Bolsonaro agora diz que seu governo não tem ‘corrupção endêmica’

Presidente muda discurso após prisão de Milton Ribeiro, e diz que ‘tem casos isolados que pipocam e a gente busca solução para isso’

Foto: Alan Santos/PR

A prisão do ex-ministro da Educação Milton Ribeiro levou o presidente Jair Bolsonaro (PL) a mudar discurso e afirmar que não existe ‘corrupção endêmica’ em seu governo.

“No governo, não temos nenhuma corrupção endêmica. Tem casos isolados que pipocam e a gente busca solução para isso”, disse o presidente durante evento da CNI (Confederação Nacional da Indústria).

Bolsonaro também admitiu aos empresários que podem existir casos de desvio de verba pública no governo federal. Até então, o presidente descartava a ocorrência de casos de corrupção em seu governo.

Democracia é coisa frágil. Defendê-la requer um jornalismo corajoso e contundente.

Junte-se a nós: www.catarse.me/jornalggn

Porém, o presidente não citou em seu discurso as denúncias de assédio sexual contra Pedro Guimarães, o agora ex-presidente da Caixa Econômica Federal.

O presidente se viu obrigado a mudar de postura após a detenção de Ribeiro em operação da Polícia Federal, que apura uma suspeita de negociatas dentro do Ministério da Educação e para liberação de dinheiro do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação).

Tais denúncias levaram senadores a articularem a abertura de uma CPI para investigar as denúncias relacionadas ao tema.

Com informações da Folha de São Paulo

Leia Também

Governo apela para benefícios sociais de prazo limitado

Bolsonaro acumula mais de 20 escândalos de corrupção. Confira a lista

Acusado de assédio sexual, presidente da Caixa é próximo de Bolsonaro

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador