Procurador-geral adjunto e promotor são baleados em Natal

servidor.jpg

Autor dos disparos foi Guilherme Wanderley Lopes da Silva, servidor concursado, que está foragido

Da Agência Brasil

Um servidor do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) baleou o procurador-geral adjunto do estado, Jovino Pereira da Costa Sobrinho, e o promotor de Justiça Wendell Beetoven Ribeiro, lotado no Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). O crime ocorreu por volta das 10h30 de hoje (24), na sede do MPRN, em Natal.
 
Segundo a assessoria do Ministério Público, o autor dos disparos é Guilherme Wanderley Lopes da Silva, servidor concursado do órgão que trabalhava como assessor de uma procuradoria. A assessoria não soube informar se Silva estava de serviço ou não.

 
De acordo com relato de testemunhas, Silva ingressou na sala onde o procurador-geral e o promotor participavam de uma reunião administrativa e, bastante exaltado, sacou a arma e disparou a esmo.
 
Sobrinho foi atingido no tórax. Um dos tiros atingiu Beetoven Ribeiro pelas costas. Os dois foram levados para o Pronto-Socorro Clóvis Sarinho. De acordo com a assessoria do Ministério Público, inicialmente o quadro de ambos foi considerado estável.
 
O autor dos disparos conseguiu fugir e, até as 14h15, estava foragido. A Polícia Militar não se pronunciou sobre a ocorrência. Ainda não se sabe o que pode ter motivado o crime.
 
Assine

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

4 comentários

  1. “A Polícia Militar não se

    “A Polícia Militar não se pronunciou (,,,) Ainda não se sabe o que pode ter motivado o crime”:

    Ou foi o complexo de inferioridade do atirador ou foi o complexo de inferioridade de pelo menos um dos outros dois, e nesse caso a segunda vitima seria “vitima inocente”, no lugar errado aa hora errada.  A ver.

    Nao ha outra resposta.  Nem vai haver.  E se foi no caso dos dois ao invez de so um deles, sinto muito, mas…  nao, nao sinto nao.  Ja aprendi a trabalhar o complexo de inferioridade alheio aa humiliacao total.  Nao eh que o governo norte americano, de fato, presta pra alguma coisa de vez em quando?  (Hei, tentem tiros da proxima vez, sempre funcionou pra voces!)

  2. Neto do fundador da Faculdade de Medicina da UFRN

    Seu avô, Onofre Lopes, foi fundador da Faculdade de Medicina da UFRN e dá nome ao Hospital Universitário da instituição.

    Há cinco anos seu pai, Onofre Lopes Júnior, foi incensado em toda a mídia de Natal, sendo primeira página de jornais, por ter matado o assaltante de que tentava roubar seu carro.

    http://www.novonoticias.com/policia/conheca-o-perfil-do-suspeito-de-atirar-contra-os-dois-promotores-do-mprn

  3. Queria ter um filho assim!

    Se esse Guilherme Lopes fosse meu filho eu estaria hiperorgulhoso! Promotor e Procurador bom, é Promotor ou Procurador baleado! Bando de traidores da pátria, raça de víboras oriundas da classe média (violenta, ignorante e mesquinha, nas palavras da Marilena Chauí!), se um dia for vitoriosa uma revolução socialista, vou lutar para que TODOS do M.P. sejam levados ao “paredon”, na frente do pelotão de fuzilamento…, 

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome