas, mortadelas, o povo é assim mesmo, só falhamos, não progredimos … aguardo ansioso suas sugestões ou, pelo menos, algo e alguém em que acredite.

        Abraços

        Rui

  4. Quem quer bacalhau!!!

    De fato nesse pais os verdadeiramente criminosos, aqueles quer roubam no atacado, na casa do bilhão de reais, estão liberados….e o povo acha isso bonito, tanto que reelege várias vezes seguidas, como no nosso Goiás do Cachoeira, certo…

    Por sua vez, a ideologia dominante introjetou essa visão de “justiça” nos corações e mentes…ninguém se importa com os 23 milhões de Serra na Suiça, com a grana do Aecio espalhada por todos os continentes, com o helicoptero transportando meia tonelada de coca, com várias sondas da Petrobrás sendo vendidas por 10% de seu valor (deu no Vi o Mundo), com 25 bi de debitos do Itau e mais de 1 trilhão de reais do empresariado da área rural sendo perdoados…ah, o rosário é grande….não é mesmo homem do terço…se não me engano esse codinome é do Alckimin…

    Cont…. vai uma pobretona furtar  no Carrefour um pote de margarina para matar a fome que pega varios anos de cadeia…já o bacana de carrão que furta bacalhão tá liberado…

    Esse pais é uma zorra…como diria Chacrinha,quem quer bacalhau….kkk * a moda agora é jogar comida para os

    pobres 

    http://hannahleti.blogspot.com.br/2013/04/a-moda-agora-e-jogar-comida-para-fa.html

    [video:https://www.youtube.com/watch?v=il39zUqBRqs%5D

     

     

    • Zé Carlos,

      tudo isso tem nome ACORDO SECULAR DE ELITES garantido pelas mídias. Assim ficam invencíveis e inimputáveis. Ainda mais com nosso Judiciário instrumentalizado também.

      Abraços

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome