Defesa da Amazônia por Bolsonaro não engana ninguém

Em meio a recordes de desmatamento, presidente diz que bilionário pode ajudar a combater “informações inverídicas”

Foto: Reprodução Facebook

A presença do bilionário sul-africano Elon Musk no Brasil tem sido explorada pelo presidente Jair Bolsonaro como uma maneira de distorcer os dados relacionados ao desmatamento da Amazônia, que tem batido recordes sucessivamente.

Ao lado de Musk, Bolsonaro declarou nesta sexta-feira (20) que conta com o trabalho do sul-africano para que “a Amazônia seja conhecida por todos” e para o combate de supostos dados inverídicos a respeito da região.

Enquanto isso, a área de alertas de desmatamento na Amazônia em abril chegou a 1.012 km2, alta de 74% maior do que o recorde anterior da série histórica, batido no ano passado pelo próprio Bolsonaro (580 km2). Comparada à média dos seis anos anteriores para abril, a área de alertas é 165% maior.

O Observatório do Clima lembra que, no acumulado do ano até aqui (o Inpe sempre mede o desmatamento de agosto de um ano a julho do ano seguinte), os alertas já chegam a 5.070 km2, 5% a mais do que no ano passado e segundo maior número da série histórica.

E o jornalista Maurício Angelo, do Observatório da Mineração, lembra em postagem no Twitter que Musk recentemente fechou um acordo com a Vale para o fornecimento de níquel – minério que a empresa explora no Canadá e na própria região amazônica.

Com informações do UOL e do Observatório do Clima

Democracia é coisa frágil. Defendê-la requer um jornalismo corajoso e contundente.

Junte-se a nós: www.catarse.me/jornalggn

Leia Também

Jogada eleitoral internacional, Bolsonaro se reúne com Elon Musk

Elon Musk compra Twitter: esquerda foge da rede e extrema-direita robustece bolsonarismo

Por US$ 44 bilhões, Elon Musk leva Twitter

Elon Musk e o exemplo do jogo ideológico da violência no capitalismo

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador