Gravações revelam envolvimento de Bolsonaro com corrupção

Ex-cunhada do presidente revela gravações da época em que era deputado federal, e indica prática de crime de peculato

Jornal GGN – O presidente Jair Bolsonaro é acusado de envolvimento no esquema de entrega de salários de assessores no período em que foi deputado federal (entre 1991 e 2018). A revelação foi feita pela ex-cunhada do presidente, Andrea Siqueira Valle.

Gravações divulgadas no site UOL revelam a participação direta do presidente no esquema de rachadinha – também conhecido como crime de peculato, caracterizado pelo mau uso do dinheiro público.

Segundo Andrea, Bolsonaro demitiu o irmão dela justamente porque ele se recusou a devolver a maior parte de seus rendimentos recebidos como assessor. Os registros também apontam Jair Bolsonaro como o mentor dos esquemas de corrupção dentro da família.

Após a divulgação dos registros, o advogado Frederick Wassef, que representa a família Bolsonaro, negou práticas ilegais e que os fatos narrados pela ex-cunhada do presidente são “inexistentes”.

Sempre que questionado a respeito do assunto, Bolsonaro ou reagiu de forma ríspida ou se esquivou de falar a respeito do tema – ao ponto de ameaçar um jornalista de agressão por questionar por que Fabrício Queiroz efetuou depósitos em cheque na conta da primeira-dama Michelle Bolsonaro.

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. pouco comentado no episódio, a denunciante tb praticou crime ao aceitar ser funcionária fantasma no gabinete. será punida? qto.ao ocupante ilegitimo do Planalto, tudo aconteceu antes de chegar ao cargo, logo, não responderá por isso. mas q gasta mais sua imagem, isso sim.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador