fbpx
quarta-feira, setembro 23, 2020
  • Carregando...
    Início Coluna Econômica

    Coluna Econômica

    Coluna Econômica: a bolha dos créditos garantidos por imóveis, por Luís Nassif

    Nos próximos meses, se verá a enésima repetição das crises de liquidez no país: execuções em massa de garantias imobiliárias para empréstimos não quitados

    A volta do Brasil ao Mapa da Fome mostra o fracasso do mercadismo caboclo

    Hoje em dia, o discurso está restrito a visões de curtíssimo prazo, um fiscalismo extremamente emburrecedor, que irá quebrar a cara na próxima esquina.

    O dinamismo das exportações para a China e a perda de gás para os...

    Quadro chama mais uma vez a atenção sobre os novos mercados brasileiros, especialmente em relação aos produtos agrícolas. China é consumidora de produtos agrícolas brasileiros; EUA, competidor

    Coluna Econômica: a explosão do comércio com a China e a falta de estratégia...

    Finalmente, uma análise dos 10 maiores produtos primários exportados, mostra uma participação avassaladora da China na maioria dos produtos.

    Coluna Econômica: Alemanha muda estratégia e passa a defender mais intervenção

    Agora, a Alemanha parte para uma inversão de 180 graus em sua estratégia anterior, considerando como ponto central a defesa dos interesses econômicos internos, combinando o poder econômico dos países e de suas empresas.

    Coluna Econômica: Aumenta a corrente de comércio do Brasil com a China

    A China garantiu US$ 6,9 bilhões a mais, enquanto os Estados Unidos, por exemplo, significaram uma redução de  de US$ 3,6 bilhões.

    No setor de serviços, só o Centro-Oeste mostra sinais de vida

    Desta vez nem o mercado ousou comemorar o desempenho do setor de serviços, a partir da Pesquisa Mensal de Serviços do IBGE. Os aumentos...

    Com a crise do arroz, Guedes é a versão da anti-vacina da economia

    Só em relação ao comércio exterior, houve uma redução de 575 mil toneladas de arroz de janeiro a agosto de 2020 -

    A crise do arroz e a cegueira generalizada do ultraliberalismo

    Agora, cria-se esse círculo de prejuízos. Numa ponta, permite-se a continuidade das exportações de arroz, sem estoques reguladores. Na outra, garante a compra de arroz menos competitivo que o brasileiro.

    Coluna Econômica: a estratégia da “dupla circulação” do plano quinquenal chinês

    A metodologia é direta. Xi define as metas. Depois, líderes de grupos analisam propostas para cumprir as metas. As conclusões serão enfeixadas no plano quinquenal. Há consenso de que haverá prioridade para as medidas que contemplam o mercado interno.

    Memória: O planejamento na vida pública nacional

    Com o tempo, as sementes do financismo de FHC, consolidado com as políticas de juros, câmbio e fiscal, o tal Tripé Virtuoso foram esmagando todas as iniciativas.

    Uma reforma administrativa por neófitos em gestão

    O que poderia ser um projeto relevante de melhoria da eficiência do setor público, nas mãos de Guedes vira apenas mais uma peça do desmonte do Estado e de depreciação das funções básicas, aquelas que revertem em serviços para o cidadão.

    O poder incontrolável de André Esteves e dos financistas

    Passado o pesadelo, a reconstrução do país estará irremediavelmente comprometida, sem as ferramentas básicas para a recuperação do dinamismo econômico.

    Guedes não abandona seu papel de vendedor de ilusões

    Criou-se uma adaptação tupiniquim da chamada “fada da confiança” - que se transformou em motivo de chacota por economistas do mundo todo. É a lógica de que basta a confiança na solidez fiscal para tudo se resolver.

    Os estragos da Covid-19 no mercado de trabalho, por Luis Nassif

    Os dados sobre o mercado de trabalho, da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Mensal e a Trimestral, mostram os efeitos da pandemia

    Guedes, o incrível contador de histórias, por Luis Nassif

    Ontem, na Folha, um grupo de 8 acadêmicos se juntou para uma antologia dos maiores “causos” de Guedes. Apenas um poderia ter compilado seus feitos

    Coluna Econômica: nos próximos dias, o mercado testará o Banco Central e o Tesouro

    Nas próximas semanas, a falta de clareza de Bolsonaro em relação à política e à economia provocará maior volatilidade nos mercados. Mas nada que sugira mudanças drásticas.

    Nasce Bolsonaro, o pai dos pobres, por Luis Nassif

    O início da recuperação da economia, tímida, permite a Bolsonaro reforçar seu discurso de que estava certo colocando a economia como objetivo central. Há dificuldades evidentes da mídia de divulgar a narrativa correta

    A moeda digital chinesa contra o dólar, por Luis Nassif

    Há apenas sinalizações de abrir a conta de capital e reduzir as intervenções no câmbio. Mas, na prática, não é isso o que ocorre. Além disso, a capacidade de intervenção do governo chinês não anima os investidores a entesourarem a moeda digital.

    Coluna Econômica: China prepara 14º Plano Quinquenal voltado para melhorias sociais

    Enquanto os EUA debatem-se com um ultraliberalismo que queimou a capacidade do Estado dinamizar a economia, uma industrialização de última geração, em um país comunista, trabalha as ferramentas de uma economia de mercado

    Mais comentados

    Últimas notícias