Decreto autoriza abater aeronaves suspeitas na posse de Bolsonaro

Divulgação
Foto: Divulgação
 
Jornal GGN – O presidente Michel Temer (MDB) e o ministro da Defesa, Joaquim Silva e Luna, assinaram um decreto, nesta sexta-feira (28), autorizando abater aeronaves “suspeitas ou hostis, que possam apresentar ameaça à segurança” na posse de Jair Bolsonaro, no dia 1º de janeiro.
 
A recomendação é para todo o espaço aéreo brasileiro e não somente restrições na praça dos Três Poderes. E indica ser “sujeitas à destruição” aeronaves que: 
 
1. não cumprir as determinações emanadas das autoridades de defesa aeroespacial, após ter sido classificada como suspeita;
 
2. atacar, manobrar ou portar-se de maneira a evidenciar uma agressão, colocando-se em condição de ataque a outras aeronaves;
 
3. atacar ou preparar-se para atacar qualquer instalação militar ou civil ou aglomeração pública;
 
4. lançar ou preparar-se para lançar, em território nacional, sem autorização, quaisquer artefatos bélicos ou materiais que possam provocar dano, morte ou destruição;
 
5. lançar paraquedistas, desembarcar tropas ou materiais de uso militar no território nacional sem autorização.
 
Ainda será considerada suspeito o avião que “adentrar sem autorização em espaço aéreo segregado, áreas restritas ou proibidas estabelecidos pelos órgãos de controle de tráfego aéreo”.
 
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  TV GGN: Os desdobramentos da rebelião da PM no Ceará, por Luis Nassif

11 comentários

  1. Paranóia pura

    “5. lançar paraquedistas, desembarcar tropas ou materiais de uso militar no território nacional sem autorização” Quem teria meios para fazer isso? Venezuela, Cuba, URSAL, URSS, Coreia do Norte, os vietcongs, o próprio capeta?

  2. O vagabundo Jair Bolsonaro
    O vagabundo Jair Bolsonaro exigiu mísseis anti-aéreos para protegê-lo no dia da posse? O problema é que não existe uma arma capaz de salvá-lo do QUEIROZ. Esse míssil vai derrubar ele, os filhos e a esposa dele a 1.200.000 reais de distância.

  3. É muito oba oba

    É muito oba oba para um governo que não tem nada para falar de bom. Inclusive a aeronave do Boçal fascista? Nos faça esse favor.

  4. Mas issoprecisa decreto

    Mas issoprecisa decreto publicado no Diario Oficial? Não seria mais logico uma ordem operacional?E a midia participa disso?

    O Ministro Jungman é que gosta de detalhar plano para combater crime em favela, a policia do Rio avisa com 24 horas de

    antecedencia que vai dar batida em tais morros, o Brasil é herdeiro direto de piadas de português, da policia secreta

    uniformizada, enquanto os agentes do FBI operam de terno sem ninguem saber quem são, os nossos policiais usam

    espalhafatosos vestuarios de ninjas e superman,nsem sequer é uniforme, certas coisas requerem discreção e não

    barulho, circo não quer dizer eficiencia.

  5. Patético
    Efetivamente estamos no circo Brasil. Um bando de pulhas desmiolados assustados com a própria sombra que os perseguem.
    Ver pseudo generais nessa pataquada é a completa avacalhação de nossas pseudo forças armadas que dão os braços a uma família de completos idiotas, que sempre se apoiaram no que há de mais vil na sociedade para garantir seus cargos. Isso sem esquecer dos atos do chefe do clã que em qqr outra força armada de qqr país teria sido expulso depois de mofar por um bom tempo em cadeias militares.
    É Patético….completamente patético.

  6. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome