Revista GGN

Assine

Temer tem usado Gilmar Mendes como estrategista contra Janot

Foto: Agência Brasil
 
 
Jornal GGN - Um dos verdadeiros motivos do encontro fora da agenda oficial entre Michel Temer e Gilmar Mendes, no último domingo (6), foi revelado nesta terça (8): o ministro do Supremo Tribunal Federal tem ajudado o presidente da República a criar uma estratégia para se livrar das denúncias feitas por Rodrigo Janot a reboque da delação da JBS.
 
Segundo informações da Folha, Temer "tem tratado do tema com integrantes de sua defesa e discutiu o assunto (...) com o ministro do STF Gilmar Mendes, em jantar no domingo (6)".
 
À imprensa, Gilmar mandou dizer que o encontro tinha como objetivo discutir a reforma política. A desculpa é recorrentemente utilizada pelo ministro sempre que precisa entrar no Palácio do Jaburu.
 
Mas, na prática, Temer conversou com Gilmar sobre a "intenção" de "desqualificar a atitude de Janot, acusando-o de "perseguição política". O procurador-geral da República pretende acusar o peemedebista de obstrução de Justiça, envolvendo o áudio de Joesley Batista e a compra do silêncio de Eduardo Cunha.
 
"Mendes negou que tenha discutido o assunto com o presidente, mas a Folha apurou que o peemedebista expôs ao ministro sua estratégia para se contrapor a Janot e ficar de fora do inquérito", apontou o jornal.
 
Além de arrastar Janot para um embate político, Temer pretende também pedir a suspeição do procurador-geral, sob a alegação de que falta isenção a Janot.
 
Com a sua saída de Janot da PGR, em 17 de setembro, "Temer cogita ainda processá-lo. Ele citou essa intenção na conversa com Mendes, de acordo com relato feito à Folha."
 
Essa semana, em entrevista à Folha, Janot sinalizou que vai denunciar Temer por obstrução de Justiça assim que conseguir autorização do Supremo para inserir o presidente em outro inquérito, sobre formação de quadrilha envolvendo o PMDB na Câmara.
 
Uma ação estaria vinculada à outra porque Janot pretende sustentar que Temer mandou comprar o silêncio de Cunha para evitar que ele revelasse o esquema de corrupção do partido e entregasse os caciques.
 
"Os advogados do presidente já pediram a Fachin que negue a inclusão de Temer no inquérito do 'quadrilhão'. Avaliam apresentar um agravo regimental ao plenário do Supremo caso a decisão seja desfavorável a Temer", informou o jornal.
Média: 2.8 (6 votos)
4 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Marcia Elizabeth
Marcia Elizabeth

digno magistrado tem família

digno magistrado tem família e parentes envolvidos em negócios com J&F, está cercado de envolvidos em denúncias, os quais constam como seus amigos...dá assessoria direta ao presidente interino,extrapola em ofensas a Janot e Polícia Federal, tem cultura jurídica mas não tem postura e ética juridica, posa como se entendesse de toda maracutaia política, usa o recurso de atacar primeiro para enfraquecer opositor da conduta de Temer , numa clara demonstração parcial de apoio a este, valendo-se também de comparsas para impor ao Brasil o sistema "meioparlamentarista" do qual o presidente e ele estão fazendo uso indiscriminado, onde a vontade do povo é anulada. O QUE PODEMOS ESPERAR DA JUSTIÇA ?...A QUEM RECORRER PARA SALVAR O BRASIL DE TODA ESSA VERGONHA, DA JUSTIÇA COMPRADA, SUBORNADA POR FAVORES PARTICULARES E NADA EM BENEFÍCIO DO POVO CARENTE  ?

?

Seu voto: Nenhum
imagem de Schell
Schell

E dizer que ninguém bota

E dizer que ninguém bota esses estropícios na cadeia e joga a chave fora.

Mais bandidos, impossível.

E o cnj, hein, dona carmencita?

Niuma palavrinha sobre o escândalo?

Pode ministreco do stfezinho advogar pro réu?

Haja saco.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Antonio C.
Antonio C.

Pra quem é o office-old do

Pra quem é o office-old do Aécio, ser do Temer é uma facilidade.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Foto pornografica

Foto pornografica.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de PauloBR
PauloBR

Ajuda dos universitários...

Alguém sabe me dizer se, em tese, um membro do STF pode praticar obstrução de Justiça, associação criminosa, etc?

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.