Início Tags Dívida pública

Tag: dívida pública

Securitização da Dívida Pública, por Paulo Kliass

O conceito de securitização de títulos tem sua origem em práticas correntes no mercado financeiro privado, quando os detentores de créditos não conseguem receber as dívidas que detêm contra terceiros, por uma série de motivos.

Na disputa pelo dinheiro público, o mercado financeiro ganha sempre, por Lauro Veiga Filho

Analistas e consultores tratam de demonizar precisamente os recursos que poderiam ajudar a mitigar os efeitos da crise sobre pobres, vulneráveis e excluídos, amenizando a miséria e a fome crescentes.

Notas críticas às controvérsias sobre a Dívida Pública: tropeços à esquerda e à direita,...

A última década, demonstrou a perversidade da austeridade fiscal que visa reduzir os níveis de dívida pública até um patamar “aceitável” em relação ao PIB, solvendo as separações entre a produtividade dos setores econômicos e seu congraçamento pelo místico produto potencial.

Brasil, o cemitério de teorias mortas, por Luis Nassif

Um dos pontos centrais desse coral de mediocridade são os dogmas criados em torno da Lei do Teto e os empecilhos à implementação de políticas anti-cíclicas, de aumento dos gastos públicos para superar a crise.

A verdade sobre as contas públicas de São Paulo, por Luiz Alberto Vieira

O ex-prefeito Fernando Haddad (PT) assinou o refinanciamento da dívida pública com a União, o que implicou expressiva redução do estoque da dívida e do custo do seu serviço.

Compromissadas: Política Monetária e Administração da Dívida Pública, por Fernando Nogueira da Costa

Uma lei a ser votada no Senado Federal, nesta semana, concede autonomia ao Banco Central do Brasil. Sem o fim das Operações Compromissadas, não haverá essa autonomia.

O pesadelo da democracia, por André Roncaglia

A teoria econômica ganhou muito rigor com seus sofisticados modelos matemáticos. O problema é que o rigor pode impor à sociedade a ordem dos cemitérios.

Déficit do setor público consolidado chega a R$ 188,7 bilhões

Resultado apurado em junho é o maior da série iniciada em dezembro de 2001; dívida bruta do governo geral chega a 85,5% do PIB

Alta da dívida pública ajudou a turbinar o overnight, por Lauro Veiga Filho

Desta vez, o gato também não é responsável pelo sumiço do dinheiro. As “pistas” estão no mesmo relatório da IFI e sugerem que a maior parte passou simplesmente a irrigar a ciranda financeira, ressuscitando o bom e velho “overnight”.

Os Bancos Universais Contemporâneos (BUCs), por Cézar Manoel de Medeiros

A exemplo do Banco do Brasil, os demais bancos oficiais poderão implementar programas de apoio ao desenvolvimento regional sustentado.

As razões políticas para impedir o governo de emitir moeda, por Luis Nassif

Com a economia exangue, com enorme nível de desemprego e de capacidade ociosa na economia, não haverá como provocar inflação.  Basta então modular a emissão de moeda até o momento em que a economia esteja equilibrada.

Adoção pelos Ultraliberais de Medidas “Heterodoxas”, por Fernando Nogueira da Costa

Os depósitos voluntários dos bancos no Banco Central, possibilitados na nova PEC, levarão a uma redução da Dívida Bruta do Governo. Demonstrará ela não ser o grande problema anunciado pelos neoliberais para justificar a austeridade fiscal e o corte dos gastos previdenciários.

A hipocrisia das “verdades econômicas”, por César Locatelli

Para fomentar o clima de inquietação da classe média e continuar a pressão sobre os gastos sociais feitos pelo governo Dilma: os economistas e a mídia empresarial pararam, repentinamente, de falar da dívida líquida.

Os cabeças de planilha e a dívida pública, por Luis Nassif

O numerador (a dívida pública) é influenciado pela taxa real de juros e pelo superávit/déficit fiscal primário.

Não, a crise econômica não é responsabilidade do PT, por Gleisi Hoffmann

O mito é útil para justificar a agenda de retirada de direitos levada adiante desde o golpe de 2016 e intensificada pela dupla Guedes/Bolsonaro.

Como Berkeley trataria as estatísticas sobre ganhos dos funcionários públicos, por L.D.

Matéria de O Globo reporta a existência de uma elite burocrática: 44% dos servidores recebem mais de R$ 10 mil mensais, pasmem!

Sonegação à Previdência chega a R$ 600 bi por ano e governo Bolsonaro não...

Somente a apropriação indébita, de empregadores que recolhem dos trabalhadores e não repassam os recursos à Previdência, soma R$ 30 bilhões por ano

Sobre erros e argumentos, por Esther Dweck, Guilherme Mello e Pedro Rossi

Continuamos sustentando: o gasto público não foi causa principal do aumento da dívida, não houve crescimento acelerado dos gastos e o corte de gastos não vai gerar crescimento e terá impactos sociais e distributivos perversos

Guedes quer privatizar “todas as estatais” rapidamente e destravar pacto federativo

Ministro diz a jornal que elabora uma lista das estatais para entregar a empresários, que será enviada ao TCU para "avaliação geral" e, depois, encaminhada ao Congresso

O mito da dívida pública no limite, por Andre Motta Araujo

Na dívida interna é tecnicamente impossível a insolvência porque o devedor pode emitir sua própria moeda e liquidar a dívida.