A ofensiva militar contra as eleições de 2022. Assista

As trocas de acusações entre o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e Jair Bolsonaro deixam claro que as eleições de 2022 serão tensas

Jair Bolsonaro ao lado do general Braga Netto, que questiona as eleições

As trocas de acusações entre o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e Jair Bolsonaro deixam claro que as eleições de 2022 serão tensas. Os ministros Edson Fachin e Luis Roberto Barroso deixaram palavras duras para o presidente, enquanto este último sabota a céu aberto o trabalho do TSE vazando informações sigilosas. Há dúvidas se os militares atuarão para defender o pleito ou se estarão sob o comando do franco atirador do Planalto. Luis Nassif e Gustavo Conde conversam sobre os perigos da ofensiva militar contra as eleições nesta live.

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador