Candidatura de Tabata à prefeitura de SP pode fortalecer Boulos, avalia Eduardo Suplicy

Ana Gabriela Sales
Repórter do GGN há 8 anos. Graduada em Jornalismo pela Universidade de Santo Amaro. Especializada em produção de conteúdo para as redes sociais.
[email protected]

Deputado estadual de São Paulo falou com exclusividade ao GGN sobre as expectativas para a eleição municipal de 2024

Deputado estadual Eduardo Suplicy. | Jefferson Rudy/Agência Senado

O deputado estadual de São Paulo pelo PT, Eduardo Matarazzo Suplicy, acredita que o candidato à prefeitura de São Paulo, deputado federal Guilherme Boulos (Psol), tem grandes chances de vencer o pleito pelo Executivo municipal, previsto para 6 de outubro. 

O político fala ao GGN à luz da última pesquisa Datafolha, divulgada nesta segunda-feira (11), que aponta um cenário de polarização na cidade, com Boulos e o atual prefeito, Ricardo Nunes (MDB), isolados e tecnicamente empatados na corrida eleitoral, com 30% e 29% das intenções de votos, respectivamente. 

Para Suplicy, o psolista e líder do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), que conta com o presidente Lula (PT) como cabo eleitoral, tem vantagens em relação a Nunes, que tem o apoio do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e busca aliança com os partidos de centro-direita.

Os prós de Boulos envolve seu campo político que, na avaliação de Suplicy, está mais bem definido com a participação de Marta Suplicy (PT) na chapa, como candidata a vice-prefeita.

Se trata de uma disputa bastante equilibrada e eu avalio que a candidatura de Guilherme Boulos junto com Marta Suplicy, como candidata a vice-prefeita, tem uma oportunidade muito significativa. O Ricardo Nunes ainda está por definir melhor todo o seu campo”, pontua.

Suplicy faz uma observação importante sobre o cenário relacionado a deputada federal e também pré-candidata pela prefeitura, Tabata Amaral (PSB), que aparece em terceiro lugar na corrida, com maior apoio do chamado centro.

Temos a Tabata Amaral que também terá uma importância muito significativa nessas eleições. Acredito que Guilherme Boulos tem as condições para vencer as eleições, inclusive porque o campo progressista, representado por Tabata Amaral, num eventual segundo turno poderá apoiar a candidatura de Boulos”. 

A memória popular sobre Marta

O deputado estadual afirma que Boulos só tende a ganhar com Marta Suplicy na chapa, tendo em vista a memória popular sobre seus feitos políticos. 

Marta foi prefeita de São Paulo há 20 anos, com uma gestão que deixou marcas registradas na cidade, principalmente em relação as áreas de transporte e educação, com a criação do Bilhete Único e do Centro Educacional Unificado (CEU). 

A ex-prefeita, rosto carimbado do PT, chegou a deixar a sigla em 2015 após se sentir “isolada”. Em 2020, apoiou a candidatura de Bruno Covas (PSDB) para o Executivo municipal, cargo assumido por Nunes posteriormente

Após a vitória do tucano, Marta foi escolhida para comandar a Secretaria de Relações Internacionais, mas deixou o cargo para se juntar a Boulos, após intermediação do presidente Lula.

O Guilherme Boulos vem tendo um desempenho bastante importante nas mais diversas regiões da cidade, com uma preocupação também de colocar os seus pontos de programa de governo. Ainda no Dia Internacional da mulher, ele anunciou junto com a Marta Suplicy que no seu secretariado haverá 50% de mulheres e 50% de homens, o que para São Paulo constitui uma novidade importante, depois de termos tido duas prefeitas: Luiza Erundina (Psol) e Marta Suplicy”, afirma o deputado.

Com certeza a população está se lembrando dos Céus, que foram iniciados com a prefeita Marta Suplicy e hoje tem sido expandido nos mais diversos bairros, e é uma marca importante na compilação de Guilherme Boulos. Há também os aspectos dos corredores de ônibus, que foram instituídos pelo governo Marta e expandidos pelo governo Haddad. Uma das características da gestão de Luiza Erundina foram os mutirões para as construções de habitações populares e isso é algo que pode novamente ser considerado”, acrescentou Suplicy.

Leia também:

Ana Gabriela Sales

Repórter do GGN há 8 anos. Graduada em Jornalismo pela Universidade de Santo Amaro. Especializada em produção de conteúdo para as redes sociais.

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Gente, Maluf já dizia lá por 1988, eleição municipal de São Paulo é prévia para a presidência da República. Sem dúvida Sampa é a eleição mais importante do Brasil! Torcendo por Boulos & Marta!

  2. Você vota no vice pois o vencedor sai para governador ou presidente em menos de ano.

    Talvez a Tabata , talvez, seja candidata à prefeita mesmo.

    __

    Falando nisto vai ter eleição para prefeito nas demais cidades do Brasil ?

    Só vejo a mídia falando de São Paulo , Lula x Bolsonaro.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador