Revista GGN

Assine

Luis Nassif Online

Fonte veio do promotor José Carlos Blat, o que pediu a prisão de Lula e brigou com Lava Jato do Paraná
65
Alvo de uma ordem de condução coercitiva, Velloso esbravejou e se valeu das garantias que a lei oferece a autoridades
109
A Odebrecht já pagou por todos seus pecados. E é uma empresa que detém tecnologia sensível em várias áreas do país
44

Celso de Mello pede justificativas sobre reforma da Previdência

Em mandato de segurança, deputados da oposição apontam falta de estudo sobre suposto déficit no caixa da aposentadoria pública

 
Jornal GGN - O governo Temer está propondo uma reforma da previdência, alegando déficit nas contas, sem ter nenhum estudo atuarial que comprove que as contas do seguro está no vermelho. A denúncia foi feita por 28 deputados da oposição (PT, PSOL, PTB e PMB) que entraram com um Mandato de Segurança no Supremo Tribunal Federal, pelas mãos dos advogados Rudi Cassel, Roberto de Carvalho Santos e Jean P. Ruzzarin.
 
O documento foi recebido pelo Ministro Celso de Mello que deu dez dias, a partir da última sexta-feira (17), para o presidente Michel Temer e o presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ) explicarem a reforma. A Comissão Especial da Casa que analisa a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 287 também terá que dar satisfações.
 
Celso de Mello também solicita a explicação sobre outra denúncia feita pela oposição: do porquê que a PEC não foi pré-aprovada pela Comissão Nacional de Previdência Social. 
 
Os parlamentares da oposição pedem uma liminar para suspender o andamento da PEC e a anulação da votação que admitiu a proposta dentro da Comissão de Constituição e Justiça, para que Temer seja obrigado a promover um debate no Conselho Nacional antes de encaminhar uma nova proposta.  
Leia mais »
Sem votos

Senador Humberto Costa do PT nas páginas amarelas da Veja: quem se beneficia?, por Alexandre Tambelli

Por Alexandre Tambelli
 

É interessante notar o comportamento da militância petista e de esquerda + os lulistas e dilmistas em relação ao fato do Senador Humberto Costa do PT dar uma entrevista para as páginas amarelas da Revista Veja (revista de extrema-direita e com ausência explícita de qualquer respeito para com a Ética, a verdade, com os Direitos Humanos e o Jornalismo).

Há uma indignação coletiva. Eu compartilho desta indignação.

Apenas acredito que precisamos observar o outro lado, o lado do Golpe, da qual a Veja pertence, e a abertura repentina para uma entrevista destas.

É só o outro lado que tem benefício desta entrevista. Pensemos comigo.

Quais dois fatos marcantes estão em movimentação no Brasil de fevereiro de 2017?

1) O Governo do Golpista Temer se esfarela e sua aprovação não passa de 10% mesmo com toda a velha mídia oligopólica apoiando Temer até janeiro de 2017. 63% dos brasileiros desaprovam por completo o Governo do Golpe.
Leia mais »

Média: 5 (3 votos)

Lula é o novo preto, por Sérgio Saraiva

O ex-presidente Lula voltou à moda e deve ser a tendência deste alto verão - as capas de revistas semanais e primeiras páginas de jornais transbordam de Lula.

Por Sérgio Saraiva

Após a capa da Isto É, que nos renderá ainda boas risadas por algum tempo, a Folha on line, deste domingo, 19 de fevereiro de 2017, é Lula de ponta a ponta.

As manchetes seguem o modelo “o maior escândalo de todos os tempos da última semana”. O conteúdo das matérias, no entanto, é fraco, na base do “é o que temos para o momento”. E ainda que o jornalismo sempre tenha se apoiado em manchetes, o jornalismo atual parece tentar viver apenas delas – como memes de internet.

Odebrecht bancou treinamento empresarial para filho caçula de Lula

“Um dos favores feitos pela Odebrecht para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi pagar um orientador de carreira para ajudar seu filho Luís Cláudio a colocar de pé a empresa Touchdown Promoções e Eventos Esportivos, que organizava um campeonato de futebol americano. A informação consta da delação premiada da empresa, que ainda está sob sigilo”.

Leia mais »

Média: 5 (2 votos)

Júlio Pompeu: o secretário de direitos humanos do ES seduzido pelo poder

Breve história do professor de ética da Ufes que se encantou com o poder acenado por Paulo Hartung

Júlio Pompeu: seduzido pelo poder
 
Jornal GGN - Não é de hoje que o governo Paulo Hartung, do Espírito Santo, é acusado de administrar mal a segurança pública. Em 2010 o peemedebista foi denunciado na ONU por causa das condições aterradoras das cadeias no Estado. 
 
Mas foi justamente um crítico das "masmorras de Hartung", o filósofo e professor de Ética e Teoria do Estado no curso de Direito da Ufes, Júlio Pompeu, que aceitou, em 2015, o cargo de secretário estadual de Direitos Humanos neste governo. 
 
No artigo à seguir, para o Século Diário, Henrique Alves procura entender o que fez o, até então, admirado filósofo, expressamente sensível aos direitos humanos, a aceitar o convite de Hartung:
 
"Como Pompeu conseguiu dissimular por tanto tempo e de tantas pessoas que o que lhe importava não era desenredar questões de filosofia moral coisíssima nenhuma, mas, antes, reservar um bom lugar à mesa farta do poder? E por que escolheu um caminho tão difícil?".   
Leia mais »
Sem votos

MEC pagou youtuber que fez posts racistas para promover reforma educacional

Equipe de comunicação de Temer comete mais uma gafe contratando por R$ 65 mil canal apresentado por Lukas Marques 

 
Jornal GGN - A equipe de comunicação do governo Temer cometeu mais uma gafe contratando o youtuber, Lukas Marques para promover a reforma do Ensino Médio.
 
Lukas dirige, junto com Daniel Molo, o canal Você Sabia, que conta com 7,1 milhões de assinantes no YouTube. Os dois receberam do Ministério da Educação R$ 65 mil para gravar um vídeo com visões positivas da reforma, sancionada na última quinta-feira (16). 
 
Ocorre que os internautas contrários à reforma não deixaram barato e foram investigar a vida dos youtubers e descobriram antigas postagens fortemente preconceituosas publicadas na conta pessoal do Twitter de Lukas Marques. 
 
Média: 5 (3 votos)

"Fake news", muito além da ideologia partidária

Como funcionam, no Brasil, sites que vivem de notícias falsas para aumentar audiência da página favorecendo venda de anúncios 

 
Jornal GGN - As notícias falsas viralizadas pelas redes sociais já são um fenômeno mundial e com forte influência nas decisões políticas. Na reportagem à seguir para a Folha, o jornalista Fabio Victor se aprofundou na arquitetura de alguns portais de notícias falsas criados nos últimos anos no Brasil. 
 
"[Esses] sites lucram com a venda de anúncios. Quanto maior a audiência da página, mais ela ganhará com publicidade", disse, levantando dados sobre portais sensacionalistas como Pensa Brasil, Diário do Brasil e Folha Digital, rotulados de direita e que prosperaram em cima da derrocada petista. 
 
Victor entrou em contato com os telefones encontrados nesses sites e descobriu que a maioria deles são ligados a Beto Silva, e outros dois nomes que já foram seus parceiros: Luciano Vieira e Luciano Moura.
 
A reportagem deixa claro que o grupo não segue uma linha ideológica exclusiva. Beto Silva, por exemplo, mantem uma rede em Poços de Caldas de sites que já defenderam tanto políticos de direita (como Brasil Verde e Amarelo) quanto pró-Lula e PT (Em Nome do Brasil), "e ainda outras que atiram para todos os lados".
Média: 3 (4 votos)

“Reforma da previdência será maior desmonte social da história”, alerta Dieese

Ganz Lúcio compara desafio de impedir aprovação da PEC 287 ao período enfrentado na pré-Constituinte por movimentos sociais
 
Jornal GGN - O diretor técnico do Dieese, Clemente Ganz Lúcio, comparou o desafio de impedir a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 287, da reforma da Previdência, que tramita hoje no Congresso Nacional, ao período pré-Constituinte, de meados de 1980. Em entrevista à RBA, ele avaliou a urgência dos movimentos sociais se mobilizarem para evitar “um dos maiores desmontes institucionais e sociais da história”, lembrando que o Congresso e o governo Temer estão bastante alinhados para conseguir realizar a passagem da reforma. 
 
 
A PEC 287 desobrigará o Estado a manter a Previdência e sobrecarregará a participação do trabalhador, podendo quebrar o sistema público, assim favorecendo a previdência privada. O relator da proposta na Câmara dos Deputados, Arthur Maia (PPS-BA) é acusado de receber contribuições de bancos e seguradoras para a sua campanha eleitoral em 2014.
Leia mais »
Média: 3.7 (3 votos)

Por que TSE arrasta julgamento das contas de campanha Dilma/Temer, por Janio de Freitas

"O plano é simples e seus riscos de embaraço são poucos. Consumado, deixa Dilma Rousseff condenada por irregularidade na campanha eleitoral e absolve seu companheiro de chapa"

 
Jornal GGN - O julgamento sobre as possíveis irregularidades nas contas da campanha eleitoral da chapa Dilma/Temer se arrasta há dois anos. No artigo à seguir Janio de Freitas levanta a tese de vários interesses por trás desse adiamento, sobretudo de Michel Temer que estaria aguardando a troca de cadeiras no Tribunal Superior Eleitoral. 
 
Nos próximos meses, dois ministros encerram sua participação e a discussão para novos substitutos, completando votos pró-Temer, já estaria em andamento. Lembrando que, hoje, Gilmar Mendes ocupa a presidência e Luiz Fux a vice-presidente do TSE. 
Leia mais »
Média: 4 (4 votos)

Lista de Livros: Danúbio (Parte I), de Cláudio Magris

Seleção de Doney

Lista de Livros: Danúbio (Parte I), de Cláudio Magris

Editora: Companhia de bolso

ISBN: 978-85-3591-337-8

Tradução: Elena Grechi e Jussara de F. M. Ribeiro

Opinião: muito bom

Páginas: 448

     “É verdade que a existência é uma viagem, como se costuma dizer, e que passamos pela terra como hóspedes.”

*

     “Quando se viaja sozinho, como acontece com excessiva frequência, é preciso pagar do próprio bolso, mas algumas vezes a vida é boa e permite passear e ver o mundo, mesmo que só de vez em quando e por pouco tempo, com aqueles quatro ou cinco amigos que testemunharão por nós no dia do Juízo Final, falando em nosso nome.”

*

     “A relva do prado esta ensopada de água, todo o terreno esta encharcado e alagado por uma quantidade de riachos diminutos. No prado as duas irmãs se movem e se molham mais graciosamente que Amedeo, cujo fascínio consiste, aliás, em grande parte, na maciça e tranquilizadora corpulência à Pierre Bezukov. Sua pena é, todavia, digna daquela graça, pousa leve e graciosa nos pormenores como uma borboleta sobre as flores, fixa a ampla nitidez do dia. A fenomenologia tem razão, o simples aparecer das coisas é bom e verdadeiro, a superfície do mundo é mais real do que as gelatinosas cavidades interiores. Santo Agostinho estava parcialmente enganado, quando aconselhava a não sair de si mesmo: quem permanece sempre no interior, divaga e se perde, acaba por queimar incenso a algum ídolo de fumaça saído do lixo dos seus temores, vazio e insidioso como os íncubos que a oração da noite intima a desaparecer.”

*

Leia mais »

Média: 3.7 (3 votos)

Os Pensadores

Enviado por Gilberto Cruvinel

Os Pensadores

Do Filosofando

“Os Pensadores” é uma coleção de livros que reúne as obras dos filósofos ocidentais desde os pré-socráticos aos pós-modernos. O interessante desta coleção é que ela reúne em cada exemplar um pequeno apanhado sobre a biografia do autor em questão e um, dois ou três livros deste mesmo autor, normalmente os títulos mais conhecidos.

Publicada originalmente pela editora Abril Cultural, entre os anos de 1973/1975 era composta de 52 volumes. A edição que indicamos é de 1984 e é composta por 56 títulos (em PDF), segue abaixo a lista de títulos disponíveis. Clique AQUI para baixar.

Leia mais »

Média: 5 (6 votos)

Os promotores paulistas vistos por um advogado, por Fábio de Oliveira Ribeiro

Os promotores paulistas vistos por um advogado

por Fábio de Oliveira Ribeiro

Sou advogado há mais de duas décadas. Em razão da divulgação dos super-salários do MP de São Paulo resolvi narrar três histórias envolvendo promotores paulistas.

A primeira ocorreu em meados da década de 1990, quando eu era um jovem advogado. Eu era advogado de uma mulher carente que havia procurado o Centro de Assistência Jurídica dos Alunos da Faculdade de Osasco. Ela queria o divórcio, o marido dela se recusava a aceitar a separação do casal que havia ocorrido há vários anos. Citado, ele não produziu defesa e o juiz marcou audiência para fazermos a prova da separação de fato há mais de dois anos.

Leia mais »

Média: 4.4 (18 votos)

Hartung nomeia investigado na Lava Jato para assumir Banestes

Sarkis dirigiu a Contax, ligada à Andrade Gutierrez, e um dos principais alvos da Polícia Federal em investigações sobre propina

 
Jornal GGN - O governador do Espírito Santo, Paulo Hartung (PMDB), nomeou para presidir o Banestes, banco do estado, um administrador de empresas citado em investigações da Lava-Jato. 
 
Michel Neves Sarkis, teve seu nome citado na operação da Polícia Federal após comandar por anos a empresa Contax, empresa de atendimento que faz parte do grupo Andrade Gutierrez, e que, no final de 2015, se tornou um dos principais alvos da PF na investigação sobre propinas. 
 
Preocupada com a fragilidade administrativa do estado, a organização não-governamental Transparência Capixaba emitiu na última quinta-feira (16) nota exigindo um pronunciamento do governo sobre a nomeação.
 
“O Banestes não pode ficar refém de tamanha vulnerabilidade. O banco é do povo capixaba e esse povo, que majoritariamente aprova a Lava-Jato, merece respeito”, alertou. As informações são do jornal Século Diário. Acompanhe à seguir a matéria na íntegra.  
Leia mais »
Média: 4 (4 votos)

Os Brasis: nós, por Arkx

fotos: Jornalistas Livres

Os Brasis: nós, por Arkx

aquela era uma estranha contagem regressiva. quanto mais chegava ao seu término, mais distante ficava de seu destino. 2018 é para sempre um ano longe demais.

não haverá retorno ao paraíso perdido do big-bang das commodities. nenhum regresso à ilusão dos anos dourados do “político mais popular da Terra”. adeus à qualquer reedição da estratégia de conciliação permanente para viabilizar um projeto de hegemonia às avessas.

já não pode existir uma coexistência pacífica na qual a minoria mantém seus privilégios ultrajantes e seus lucros exorbitantes, enquanto se tenta mitigar a vergonhosa miséria da maioria através de políticas sociais compensatórias.

Leia mais »

Média: 3.4 (10 votos)

Por que o mundo tem que acabar?, por Wilson Ferreira

por Wilson Ferreira

Diariamente o mundo acaba diante dos nossos olhos, seja no cinema na atual safra de filmes-catástrofe, em séries de TV sobre Nostradamus, previsões “científicas” de algum tipo de futura catástrofe ambiental ou em algum “hoax” descrevendo cometas, asteroides ou planetas errantes que cairão sobre a Terra. A última, foi sobre um pedaço do Planeta X que supostamente cairia no último dia 16. Por que o mundo tem que ser destruído? No passado, todas religiões possuíam uma Escatologia: alguma narrativa sobre o fim dos tempos onde os maus seriam punidos e os bons salvos. Mas essas religiões se tornaram “líquidas”: sob os escombros das antigas religiões salvacionistas viraram pastiches que se rendem ao utilitarismo das necessidades do presente: “teologia da prosperidade”, “cabala do dinheiro” ou o islamismo dos homens-bomba. Esqueceram-se do futuro. Por isso, essa nova religião “líquida” e ecumênica precisa criar uma nova Escatologia, uma narrativa midiática sobre o “fim dos tempos” que junte convicções eco-ambientais, geofísica e astrofísica. A “Neoapocalíptica” como estratégia de marketing.

Leia mais »
Média: 5 (2 votos)

Três recortes da STA, minha fictícia agência de publicidade, por Sebastião Nunes

Três recortes da STA, minha fictícia agência de publicidade

por Sebastião Nunes

Entre 1980 e 2000 publiquei quatro edições de um livro que me dá saudade. Por conta dessa lembrança boa, e porque “Somos todos assassinos”, satírico e corrosivo, me parece bastante atual, estou preparando uma quinta edição. Cada “capítulo” é estruturado como um anúncio impresso, ocupando uma ou duas páginas no máximo, com título, ilustração e texto, seguindo o padrão da época em jornais e revistas. Reproduzo aqui três dos textos avulsos, ilustrados com um outdoor “patrocinado” pela STA.

 

O PROGRESSO VOCÊ É QUEM FAZ

Vim de Pernambuco sem emprego e sem coragem, mas meu pai era rico e estudei administração de empresas na PUC e doutorei-me nos Estados Unidos.

Voltei dos Estados Unidos magro e desanimado, mas ganhei apartamento no Leblon, cartões de crédito e pequeno carro esporte italiano.

Leia mais »

Imagens

Média: 3.8 (4 votos)