Destaque Capa

Porque Biden defende o sindicalismo americano, por Luis Nassif

O centro do capitalismo ocidental está experimentando na pele o óbvio: a melhoria de condições de cada empresa, individualmente, com o extermínio de direitos, prejudicou a economia como um todo. Beneficiaram-se apenas grandes corporações sem pátria.

“Não vou responder ao GGN”: Lava Jato escondeu da imprensa a cooperação ilegal com...

Blog do Nassif aparece em mensagens da Operação Spoofing, em episódio envolvendo ocultação de informações que podem levar à nulidade de acordos firmados na Lava Jato

Fiocruz projeta “dezenas de milhões” de vacinados no Brasil em abril

A Fiocruz recebeu um lote de insumos no sábado (27/2), suficiente para começar a produzir 12 milhões de doses da vacina de Oxford. As datas das próximas remessas já estão marcadas

Em carta, governadores desmentem Bolsonaro sobre para pandemia

Prioridade de Bolsonaro é "criar confrontos, construir imagens maniqueístas e minas ainda mais a cooperação", afirmaram

No caso MBL x Nassif, STF abre caminho para fim do Lawfare judicial e...

"O ordenamento jurídico dos países democráticos, categoria na qual se espera esteja o Brasil incluído, por óbvio, não outorga aos juízes o papel de exegetas da verve jornalística, permitindo que imputem aos profissionais da escrita propósitos, quiçá, nem de longe por eles cogitados."

São Paulo estuda fase roxa ou preta para impor mais restrições na pandemia

Segundo João Gabbardo, a projeção é que SP capital retorne à fase vermelha nesta semana, caminhando para 75% de ocupação de leitos

Bolsonaro manipula dados de repasses: R$ 80 bi não foram usados

Na contramão do que ostentou Bolsonaro de recursos para o combate à Convid-19 em 2020, boa parte não foi usada e expirou. Governadores criticam manipulação sobre repasses para estados

Porque países perdem o bonde da história e o fracasso brasileiro, por Luis Nassif

O governo Lula-Dilma ensaiou projetos de política industrial, quebrou a cara em alguns, foi bem sucedido em outros, especialmente nas pesquisas da Petrobras em águas profundas, envolvendo redes de pesquisadores, e no Programa de Desenvolvimento Produtivo, para o setor de saúde. Houve erros e aertos mas, principalmente, a convicção do aprendizado, do aprimoramento das políticas.

Lula e Zé Dirceu: dois caminhos, por Aldo Fornazieri

A estratégia de Lula se assenta numa avaliação otimista. Na de Zé Dirceu, o cenário é mais pessimista.

A petição contra as relações obscuras entre a Transparência Internacional e a Lava Jato

A ação requer que o STJ oficie o Procurador Geral da República e o Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União para apurar o que de fato aconteceu com os recursos dos acordos de leniência e o envolvimento da TI.
Beatriz Catta Preta

Moro e o TRF4 criaram precedentes para validar as provas da Vazajato

Não adiantou os advogados de Vilaça comprovarem - na inquirição de Cunha - que os e-mails tinham sido roubados da conta de Vilaça; que a data de salvamento do arquivo tinha sido 4 anos depois da saída de Vilaça da empresa; que a prova era um mero print do e-mail, não permitindo nenhuma perícia sobre sua autenticidade.

Desvendando a Segurança Pública: Melina Risso no Cai Na Roda deste sábado (27)

Em cerca de uma hora de entrevista às jornalistas do GGN, Risso também comentou a flexibilização das armas, lamentou a letalidade das polícias brasileiras, o papel regional sobre essas corporações, além de desenhar opções para uma melhor atuação policial. Assista

Lula na TV GGN: quer resolver o problema do Brasil? Coloca o pobre no...

Em entrevista a Luis Nassif, o político relembrou os sucessos de suas políticas sociais no pais, falou sobre a importância da educação e fez duras críticas a uberização do trabalho. Confira:

Lula na TV GGN: Os efeitos drásticos da república dos concursados

Em entrevista especial a Luis Nassif, Lula falou sobre a perseguição contra sua figura e a própria família pela Lava Jato e o poder de destruir governos que o judiciário conquistou nos últimos anos

A história da Lava Jato ainda não foi contada, por Gaspard Estrada

Moro vangloriou-se do dinheiro que voltou para os cofres públicos, sem mencionar que o Departamento de Justiça dos Estados Unidos imposto à Petrobras e à Odebrecht foi para uma fundação de direito privado administrada por promotores do Lava Jato, além de líderes de ONGs. Ao fazer isso, o Ministério Público contornou a Constituição brasileira, pois esses recursos deveriam ser destinados ao orçamento público. Como consequência, o Supremo Tribunal Federal suspendeu a fundação em 2019.

TV GGN 20h: Lula, de estadista da paz a preso político

Confira a análise de Luis Nassif da entrevista que o ex-presidente concedeu ao Jornal GGN nesta sexta-feira, 26 de fevereiro

O Brasil há 10 anos: Lula na TV GGN

Lula relembrou o que era o Brasil para o mundo e os esforços por elevar a diplomacia brasileira na lista de países estratégicos. Confira este e outros trechos da entrevista

GGN Covid: mais de 250 mil mortes e um novo recorde de óbitos

Houve crescimento de óbitos em 10 estados, sendo crescimento intenso em 7.

Fachin determina julgar provas da Odebrecht contra Lula

Defesa do ex-presidente Lula questionou o uso de provas obtidas de forma ilícita pela Lava Jato, por meio de cooperações internacionais

O jogo previsível com as ações da Petrobras, por Luis Nassif

Em algum momento futuro, no pós-bolsonarismo, se terá que discutir mais seriamente as responsabilidades institucionais das grandes estatais estratégicas.

Leia também

Últimas notícias

GGN