Revista GGN

Assine

Luis Nassif Online

Sem Teori, o Supremo entra em sinuca. Seja qual for o relator escolhido, não conseguirá abrandar o ímpeto da Lava Jato
65
Este dever é assistido pelo fato de que o Brasil vive um momento histórico de inconfiabilidade generalizada
18
Para especialista em segurança pública, plano apresentado pelo Ministério da Justiça é mais do mesmo

Planos de saúde perderam mais de 1,3 milhão de usuários em 2016

 
Jornal GGN - De acordo com dados do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), 1,37 milhão de pessoas abandonaram os planos de saúde no ano passado, o que corresponde a uma queda de 2,8% no número de usuários em comparação ao mesmo período do ano anterior.
 
Entre as regiões, o maior recuo foi verificado no Sudeste, com 1,1 milhão das pessoas que deixaram os planos de saúde, 79,9% do total. Somente em São Paulo mais de 630 mil beneficiários abandonaram seus planos. 

Leia mais »

Sem votos

A situação num tá boa não!

Resgate de Luciano Hortencio

A situação num tá boa não.

Num tá boa não, num tá boa não,

Num tá boa não, num tá boa não.

Qualquer coisinha custa um dinheirão,

Trabalho à beça, pra ganhar meu pão,

Até sapato, compro a prestação,

Quando chega o fim do mês, tô de pé no chão,

Tô de pé no chão, tô de pé no chão.

Tô de pé no chão, tô de pé no chão.

Leia mais »

Sem votos

Um discurso histórico de Lula

Jornal GGN - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou nesta terça-feira (24) da reunião ampliada da diretoria da Confederação Nacional dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo, ocasião em que discutiu economia ao lado do jornalista Luis Nassif, diretor deste portal, entre outros convidados.

Na oportunidade, Lula defendeu a retomada de investimentos em infraestrutura e em políticas sociais para tirar o Brasil da crise econômica. "Somente quem fez no passado pode usar o seu legado não para repetir o que for feito, mas a partir dele propor uma coisa nova", disse.

Lula disse que vivemos uma situação de "anormalidade" e, por isso, as fórmulas já conhecidas da economia neoliberal não são suficientes para dar respostas à atual crise econômica. É preciso gastar "massa encefálica" buscando novos caminhos, comentou. Leia mais »

Média: 4.7 (15 votos)

O avanço dos reacionários no setor da cultura, por Jotabê Medeiros

Jornal GGN - Em artigo na Carta Capital, o jornalista cultural Jotabê Medeiros aponta para uma inflexão da área ao um viés reacionário, com o abandono de projetos considerados pequenos, aparelhamento e privilégios ao lobbies do setor.

Roberto Freire (PPS), que assumiu a pasta no governo federal, nomeou diversos candidatos de seu partido  derrotados nas últimas eleições.

O jornalista também aponta para ações de desmonte, como no Rio Grande do Sul, onde o governador José Ivo Sartori fechou 11 fundações, incluindo a Piratini - mantenedora da TVE e da FM Cultura - e no governo paulista de Geraldo Alckmin, que fechou dez unidades de oficinais culturais no estado.

Leia mais »

Média: 1 (1 voto)

Dona Marisa, esposa de Lula, sofre AVC e é internada em São Paulo

Jornal GGN - Marisa Letícia, esposa do ex-presidente Lula, sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral) e deu entrada no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, nesta terça-feira (24). A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do Instituto Lula, de acordo com o portal Uol. 

Segundo o site, o Sírio Libanês também confirmou o atendimento à ex-primeira-dama, mas ainda não deu esclarecimentos sobre seu estado de saúde.

Leia mais »

Sem votos

Conselho Nacional de Procuradores quer cargo no Supremo como prêmio pelo impeachment

Jornal GGN - O Conselho Nacional de Procuradores-Gerais de Contas acha que o procuraduro Júlio Marcelo de Oliveira merece ser indicado ao Supremo Tribunal Federal, para a vaga deixada por Teori Zavascki, por ter sido responsável por denunciar ao Tribunal de Contas da União as pedaladas fiscais que levaram ao impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). Em carta pública divulgada nesta terça (24), a entidade defendeu o procurador do Ministério Público junto ao TCU, alegando que Oliveira "preenche todos os predicados para tão relevante função". 

Leia mais »

Média: 2.6 (5 votos)

Abraccine divulga os melhores filmes de 2016

Jornal GGN – “Aquarius”, "Elle" e "Estado Itinerante” foram eleitos os “Melhores Filmes 2016” pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine). O resultado da premiação anual, que envolve curtas e longas metragens, foi divulgado no dia 16 de janeiro, após um processo de discussão e troca de ideias, via internet, com os associados da instituição de todo Brasil.

Cerca de 400 longas concorreram ao prêmio, entre filmes estrangeiros e nacionais, todos lançados em circuito comercial no Brasil, de 17 de dezembro de 2015 e 29 de dezembro do ano passado. Já na categoria curta metragem só participaram produções brasileiras exibidos em 2016, durante mostras, festivais, entre outros eventos cinematográficos.

Leia mais »

Média: 3 (2 votos)

A era do humanismo está terminando, por Achille Mbembe

 
Do IHU Unisinos
 

“Outro longo e mortal jogo começou. O principal choque da primeira metade do século XXI não será entre religiões ou civilizações. Será entre a democracia liberal e o capitalismo neoliberal, entre o governo das finanças e o governo do povo, entre o humanismo e o niilismo”, escreve Achille Mbembe. E faz um alerta: “A crescente bifurcação entre a democracia e o capital é a nova ameaça para a civilização”.

Achille Mbembe (1957, Camarões francês) é historiador, pensador pós-colonial e cientista político; estudou na França na década de 1980 e depois ensinou na África (África do Sul, Senegal) e Estados Unidos. Atualmente, ensina no Wits Institute for Social and Economic Research (Universidade de Witwatersrand, África do Sul). Ele publicou Les Jeunes et l'ordre politique en Afrique noire (1985), La naissance du maquis dans le Sud-Cameroun. 1920-1960: histoire des usages de la raison en colonie (1996), De la Postcolonie, essai sur l'imagination politique dans l'Afrique contemporaine (2000), Du gouvernement prive indirect (2000), Sortir de la grande nuit – Essai sur l'Afrique décolonisée (2010), Critique de la raison nègre (2013). Seu novo livro, The Politics of Enmity, será publicado pela Duke University Press neste ano de 2017.

O artigo foi publicado, originalmente, em inglês, no dia 22-12-2016, no sítio do Mail & Guardian, da África do Sul, sob o título "The age of humanism is ending" e traduzido para o espanhol e publicado por Contemporeafilosofia.blogspot.com, 31-12-2016. A tradução é de André Langer.

Leia mais »

Média: 3.7 (3 votos)

Aeronáutica confirma que não houve falha mecânica em avião que caiu com Teori

 
Jornal GGN - Os áudios do gravador do avião que caiu, provocando a morte do ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, "não apontam qualquer anormalidade nos sistemas da aeronave", divulgou a Aeronáutica em nota oficial, nesta terça-feira (24). Segundo informações de O Globo, o piloto tentou duas vezes pousar em Paraty, antes da queda.
 
A informação confirmou as suspeitas divulgadas pela imprensa de que o avião King Air não possuía problemas mecânicos que pudessem ocasionar falhas graves para a sua queda. Entre os 30 minutos de gravação que detecta a voz do piloto, Osmar Rodrigues, as conversas na cabine e outros sons exteriores, o piloto chegou a mencionar que queria aguardar a diminuição da chuva para tentar pousar no aeródromo de Paraty, no Rio de Janeiro.
 
O acidente ocorreu a cerca de 4 quilômetros da cabeceira da pista, onde ocorreria o pouso da aeronave. Na nota, a Aeronáutica disse que o áudio extraído de um aparelho do avião que registra as conversas "inclui não só informações de voz, mas outros sons que serão importantes para a investigação".
Média: 4.3 (3 votos)

Para sobreviver à Lava Jato, família vai deixar gestão da Odebrecht

Jornal GGN - A Odebrecht vem organizando medidas para sobreviver ao impacto da Operação Lava Jato, entre elas a saída da família que dá nome para a empresa.

Presidente da Odebrecht S.A. (ODB), Newton de Souza afirmou que a família terá somente um papel de investidora e não mais de gestora, e não haverá familiares nem na presidência executiva e nem na presidência dos conselhos de administração do grupo.

Outro plano é o de abrir o capital da Odebrecht Engenharia e Construção (OEC),que seria também uma maneira de prestar contas à sociedade e ser mais transparente. Matéria do Valor afirma também que a empresa pretende ampliar a política de sociedade com outras companhias em diversos de seus negócios.

Leia mais »

Média: 4 (3 votos)

Planos de segurança são resposta para a mídia, diz Guaracy Mingardi

 
Jornal GGN - “Esses planos [de segurança] são uma resposta à mídia. Uma colcha de retalhos. Depois, nada acontece, porque, depois que que a mídia larga essa crise, estes planos desaparecem”. 
 
A opinião é de Guaracy Mingardi, especialista em segurança pública e ex-Sub-secretário Nacional da área. Em entrevista exclusiva para o jornalista Luis Nassif, do Jornal GGN, Mingardi também endossa o coro de que o plano apresentado pelo Ministério da Justiça do governo Temer é “mais do mesmo”. 
 

Leia mais »

Sem votos

Justiça concede recurso para Doria aumentar velocidade nas marginais

 
Jornal GGN - A Justiça concedeu recurso contra liminar que não permitiu que a gestão de João Doria (PSDB) aumentasse o limite de velocidade permitida nas marginais Tietê e Pinheiros. Agora, a prefeitura de São Paulo vai poder elevar os limites a partir desta quarta-feira (25). 
 
A desembargadora Flora Maria Nesi Tossi Silva, da 13ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de São Paulo, relatora da decisão, afirmou que "não é possível atribuir a redução de acidentes e mortes nas marginais única e exclusivamente, à redução da velocidade nas mencionadas vias públicas, implantada durante a gestão pública municipal anterior".

Leia mais »

Média: 2.1 (7 votos)

Teori não escapou da lógica de Supremo nivelado por baixo, por Breno Tardelli

 
Jornal GGN - Falecido em um acidente aéreo na última semana, Teori Zavascki não conseguiu fugir da lógica de um Supremo Tribunal Federal nivelado por baixo. A análise é de Breno Tardelli, do Justificando, que lembra que, ao lado de Luís Barroso, Teori ajudou a impulsionar a pauta que eliminou a presunção de inocência da Constituição.
 
Tardelli também critica a omissão de Zavascki em temas como a descriminalização do porte de drogas, processo que ficou parado por um ano e meio. Leia mais abaixo: 

 

Do Justificando

Teori não escapou da lógica de Supremo nivelado por baixo

Breno Tardelli

Escrevo esse texto após ler um lindo relato do admirável jornalista Pedro Canário sobre convívio dele com o bom humor e serenidade de Teori Zavascki. Confesso que nunca tive a oportunidade de me encontrar pessoalmente com o ministro falecido, nem estou aqui para fazer qualquer comentário acerca de sua vida privada, se era um bom pai, um contador de história, amigo de todos, ou o que seja. 

Leia mais »

Média: 5 (9 votos)

Estado mínimo criou colapso dentro e fora de presídios brasileiros, por Airton Florentino

Por Airton Florentino de Barros

No Conjur

Há pelo menos 40 anos o Ministério Público tenta, pela via judicial, obrigar o Estado a humanizar os presídios. E o Judiciário, na maioria das vezes, demonstrou entender serem discricionárias as decisões do Poder Executivo a respeito. Não se cuida, contudo, de política humanitária, mas de cumprimento da lei, que proíbe a superlotação de presídios e impõe, por exemplo, a separação dos presos condenados dos acusados ainda não julgados, bem como a observância de condições mínimas de segurança, salubridade e dignidade dos presos.

Leia mais »

Média: 5 (2 votos)

A arquitetura de São Paulo por três mulheres

MASP
 
Jornal GGN - Lina Bo Bardi, Tomie Ohtake e Rosa Kliass foram três dos principais nomes para a arquitetura e paisagens que formam a cidade de São Paulo. Não tanto conhecidas para os aportes arquitetônicos como homens, entre eles Oscar Niemeyer e Roberto Burle Marx, a arquiteta, a artista plástica e a urbanista foram mulheres essenciais em obras cartões postais e espaços públicos da capital.
 
E não foi apenas do ponto de vista do urbanismo que as três formaram a cidade. "Tomie Ohtake, de origem japonesa, nasceu em Quioto em 1913, naturalizou-se brasileira e faleceu em São Paulo em 2015. Lina Bo Bardi, nasceu em Roma em 1914, naturalizou-se brasileira em morreu em São Paulo em 1992. Rosa Grena Kliass, nascida em São Roque e formada em 1955 na FAU - USP, é uma representante da comunidade judaica. As três formam, portanto, um trio que representa muito da história e cultura paulistana", resumiu a especialista Ana Gabriela Godinho Lima.
 
Lima é professora do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie e ressalta que as obras das três podem ser vistas em construções caracterizadas pela academia como "excepcionais", entre elas a construção do MASP, as esculturas de aço carbono na Avenida Paulista, no Edifício Berrini, o Conjunto arquitetônico do SESC Pompéia, a Casa de Vidro, o Parque da Junvetude, etc.
Média: 5 (2 votos)